Weby shortcut 1a5a9004da81162f034eff2fc7a06c396dfddb022021fd13958735cc25a4882f
Youtube da UFG
Instagram da UFG
Picasa da UFG
Radio universitária
TV UFG
desafio borracha

Competição da UFG busca inovação para a produção de borracha

Por Angélica Queiroz. Criada em 09/05/17 13:55. Atualizada em 09/05/17 14:26.

Desafio quer solucionar carências tecnológicas em Goiás e Tocantins. Prêmios somam R$ 10 mil

Goiás está acima da média mundial na produção de borracha natural, segundo levantamento da Embrapa. Apesar disso, o estado sofre com a falta de inovações tecnológicas. Para ajudar a solucionar esse problema, a Universidade Federal de Goiás (UFG) lançou o Desafio Inovação na Borracha, uma competição voltada a estudantes e profissionais de todas as áreas para incentivar a criação de protótipos e procedimentos que auxiliem a automação da cadeia produtiva dos seringais, desde a extração do látex até a comercialização do produto final. As inscrições ocorrem até o dia 15 de maio. O primeiro lugar receberá R$ 5 mil.

Realizado pelo Centro de Empreendedorismo e Incubação (CEI) da UFG, em parceria com a Associação dos Produtores de Borracha Natural dos Estados de Goiás e Tocantins, a competição não exige conhecimento prévio da área como pré-requisito para inscrição. Os competidores passarão por processos de imersão na cadeia produtiva da borracha, que servirá de base para o desenvolvimento de estratégias que possam impulsionar o setor. Serão permitidas equipes formadas por dois a cinco integrantes que podem concorrer na categoria estudante ou colaboradores da cadeia produtiva. O resultado final será divulgado dia 07/10. Os segundos e terceiros colocados receberão, respectivamente, R$ 3 mil e R$ 2 mil.

Etapas

A competição terá quatro etapas. Na primeira, os inscritos deverão desenvolver uma ideia preliminar, a partir das primeiras imersões no campo da borracha, incluindo a realização de visita técnica. A segunda etapa, de caráter eliminatório, é composta por mentorias e treinamentos, na qual serão selecionadas seis equipes para participar da próxima fase, composta de atividades de capacitação destinadas à melhoria dos projetos e simulação de bancas. Ao final, as equipes selecionadas apresentarão os projetos que serão julgados por uma banca.

Fonte : Ascom UFG

Listar Todas Voltar