Visita prefeito de Goiás ao Câmpus Samambaia 18-5-22 (2)

Reitoria da UFG recebe a visita do prefeito do município de Goiás

Em 19/05/22 11:12. Atualizada em 19/05/22 11:28.

Comitiva veio conhecer usinas fotovoltaicas da Universidade e ouvir relato de experiência

Visita prefeito de Goiás ao Câmpus Samambaia 18-5-22 (2)
Visitantes em uma das 24 usinas da UFG que geram 36% da eletricidade consumida pela Universidade

 

Texto: Versanna Carvalho

Fotos: Anne Vilela 

A Universidade Federal de Goiás (UFG) recebeu na quarta-feira (18/5) uma comitiva da Prefeitura Municipal de Goiás, encabeçada pelo prefeito, Aderson Gouveia, para conhecer a usina fotovoltaica da Universidade, no Câmpus Samambaia, em Goiânia. O grupo foi recepcionado pela reitora, Angelita Pereira de Lima, juntamente com o vice-reitor, Jesiel Freitas Carvalho, e o pró-reitor de Administração e Finanças (Proad), Robson Maia Geraldine, que está à frente do plano de eficiência energética da Universidade. 

Durante a visita, foi apresentado o trabalho desenvolvido na UFG nos últimos anos para a implantação das 24 usinas fotovoltaicas distribuídas entres os Câmpus Samambaia e Colemar, que geram 36% da eletricidade consumida pela Universidade. O tema chama bastante atenção do gestor de Goiás, pois o município vai construir uma usina fotovoltaica e está na fase de licitação de empresas para conduzir o projeto.

O parque fotovoltaico da UFG totaliza mais de 10 mil painéis solares e a estimativa é de que gere 3,7 megawatts (MW), o equivalente ao consumo de energia de 2.935 residências populares. A expectativa é de proporcionar uma economia de R$ 4,52 milhões ao ano. Do ponto de vista ambiental, o montante de energia que vai ser produzido na UFG será suficiente para evitar a emissão de 517 toneladas de gás carbônico (CO2) na atmosfera. Seriam necessárias 3.700 árvores para neutralizar todo esse carbono.

Boa impressão

Após a reunião no gabinete, o grupo seguiu para ver de perto a usina fotovoltaica localizada próximo ao prédio da Reitoria. Segundo o prefeito, “A visita à Universidade Federal de Goiás para verificar o processo de implantação da energia fotovoltaica foi muito proveitosa. Vamos retornar para Goiás com muito boa impressão. Certificamos também que é um projeto exitoso e que gera, além da economia financeira, a produção sustentável, não poluidora [de energia]”, declarou. 

Angelita comentou que a vinda do grupo era aguardada uma vez que o município conta com um dos câmpus da UFG, o Câmpus Goiás. A reitora observou que as parcerias entre as duas instituições fortalecem a Universidade localmente e também como um todo. “Desde que estivemos em Goiás, com o professor Jesiel, queríamos que o prefeito de Goiás viesse aqui para conhecer as nossas instalações e para conhecer ‘a outra UFG’, que não a de Goiás. A UFG tem uma grande satisfação em ser uma parceira da Prefeitura de Goiás nesse processo e com certeza com esse objetivo da sustentabilidade e da economicidade vai dar tudo certo”.

Além do prefeito Aderson Gouveia, fizeram parte do grupo o diretor do Gabinete de Planejamento (Gaplan) da Prefeitura de Goiás, Renan Barros Oliveira Neto,  e o assessor jurídico especial, José do Carmo Alves Siqueira, que também é professor da UFG no Câmpus Goiás. O secretário da Promoção de Segurança e Direitos Humanos (SDH) da UFG, Ricardo Barbosa de Lima, e o assessor da Reitoria, Tasso Leite, também participaram da reunião.

Saiba mais

Câmpus Goiás recebe visita da Reitoria da UFG

UFG entra em lista de universidades mais sustentáveis do mundo

Usinas fotovoltaicas vão gerar 36% da eletricidade consumida pela UFG

UFG relata a experiência com usinas fotovoltaicas na Câmara de Goiânia

UFG dá mais um passo em direção à sustentabilidade energética

UFG instalou 25 mil lâmpadas LED e começa produção de energia solar 

Projeto UFG Sustentável propõe agenda ambiental

UFG inaugura câmpus solar em Goiânia

UFG lança plano de sustentabilidade e árvore solar

UFG implanta plano de eficiência energética 

Fonte: Secom/UFG

Categorias: Notícias Reitoria