Evento UFG Merck 9-9-21 (1)

Parceria da UFG com a Merck promete trazer inovação para Goiás

Em 09/09/21 16:00. Atualizada em 09/09/21 16:11.

Aliança contribui para a consolidação de grupo de excelência em testes rápidos

Texto: Eduardo Borges

Fotos: Reprodução YouTube UFG Oficial

 

Evento UFG Merck 9-9-21 (1)
Evento presencial ocorreu no auditório do IPTSP UFG

 

Ocorreu nesta quinta-feira (9/9), o lançamento da aliança estratégica entre a Universidade Federal de Goiás (UFG) com a empresa Merck e inauguração do Innovation Hub in Point of Care Technologies ou Centro de Inovação e Tecnologia, que é o primeiro no Brasil a estudar técnicas de biologia molecular e biossensores eletroquímicos no mesmo local. O novo espaço vem com o objetivo de fortalecer os trabalhos que envolvem biotecnologia no Centro Multiusuário de Pesquisa de Bioinsumos e Tecnologias em Saúde (CMBiotecs), aberto em dezembro de 2020.

A solenidade foi feita no Auditório do Instituto de Patologia Tropical e Saúde Pública (IPTSP/UFG), seguindo os protocolos de segurança contra a covid-19, e contou com transmissão simultânea pelo canal do YouTube UFG Oficial. A cerimônia foi iniciada com a apresentação musical de piano do professor do IPTSP, Jonathas Xavier, seguida da exibição dos vídeos institucionais da UFG e da Merck.

A coordenadora do Laboratório de Desenvolvimento e Produção de Testes Rápidos, Samira Buhrer, explicou o funcionamento do Innovation Hub in Point of Care Technologies. “Essa parceria [UFG e Merck] visa o fortalecimento da capacidade produtiva da indústria e independência tecnológica por meio da geração de mão de obra especializada e de testes rápidos que sejam de interesse do mercado e da sociedade. O Hub de inovação vai atuar em projetos baseados nas técnicas de imunocromatografia de fluxo lateral, impulsionadas por uma força-tarefa constituída por professores, técnicos e estudantes da UFG em parceria com os cientistas da Merck. Vamos atender também empresas da América Latina e esperamos atrair jovens cientistas e empreendedores com interesse em desenvolver startups nessa área. Esse conjunto de iniciativas é decisiva para consolidar o papel da UFG e do Innovation Hub no cenário tecnológico nacional e internacional”, afirmou a pesquisadora.

 

Evento UFG Merck 9-9-21 (2)
Professora do IPTSP UFG, Samira Bührer: testes rápidos para mercado e sociedade

 

Expectativas

Em seguida, o diretor do IPTSP, José Clecildo Barreto Bezerra, afirmou que a captação de projetos em parcerias com instituições e empresas é primordial, sobretudo no momento pandêmico que o mundo vive. Defendeu também a importância de ações que visam a produção de bioinsumos e testes que possam coibir a disseminação de doenças. Ao fim de sua fala, apresentou expectativas para o futuro do projeto, que incluem expansão para as áreas da agricultura e pecuária.

Já a vice-reitoria da UFG, Sandramara Matias Chaves, destacou a importância dessa parceria para a Universidade Federal de Goiás, afirmando que ações deste tipo expressam o potencial das universidades, mesmo em momentos de crise orçamentária. A vice-reitora espera que a aliança entre UFG e Merck perdure para que haja possibilidade de ampliação também para outras áreas do conhecimento.

Presenças

A solenidade contou também com a presença da gerente de vendas do Segmento Acadêmico Brasil da Merck Life Science, Giselli Cardenette, que apresentou um pouco dos mais de 350 anos de história da empresa, seus objetivos e conquistas. Logo após a fala da gerente, o secretário de Saúde de Goiás, Ismael Alexandrino, parabenizou a UFG pelo reconhecimento em nome do governador Ronaldo Caiado, comentando que a universidade é o “berço do conhecimento do estado de Goiás”.

Na sequência, o gerente de Inovação para a América Latina da Merck Life Science, Misael da Silva, afirmou que o evento de aliança representa um marco. “Para nós, é motivo de muito orgulho poder contribuir com a capacitação de pesquisadores no Brasil. A área de diagnóstica é fundamental para superar desafios científicos, que ficaram mais evidentes com a pandemia da covid-19. Além dos recursos financeiros, nossa parceria envolve a doação de equipamentos e a contribuição técnico-científica para o desenvolvimento profissional em projetos de centro de inovação”, apontou Misael da Silva.

Por fim, o reitor da UFG, Edward Madureira Brasil, expressou confiança na parceria, dizendo para que todas as pessoas da Merck “se sintam em casa”. “Todos temos a ganhar com a evolução dessa aliança. As universidades precisam se internacionalizar, e para isso precisam de bons parceiros. Acompanho a Samira desde seu retorno [da Alemanha] ao Brasil e sua persistência em conjunto com o apoio dos dirigentes do IPTSP foi fundamental. Essa construção vem se mostrando cada vez mais sólida e o maior resultado de tudo isso é sem dúvidas a formação de pessoas, que faz com que a roda gire e o estado avance no mundo moderno. Sonhamos com um País soberano e isso só é possível com ciência, tecnologia, inovação, educação de qualidade e parcerias. Desejo sucesso e vida longa ao nosso Hub de inovação”, encerrou.

Após o evento, a empresa Merck visitou os laboratórios do Câmpus Samambaia da UFG e houve o descerramento da placa do Innovation Hub in Point of Care Technologies ou Centro de Inovação e Tecnologia, no Centro Multiusuário de Pesquisa de Bioinsumos e Tecnologias em Saúde (CMBiotecs), do IPTSP UFG.

Saiba mais

Lançamento da Aliança Estratégica para Implantação do Innovation Hub in Point of Care Technologies (YouTube UFG Oficial)

IPTSP inaugura Centro Multiusuário de Pesquisa de Bioinsumos

 

Fonte: Secom UFG

Categorias: Notícias IPTSP IQ PRPI