Lancameno Pitt e SisPQUI

UFG lança ferramentas virtuais PITT e SisPQUI para acelerar pesquisas

Em 01/07/21 10:20. Atualizada em 01/07/21 10:22.

Plataformas apoiam processo de propriedade intelectual e gestão de produtos químicos

Texto: Augusto Araújo

Nesta quarta-feira, 30/06, a Universidade Federal de Goiás (UFG) realizou a cerimônia de lançamento da Plataforma PITT e do SisPQUI, de forma virtual, através de seu canal oficial no YouTube. Os dois produtos são frutos de uma parceria entre a Pró-Reitoria de Inovação e Pesquisa (PRPI/UFG) e a Fundação de Apoio e Pesquisa (Funape/UFG).

PITT é uma sigla para Plataforma de Propriedade Intelectual e Transferência de Tecnologia. Dentre suas funcionalidades, está o apoio à gestão do processo de proteção da propriedade intelectual. Além disso, a plataforma também permite o acompanhamento do processo de registro nos órgãos competentes em todas as suas etapas, desde o depósito até o final do prazo de proteção previsto em lei. A ferramenta também serve como uma “vitrine” para a divulgação científica da UFG.

O professor Marcel Ferrante Silva, professor da Faculdade de Informação e Comunicação (FIC/UFG) e assessor da PRPI, também foi coordenador do desenvolvimento da plataforma PITT. Ao longo da cerimônia, Marcel explicou todas as funcionalidades da plataforma, demonstrando como o pesquisador pode utilizar a plataforma. Ele destacou que a PITT pode ser utilizada tanto pela comunidade acadêmica da UFG, quanto pessoas externas, não vinculadas à UFG.

Já o Sistema de Fluxo Interno de Produtos Químicos Controlados (SisPQUI) é uma ferramenta voltada para o auxílio de pesquisadores vinculados à UFG. O seu objetivo é auxiliar na gestão e controle da aquisição, estoque e movimentação de produtos químicos controlados pela Polícia Federal, no âmbito da UFG, conforme Portaria 240/2019 do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP).

O SisPQUI foi apresentado pela professora Larissa Santos Pereira, servidora do setor de Projetos e Grupos de Pesquisa da PRPI. Assim como Marcel, ela demonstrou como o pesquisador pode utilizar a ferramenta, além de explicar todas as normas e regulamentações que levaram ao desenvolvimento do Sistema.

Helena Carasek, Pró-reitora adjunta de Pesquisa e Inovação e Diretora de Transferência e Inovação Tecnológica, destacou o trabalho realizado ao longo de um ano para o desenvolvimento das ferramentas. Helena também afirmou que as ferramentas serão essenciais para a pesquisa e inovação da UFG. “Elas vão ajudar muito a agilizar, simplificar e automatizar os processos, vários deles antes feitos manualmente”.

A diretora de Pesquisa da PRPI, Rejane Faria Ribeiro-Rotta, chamou a atenção para o marco histórico que é o lançamento das duas ferramentas. “Uma (a PITT) aproxima a comunidade acadêmica aos processos de propriedade intelectual e transferência de tecnologia, e o SisPQUI, trazendo ao pesquisador a oportunidade de se sentir tranquilo, em processos ágeis na aquisição e prestação de conta que segue todas as leis estabelecidas”, concluiu.

Saiba mais

Lançamento da Plataforma PITT e do SisPQUI

UFG e Funape criam plataforma para gestão da propriedade intelectual

PRPI e Funape produzem sistema de gestão de produtos químicos

 

Fonte: Secom UFG

Categorias: Notícias PRPI FUNAPE