colação FEN01.png

FEN/UFG realiza colação de grau remotamente

Em 02/09/20 13:45. Atualizada em 03/09/20 10:59.

Os 24 novos enfermeiros e enfermeiras reforçam o compromisso social da UFG em continuar formando profissionais com qualidade

Texto: Caroline Pires

 

Preocupada em continuar zelando para formar com qualidade a maior quantidade de enfermeiros para atuar não só na pandemia mas em outras frente de cuidado e saúde da população, a Faculdade de Enfermagem realizou hoje, 2/9, a colação de grau de 8 novos enfermeiros. A cerimônia marca a formatura da turma 50º da FEN/UFG que comemora em 2020 os seus 45 anos. Esta é a 5º colação de grau extemporânea realizada pela unidade acadêmica desde o início da pandemia.

Durante a cerimônia a diretora Claci Rosso demonstrou o seu orgulho com a formação oferecida aos recém formados enfermeiros. "Enquanto muitos descansam em feriados e datas comemorativas nós enfermeiros trabalhamos. Nós cuidamos de pessoas e diante de qualquer situação iremos nos manter na linha de frente", discursou. A diretora da FEN colocou mais uma vez a Faculdade de Enfermagem à disposição dos formandos e os convidou a sempre retornar à FEN. Citando o verso de Cora Coralina "Se a gente cresce com os golpes duros da vida, também podemos crescer com os toques suaves na alma" a professora concluiu o seu discurso. "Que cada um de nós possa ser o toque suave na alma de quem passa pelos golpes duros da vida", concluiu. 

Já o reitor da UFG, Edward Madureira Brasil, frisou em seu discurso o difícil momento que o Brasil tem passado no que se refere a valorização do conhecimento científico. "A universidade pública, sem dúvida nenhuma, é a chama que ilumina esse tempo de tanta incerteza e negação". Ele reforçou que a universidade é forjada na luta , na resiliência e no trabalho intenso que cada um dos formandos realiza. "Deixo aqui a minha gratidão a cada um que coloca a sua vida à disposição de salvar outras vidas. Acreditamos numa nação que vai ser construída a partir de pessoas com o mesmo espírito de cada um de vocês", agradeceu. 

 

colação FEN01.png

 

Os estudantes que colaram grau hoje estavam cursando os estágios supervisionados e disciplina de trabalho de conclusão de curso no último semestre do curso e seguiram atuando, mesmo na pandemia em projetos da FEN, com o acompanhamento próximo de docentes da unidade acadêmica, apoio para permanência estudantil e adoção de todos os protocolos de segurança para o desenvolvimento de suas atividades. "Conseguir formar novos enfermeiros em um momento de pandemia significa disponibilizar um grupo de profissionais extremamente qualificado", considerou a professora. "Na FEN priorizamos a excelência da formação acadêmica e estamos focados em atuar com o compromisso social enquanto instituição", completou. A Faculdade de Enfermagem da UFG está entre as 10 melhores instituição brasileiras na área. "Inclusive faz parte do nosso juramento enquanto enfermeiros que não nos furtaremos diante de crises da atenção e de exercer o cuidado. Então formar é mais uma vez confirmar essa atuação", concluiu. A professora acredita que no final do mês de setembro será realizada uma nova cerimônia na qual cerca de 20 estudantes irão colar grau.

Vale lembrar que 2020 foi definido pela Organização Mundial de Saúde como o Ano Internacional dos profissionais de enfermagem e obstetrícia. Além disto, é comemorado em 2020 o bicentenário de Florence Nightingale, que é a precursora da enfermagem moderna no mundo.

 colação FEN02.png

FEN encabeça projetos durante a pandemia

Desde março deste ano a FEN tem atuado em diversas ações de enfrentamento a Covid-19. Em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde, a FEN assumiu a imunização contra H1N1 na modalidade drive thru. A ação contou com mais de 100 membros da comunidade acadêmica da UFG que atuaram na triagem, vacinação e orientação da comunidade goianiense.

Já o projeto Tenda Triagem Covid-19 - UFG foi lançado em maio tendo como foco a realização da triagem, testagem e monitoramento de profissionais de saúde e segurança pública. O projeto foi ampliado também para atender servidores da UFG e por meio do Projeto Tendinha passou a atender pessoas entre 5 e 19 anos que convivem em ambiente familiar com os profissionais testados que apresentaram os exames positivos para Covid-19. Também estão sendo atendidos no Centro de Aulas D da UFG pessoas em situação de vulnerabilidade social

Em parceria com a Faculdade de Artes Visuais (FAV/UFG), a FEN/UFG desenvolve há sete meses o Projeto EPI-UFG que já produziu e orientou a produção de milhares de máscaras e aventais para instituições de saúde de todo o estado com o objetivo de garantir a proteção dos profissionais que atuam no combate a Covid-19. Zelando pelo compromisso social e de responsabilidade social, o projeto une conhecimento técnico e experiência para ultrapassar a marca de 200 mil máscaras e 6 mil aventais. 

 colação FEN04.png

Saiba mais sobre a atuação da FEN/UFG

Projeto EPI-UFG

UFG se une a instituições para produção de milhares de EPI

37% dos pacientes pediátricos da Tendinha UFG têm covid-19

Trabalhadores da saúde serão acompanhados pela UFG por agendamento

UFG realiza ação para população em vulnerabilidade social

 

 

Fonte: Secom/UFG

Categorias: FEN/UFG notícias