Weby shortcut
Bandeira Reino Unido
Youtube da UFG
Instagram da UFG
Picasa da UFG
Radio universitária
TV UFG
UFCAT_1a

Ministro anuncia oficialmente a fundação da Universidade Federal de Catalão

Por Magno Medeiros. Criada em 22/05/18 11:46. Atualizada em 22/05/18 19:27.

Solenidade reúne governador, prefeito, senadores, deputados e reitor da UFG. Autoridades descerram a placa da Pedra Fundamental do Edifício da Saúde da UFCAT

UFCAT_2

Fotos: Amanda Oliveira

Centenas de pessoas e dezenas de autoridades municipais, estaduais e federais participaram, nesta segunda-feira, 21/05, da solenidade de anúncio oficial da fundação da Universidade Federal de Catalão. O ato político, realizado no auditório Prof. Paulo de Bastos Perilo, contou com a presença do ministro da Educação Rossieli Soares da Silva, que anunciou que a UFG será a tutora da nova universidade. À oportunidade, houve também o descerramento da placa da Pedra Fundamental do Edifício da Saúde, a ser construído no Câmpus II da UFCAT.

Em uma cerimônia concorrida, as autoridades e o público presente celebraram a fundação da nova universidade, criada por desmembramento da Universidade Federal de Goiás. A UFCAT foi criada pela Lei nº 13.634, de 20 de março de 2018. Em seu pronunciamento, o ministro Rossieli Soares destacou o apoio de diferentes matrizes políticas e declarou que a UFG, como “universidade-mãe”, será responsável pelo apadrinhamento da nova universidade. Destacou a importância do prédio que será construído para a área de Saúde e que abrigará o curso de Medicina. Sobre a criação de novas universidades, reiterou que é “preciso interiorizar cada vez mais o conhecimento”. Declarando-se apaixonado pela Educação Básica, disse que é missão prioritária do MEC promover “cuidar das crianças e promover a educação dos nossos filhos”.

O reitor da UFG, professor Edward Madureira, afirmou que a nova universidade é fruto do esforço coletivo de diversos atores políticos, a quem agradeceu pessoalmente com entusiasmo. Ressaltou o apoio da bancada goiana de parlamentares e da Prefeitura de Catalão, em especial do prefeito Adib Elias e do ex-prefeito Harley Margon. “Eles nunca se furtaram em apoiar as demandas da UFG/Regional de Catalão”. E acrescentou que o apoio recebido ao longo dos anos possui “a marca da união suprapartidária, a confluência e a união de esforços”.

O prefeito Adib Elias afirmou tratar-se de um momento ímpar para a cidade de Catalão, “a maior cidade mineral de Goiás”. Frisou a importância da UFCAT como propulsor do desenvolvimento econômico da cidade. Segundo ele, a criação da Universidade Federal de Catalão reflete 20 anos de luta, principalmente a partir do pioneirismo do ex-prefeito Harley Margon.

UFCAT_3

Recursos financeiros

Em seu discurso, o governador José Eliton fez questão de saudar pessoalmente cada um dos políticos e autoridades na luta coletiva pela criação da nova universidade. Saudou os senadores e deputados do Estado, o prefeito Adib Elias e ex-prefeito Margon; a secretária de Educação Raquel Teixeira; e o reitor Edward Madureira, “uma das figuras mais capacitadas na área de Educação”. E garantiu o repasse de R$ 3 milhões como apoio financeiro do Governo do Estado de Goiás para a construção do edifício da Saúde, que abrigará o curso de Medicina. “A academia é propulsora do conhecimento humano. As universidades são palco por excelência do saber”. E acrescentou: “Temos agora que buscar uma agenda que mire para o futuro; é preciso olhar para o futuro”.

O senador Ronaldo Caiado salientou o importante trabalho do reitor Edward Madureira, “que transita em todos os gabinetes do Congresso Nacional em busca de recursos para a Universidade”. Afirmou que educação e saúde “não podem ser ideologizadas, pois fazem parte de uma luta maior”. Segundo ele, a UFG e a UFCAT podem continuar contando com o apoio da bancada goiana no Congresso Nacional. Afinal, “educação e saúde estão acima de qualquer discussão partidária”.

O senador Wilder Morais afirmou que vem trabalhando intensamente em prol da educação superior, tendo atuado, em 2013, como sub-relator de Orçamento no Senado Federal com previsão de investimentos em projetos de criação das universidades federais em Catalão, Jataí, Cidade Ocidental e Porangatu. E ressaltou, ainda, que é autor de projeto de lei que autoriza as universidades a fazerem convênio com a iniciativa privada.

Segundo o deputador federal Thiago Peixoto, a criação da Universidade Federal de Catalão é fruto de esforço coletivo. Destacou, no entanto, o pioneirismo de Harley Margon, que lutou e até doou área para a nova universidade. Para homenageá-lo, cedeu um aparte em seu discurso para para que o ex-prefeito pudesse dar o seu depoimento. Margon agradeceu o aparte e traçou um breve panorama histórico do esforço da comunidade pela criação da nova Universidade. Referindo-se ao reitor Edward Madureira, disse: “Todos trabalharam, mas você trabalhou mais”. Em tom humorado e quebrando o protocolo, disse ter conversado com São Pedro expressando o desejo de ver o primeiro reitor da Universidade Federal de Catalão antes de deixar este mundo. Ao que São Pedro teria dito que o ex-prefeito poderia ficar tranquilo, pois ele veria o novo reitor tomar posse, sim, e que “não estava com pressa em levá-lo, não”.

Também participaram da solenidade, a vice-reitora Sandramara Matias Chaves; os deputados estaduais João Sebba e José Nelto; a diretora da Regional de Catalão da UFG, Roselma Lucchese; o vice-diretor da Regional de Catalão, Cláudio Lopes Maia; o presidente da Câmara dos Vereadores Deusmar Barbosa; o vice-prefeito de Catalão, João Sebba; a secretária de Educação do Estado de Goiás, Raquel Teixeira; o reitor do IF Goiano, Vicente de Almeida; a pró-reitora de Graduação da UFG Flávia Aparecida de Oliveira, além de secretários municipais e outros gestores da UFG e da UFCAT.

Após os diversos pronunciamentos, o ministro da Educação e demais autoridades seguiram para outro evento: o lançamento da Pedra Fundamental do Câmpus de Catalão do Instituto Federal Goiano. A solenidade ocorreu em uma tenda armada em frente à área em que será construído o novo câmpus do IF Goiano.

Ainda na agenda de Catalão, o secretário de Educação Superior do MEC, Paulo Barone, participou de reunião com gestores, professores e técnicos da UFG e UFGCAT para discutir os procedimentos a serem adotados na transição administrativa. Veja a matéria aqui.

 UFCAT_4a

UFCAT_5

UFCAT_6

 UFCAT_7

 

Fonte : Secom/UFG

Categorias : Última Hora

Listar Todas Voltar