Weby shortcut
Reino Unido
incubadora_evento 1

Evento discute o papel das incubadoras no empreendedorismo

Criada em 19/04/16 13:57. Atualizada em 20/04/16 10:51.

Mesas-redondas abordaram experiências de outras cidades e de programas desenvolvidos por universidades do interior de Goiás

Texto: Renato Rodrigues

Fotos: Victor Martins

O Centro de Empreendedorismo e Incubação da UFG promoveu nesta terça-feira (19/04) o Workshop "Incubadoras de Empresas e as Novas Experiências no Fomento ao Empreendedorismo". Durante o evento, realizado no Auditório do Centro de Aulas D, no Câmpus Colemar Natal e Silva, também ocorreu o lançamento do Manual Incubação de Empresas - Conceitos, Metodologias e Práticas, escrito pela gerente do Centro de Empreendedorismo e Incubação (Proine/UFG), Emília Rosângela Pires da Silva Franco.

Além da participação de estudantes, professores e representantes de entidades de classe do segmento de empreendedorismo, foram realizadas duas mesas-redondas abordando experiências em incubação de empresas no âmbito privado, público, novos modelos de fomento ao empreendedorismo e a atuação dos centros de empreendedorismo, aceleradoras e unidades de formação empreendedora.

Diretora de Incubação da Prefeitura Municipal de Santa Rita de Sapucaí, Minas Gerais, Dani Xavier, ministrou palestra sobre o Programa Municipal de Incubação Avançada de Empresas de Base Tecnológica. Ela defendeu a importância da parceria entre o setor empresarial, o poder público e as universidades para fomentar projetos que podem resultar em empresas promissoras.

incubadora_evento 3

Participantes tiveram oportunidade de tirar dúvidas sobre os programas de Incubação de Empresas e Empreendedorismo

A diretora afirmou ainda que todas as ações de empreendedorismo da cidade que representa tiveram início nas instituições de Ensino Superior. “O papel que a academia desempenhou ao longo dos anos trouxe todo o diferencial, foram nestas instituições de ensino que surgiram as primeiras empresas encubadas”, explicou.

A gerente do Proine/UFG, Emília Rosângela, destacou a importância da troca de experiências entre as incubadoras para que mais pessoas conheçam exemplos de empresas que deram certo e também de casos em que é preciso melhorar os resultados. “Desde 2010 fazemos o trabalho de transferir todo o processo de gestão já implantada na Incubadora”, comentou.

Emília Rosângela lembrou que o Proine existe há 12 anos e a experiência adquirida desde a implantação colaborou no processo de implantação das incubadoras de empresas das Regionais Jataí e Catalão da UFG, além de auxiliar na criação das incubadoras de outras instituições de ensino como a Universidade Estadual de Goiás (UEG) e a Uni-Anhanguera.

incubadora_evento 2

Mesas-redondas apresentaram casos de empresas que receberam o apoio das incubadoras vinculadas às universidades

A Pró-Reitora de Pesquisa e Inovação da UFG, Maria Clorinda Fioravanti, narrou algumas dificuldades enfrentadas durante a implantação do Proine e disse que o lançamento de um manual na área de incubação de empresas representa uma grande conquista para a universidade. “O Manual é a concretização de um trabalho iniciado há 12 anos”, pontuou.

Manual

A autora do Manual Incubação de Empresas - Conceitos, Metodologias e Práticas, Emília Rosângela, explica que publicação traz todos os procedimentos necessários para a gestão de uma incubadora. “É um produto bem caseiro, acessível para todas as pessoas, atendendo até mesmo pessoas que não são do meio”, acrescentou. Ela disse ainda que o Manual é a primeira obra na área de Empreendedorismo e Incubação de Empresas publicada pela universidade e posiciona a UFG como referência na Região Centro-Oeste em gestão e transferência de conhecimento no segmento. 

incubadora_evento 5

Emília Rosângela, autora do Manual de Incubação de Empresas, autografou alguns exemplares entregues aos participantes  

Fonte: Ascom/UFG

Categorias: Última hora