Weby shortcut
Bandeira EUA
Youtube da UFG
Instagram da UFG
Picasa da UFG
Radio universitária
TV UFG

Títulos e Honrarias Oficiais entregues pela UFG - Professor Emérito

Por Reuben Lago. Criada em 29/10/14 10:09. Atualizada em 03/02/17 15:13.

 

Alfredo Abinagem (Resolução Consuni n.15/2003). Um dos integrantes da Frente Universitária Pró-Ensino Federal, que atuou na luta pela criação da Universidade Federal de Goiás, em 1959, participou ativamente do resolução de construção da instituição. Publicou vários livros, foi juiz de Direito e fundador e presidente da Academia Goiana de Direito. 

Anis Rassi (Resolução Consuni n.04/1998). Fundador da Faculdade de Medicina da UFG, o professor Anis Rassi é conhecido nacional e internacionalmente como importante pesquisador na área de cardiologia, sendo considerado um dos precursores nos estudos sobre a Doença de Chagas. Publicou como autor e coautor em revistas e livros nacionais e internacionais, cerca de 84 artigos de grande importância e repercussão. Consta em seu currículo o recebimento de 29 láureas e prêmios. 

Belkiss Spenzieri Carneiro de Mendonça (Resolução Consuni n.02/2002). Co-fundadora do Conservatório Goiano de Música, hoje Escola de Música e Artes Cênicas da UFG, criou o Festival de Música do estado de Goiás e os Concursos Nacionais de Música. É membro da Sociedade Brasileira de Musicologia e da Sociedade Brasileira de Música Contemporânea, da qual foi presidente de 1993 a 1997. É membro emérito da Academia Nacional de Música, no Rio de Janeiro; da Academia Goiana de Letras; da Academia Feminina de Letras e Artes de Goiás; da Academia de Letras e Artes do Planalto; e membro catedrático e conselheira eleita da Academia Internacional de Música, no Rio de Janeiro. 

Benedito Ferreira Marques (Resolução Consuni n.07/2013). O professor foi vice-reitor da UFG no primeiro mandato do professor Edward Madureira, de 2006 a 2010 e diretor da Faculdade de Direito de 2002 a 2005. Benedito Marques também é autor de diversos livros como Direito Agrário Brasileiro,  que já está em sua oitava edição, além de diversos artigos. Ele, que é maranhense, também já recebeu o título de Cidadão Goianiense (1996) e de Cidadão Goiano (2007). cerimônia de entrega foi realizada em 27/05/2013 –  20 horas – Salão Nobre da Faculdade de Direito da UFG.

Braz José Coelho (Resolução Consuni n.06/2009). Pela sua relevante atuação em prol do desenvolvimento do ensino, da pesquisa e da extensão e cultura na área de Letras nos Câmpus da UFG de Goiânia e de Catalão. A cerimônia de entrega foi realizada em 07/10/2009 - Auditório do Câmpus de Catalão.

Carlos Leopoldo Dayrell  (Resolução Consuni n.14/2004). Iniciou sua vida profissional na UFG como servidor técnico-administrativo em 1961. Graduou-se em Direito na própria instituição, em 1966, onde também concluiu especialização no ano de 1968. No ano seguinte, reingressou na universidade já como docente, onde fez carreira. Foi diretor da Faculdade de Direito, e conselheiro da OAB e do Tribunal de Contas de Goiás. 

Celmo Celeno Porto  (Resolução Consuni n.21/2005). Pesquisador de renome internacional na área de Semiologia Médica, foi diretor da faculdade de Medicina da UFG. Participou da criação dos cursos de Enfermagem, Nutrição e do programa de pós-graduação em Ciências de Saúde. Em 1988, criou e foi o primeiro presidente da Academia Goiana de Medicina. Em 1998, instalou a Regional Goiás da Sociedade Brasileira de Clínica Médica, da qual foi seu presidente por duas vezes. Recebeu o título de Cidadão Goianiense, em 2000, e de Cidadão Goiano em 2004. 

Celso de Paula Costa (Resolução Consuni n. 017/2016): Graduado em 1962 em Medicina Veterinária da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, em 1965 ingressou na UFG como professor na área de Nutrição Animal e em 1968 foi aprovado em concurso público para professor titular da Escola de Agronomia e Veterinária. Defendeu sua dissertação do Mestrado em 1974 na Escola de Veterinária da UFMG. Publicou, e apresentou em congressos, vários artigos científicos. Como pesquisador, deixou sua contribuição na área mineralização para bovinos e corte e de doenças carenciais em bovinos de corte, colaborando para a melhoria da produtividade do rebanho bovino, aumentando a produção de carne e leite.

Cid de Albernaz Oliveira (Resolução Consuni n.03/1995). Ex- professor da Faculdade de Direito, foi diretor no antigo Instituto de Artes da UFG além de ser participativo em outras instituições de ensino superior, como a UnB, onde participou do Conselho Diretor.

Cleômenes Reis (Resolução Consuni n.33/2009). Ex-professor e pesquisador do Instituto de Patologia e Saúde Pública (IPTSP/UFG). cerimônia de entrega foi realizada em 19/11/2010 –  8:30 - Auditório do Instituto de Patologia e Saúde Pública da UFG.

Egídio Turchi (Resolução Consuni n.01/1991). Italiano de nascimento, Egídio Turchi migrou para o Brasil aos 16 anos de idade. Foi fundador da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da UFG, da qual foi o primeiro diretor. Ensinou e pesquisou as disciplinas Filologia Românica e Latim, e atuou também como jornalista. Recebeu os títulos de Cidadão Goianiense, da Câmara Municipal de Goiânia, em 1967, e de Cidadão Goiano, da Assembleia Legislativa do Estado de Goiás, em 1969. 

Emmanuel Augusto Perillo (Resolução Consuni n.04/1983). Ex-reitor da UFG e ex-diretor da Faculdade de Direito. Publicou livros sobre Introdução ao Direito, foi um dos fundadores da Academia Goiana de Direito e juiz do Tribunal Regional Eleitoral. Em sua gestão ao curso se instalou na Pça. Universitária.

Everardo de Sousa (Resolução Consuni n.02/1985). Antigo professor da Faculdade de Direito da UFG, participou da sua fundação, onde lecionava sobre resolução civil.

Francisco Ludovico de Almeida Neto (Resolução Consuni n.07/1985). Fundador da Faculdade de Medicina e seu primeiro diretor. Destacou-se na área de cirurgias, atuando como professor do Departamento de Cirurgias da FM/UFG.

Genesco Ferreira Bretas (Resolução Consuni n.02/1983). Um dos fundadores da antiga Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras, e posteriormente professor da Faculdade de Educação. Destacou-se no ensino e na pesquisa de temas como Administração Escolar, Filosofia e História da Educação; e também na área da educação, atuando como Secretario Municipal de Educação e diretor do Lyceu.

Geraldo Faria Campos (Resolução Consuni n.35/2012). Professor do Centro de Ensino e Pesquisa Aplicado à Educação (Cepae), antigo Colégio de Aplicação. Lecionou por 30 anos no Cepae. Foi professor de diversas gerações de estudantes e também de professores, ensinando a língua portuguesa. Ficou conhecido por não seguir conteúdos programáticos pré-estabelecidos, não focar seu ensino pelas normas gramaticais e, sim, na leitura e na escrita de seus estudantes, olhar as dificuldades do aluno e o ser humano de forma integral. É o primeiro do Cepae a receber o título de Professor Emérito. A cerimônia de entrega foi realizada em 15/03/2013 - 15 horas - Faculdade de Direito da UFG .

Geraldo Pedra (Resolução Consuni n.07/1985). Professor de Ortopedia e Traumatologia foi um dos fundadores da Faculdade de Medicina da UFG, o primeiro diretor do Hospital das Clínicas da instituição e membro da British Orthopedic Association.

Getúlio Targino Lima (Resolução Consuni n.06/1996). Foi professor da Faculdade de Direito da UFG, além de ser escritor e poeta.

Gilberto Mendonça Teles (Resolução Consuni n.17/2005). Membro fundador da UFG, estruturou o Centro de Estudos Brasileiros, fechado pelos militares em 1965, e criou as cadeiras de Literatura Brasileira e de Teoria Literária. Orientou mais de 100 teses de mestrado e doutorado, além de ter lecionado no Uruguai, Portugal, França, Estados Unidos e Espanha. Recebeu 18 prêmios literários por seus ensaios e poesias, e foi homenageado nos versos do poeta Carlos Drummond de Andrade. Em 1979, foi eleito pela Academia Feminina de Letras e Artes de Goiás o “Príncipe dos Poetas Goianos”. Recebeu do governo português, em 1987, a “Comenda da Ordem do Infante Dom Henrique”. Em 1992, a União Brasileira de Escritores instituiu o “Concurso Nacional Gilberto Mendonça Teles de Poesia” e, quatro anos depois, recebeu o título de Professor Honoris Causa da Universidade Federal do Ceará. 

Gilka Vasconcelos Ferreira Salles (Resolução Consuni n.19/2006). Autora da primeira dissertação de mestrado em História defendida em Goiás. Sua tese de doutorado, publicada sob a forma de livro com o título “A escravidão em Goiás”, tornou-se um clássico da historiografia regional. Coordenou e foi a professora que mais dissertações orientou no programa de pós-graduação em História da UFG.  cerimônia de entrega foi realizada em 25/06/2007 – 10 horas – Miniauditório da Faculdade de Ciências Sociais da UFG. Foto da cerimônia

Heitor Rosa (Resolução Consuni n.02/2012). Criou o Laboratório de Hepatologia Experimental na Faculdade de Medicina. Foi chefe do Departamento de Clínica Médica de 1981 a 1985, participou da criação em 1998 da Comissão de Ética do Hospital das Clínicas (HC) e foi diretor da Faculdade de Medicina de 2006 a 2010. O professor também presidiu a Sociedade Brasileira de Hepatologia, em 1997, e a Federação Brasileira de Gastroenterologia, em 2000. cerimônia de entrega foi realizada em 06/03/2013 –  20 horas – Teatro Asklepiós da Faculdade de Medicina da UFG (foto).

Hélio Moreira  (Resolução Consuni n.03/2012). Professor da Faculdade de Medicina, atuando na área de coloproctologia. Foi diretor executivo da Fundação de Apoio ao Hospital das Clínicas da UFG. Tem quatro livros científicos publicados: Hemorróidas – Manual para Paciente; Atualização em Coloproctologia – Editora Escaleno/1992; Conceitos em Coloproctologia – Editora Escaleno/1993; e Atualidade em Coloproctologia – Editora Byk/1996. Escritor literário e membro da Academia Goiana de Letras, Hélio Moreira tem ainda cinco livros literários publicados: Entre o Sonho e a Realidade - Do Brasil dos Anos 60 à Rússia dos Anos 90 – Memórias; Couto de Magalhães – O Último Desbravador do Império – Romance histórico; Vá, Disse-me Ela, Procure as Estrelas do seu Firmamento – posse na Academia Goiana de Letras; Deixe-me Contar Enquanto me Lembro – Coletânea de Crônicas; e Alma de Sertanejo. cerimônia de entrega foi realizada em 06/03/2013 –  20 horas – Teatro Asklepiós da Faculdade de Medicina da UFG (foto).

Horiestes Gomes (Resolução Consuni n.03/1994). Docente do antigo Instituto de Química e Geociências, deu importante contribuição ao ensino e à pesquisa na área de Geografia em Goiás. Publicou vários livros, entre eles obras pioneiras sobre o espaço geográfico de Goiás e Tocantins. Em 1991, recebeu o título honorífico de Presidente de Honra da Associação dos Geógrafos Brasileiros (AGB). 

Irineu Borges do Nascimento (Resolução Consuni n.36/2008). Professor aposentado da Escola de Engenharia Civil da UFG.cerimônia de entrega foi realizada em 11/11/2008 – 19:30 - Auditório do Clube de Engenharia de Goiânia.

Jerônimo Geraldo de Queiroz  (Resolução Consuni n.05/1988). Ex-reitor da Universidade Federal de Goiás. Publicou várias obras jurídicas e literárias. Como reitor, foi responsável pela criação da Revista da UFG, da Sociedade dos Amigos da UFG, pela concessão de canal para o funcionamento legal da Rádio Universitária, e da construção do prédio do Restaurante Universitário do câmpus I. Recebeu os títulos de Cidadão Goianiense, em 1965, de Cidadão Goiano, em 1967, e o Diploma e Cruz do Mérito na Educação Cívica, do Ministério da Educação, em 1966. 

Joaquim Caetano de Almeida Netto (Resolução Consuni n.33/2009). Ex-professor e pesquisador do Instituto de Patologia e Saúde Pública (IPTSP/UFG). cerimônia de entrega foi realizada em 19/11/2010 –  8:30 - Auditório do Instituto de Patologia e Saúde Pública da UFG (foto).

Joel Pimentel de Ulhôa (Resolução Consuni n.16/2005). Ex-reitor da UFG, nos anos de 1986 a 1990, dedicou-se a instituição ao longo de 37 anos, até sua aposentadoria, em 2005. Publicou dezenas de artigos de opinião na imprensa goiana e nacional, além de artigos em periódicos, revistas, livros e capítulos de livros. 

Joffre Marcondes de Rezende  (Resolução Consuni n.08/1988). Como docente da Faculdade de Medicina, destacou-se no ensino, pesquisa e extensão na área de gastroenterologia e Doença de Chagas, no Brasil e no exterior. Tem 81 trabalhos publicados, em vários idiomas. Foi fundador e diretor da Revista Goiana de Medicina, assessor da Comissão de Nomenclatura da Sociedade Brasileira de Anatomia, vice-presidente do Conselho Regional de Medicina do estado de Goiás e diretor do Centro Editorial e Gráfico da UFG. Recebeu vários títulos e honrarias, entre eles a comenda Carlos Chagas, conferida pelo Memorial Carlos Chagas, da cidade de Oliveira, Minas Gerais, e o título de Doutor Honoris Causa, pela Universidade de Brasília (UnB). 

José Ângelo Rizzo (Resolução Consuni n.06/2000). Pesquisador na área de botânica, realizou valiosas contribuições científicas acerca da flora do estado de Goiás. Sua obra “Flora do Estado de Goiás e Tocantins – Coleção Rizzo” é considerada uma das melhores do gênero no país e é regularmente reeditada. Atualmente, atua como diretor da Unidade de Conservação da UFG. Em sua carreira, recebeu inúmeras homenagens, entre elas o Troféu Aroeira, concedido pela Assembleia Legislativa do estado de Goiás, o diploma da Fundação Cultural do estado de Goiás, em homenagem aos seus trabalhos de ensino e pesquisa, e deu nome a duas plantas, a Tassadia rizzoania e a Pilosocercus rizzoianus.

José Augusto Pereira Zeka (Resolução Consuni n.05/1988). Ex-professor de Direito Comercial da Faculdade de Direito, foi juiz do Tribunal Regional Eleitoral. Também atuou como jornalista em diversos periódicos. 

José Braz Cesarino Neto (Resolução Consuni n.04/1988).

José Xavier de Almeida Neto (Resolução Consuni n.04/2000). Primeiro ex-aluno e primeiro docente da Escola de Agronomia da UFG a receber o título de doutor. Foi, por duas vezes, diretor da Escola de Agronomia, presidente da Câmara de Agronomia da Associação Brasileira de Educação Agrícola Superior (Abeas), e conselheiro da Sociedade Brasileira de Ciência do Solo.

Joveny Sebastião Cândido de Oliveira (Resolução Consuni n.16/2004). Ex-professor da Faculdade de Direito da UFG, foi coordenador dos cursos de pós-graduação da unidade acadêmica. Atuou como professor visitante na Southern Florida University, nos Estados Unidos e presidente da Federação Goiana de Pugilismo e conselheiro da Associação Comercial e Industrial do estado de Goiás. Recebeu a Medalha de Ouro na Liga de Defesa Nacional – Fogo Simbólico da Pátria, no décimo aniversário da cidade de Brasília, o diploma ao mérito da Inter American Association of Partners of Aliance, em 1972, e o diploma e medalha “Mérito e Gratidão”, da Associação Parthers of America, em 1974.

Licínio Leal Barbosa (Resolução Consuni n.15/2004). Graduou-se e especializou-se em Direito na UFG. Reingressou como docente da instituição no ano de 1968, e atuou como diretor da Faculdade de Direito, foi coordenador do curso de mestrado em Direito e editor da sua revista. Foi presidente da Academia Goiana de Letras Jurídicas e conselheiro da Ordem dos Advogados do Brasil. Recebeu, em 1998, a medalha de Honra ao Mérito do magistério Professor Paulo Tormin Borges, conferido pela UFG, e em 1999, recebeu o prêmio Professor Colemar Natal e Silva, do Conselho Estadual de Cultura de Goiás. 

Luís Palacin Gomez (Resolução Consuni n.05/1997). Historiador é reconhecido por seus estudos sobre Goiás e Tocantins, foi atuante na Faculdade de História da UFG.

Luiz Fernandes Dourado (Resolução Consuni n.34/2013). É referência no campo da Educação no Brasil, destacando-se pelo vigor intelectual e moral que sintetizam sua luta por uma educação de qualidade para todos. Graduou-se em Ciências Sociais na UFG em 1983 e dois anos depois ingressou no mestrado em Educação dedicando-se a realizar o diálogo entre aspectos históricos e sociais relacionados a seu campo de atuação. Luiz Dourado é professor da UFG desde 1985 e professor titular aposentado e voluntário ao Programa de Pós-graduação em Educação da Faculdade de Educação da UFG. A cerimônia de entrega foi realizada em 28/11/2013 – 20 horas – Auditório da Faculdade de Educação da UFG (foto).

Luiz Rassi  (Resolução Consuni n.08/1988). Natural de Cuba, veio para o Brasil aos quatro anos de idade. Foi diretor da Faculdade de Medicina, presidente da Associação Médica de Goiás e da Revista Goiana de Medicina, fundador do Conselho Regional de Medicina do estado de Goiás, do Collegium Internationale de Chirurgia Digestivae, em Roma, na Itália, e do The International Society for Diseases of the Esophagus, em Tókio, no Japão. Recebeu o título de Cidadão Goianiense, conferido pela Câmara Municipal de Goiânia.

Madge Lima Leite (Resolução Consuni n.22/2005). Docente da Faculdade de Enfermagem e Nutrição, foi a coordenadora do primeiro curso de mestrado em Enfermagem oferecido em Goiânia, por meio de um convênio entre a UFG e a Universidade Federal do Rio de Janeiro, no final da década de 1980. Foi a primeira enfermeira em Goiás a trabalhar e ensinar o Resolução de Enfermagem (sistematização da assistência ao paciente), fato que representou grande avanço na assistência à Saúde no estado. 

Marcos Afonso Borges (Resolução Consuni n.08/1996). Ex- professor da Faculdade de Direito da UFG.

Margarida Dobler Komma (Resolução Consuni n.04/1988). Aluna da primeira turma da Faculdade de Farmácia e Odontologia de Goiás, a qual posteriormente fez parte da UFG, Foi uma das fundadoras do Instituto de Patologia Tropical e Saúde Pública- IPSTP /  UFG.

Maria Antônia França Gonçalves (Resolução Consuni n.02/1985). Foi diretora do antigo ICHL (Instituto de Ciências Humanas e Letras), que foi desmembrado  em FIC, FCHF e Faculdade de Letras. Atuou por mais de 50 na profissão e foi homenageada dando nome ao Cine UFG.

Maria do Rosário Cassimiro (Resolução Consuni n.16/2003). Primeira mulher a exercer o cargo de reitora da UFG, entre os anos de 1982 e 1986. Foi também pioneira no estado do Tocantins, onde organizou e foi a primeira presidente da Fundação Universidade do Tocantins e, ainda, primeira reitora daquela universidade, cargo que ocupou de 1990 a 1991. Foi agraciada com diversos títulos honoríficos, dentre os quais destaca-se o de Grande Oficial da Ordem do Rio Branco, conferido pelo Ministério das Relações Exteriores. É filiada a várias associações, como a Academia Goiana de Letras, da qual foi presidente, e o Conselho de Reitores das Universidades Brasileiras, da qual é membro honorário. 

Mário Evaristo de Oliveira (Resolução Consuni n.09/1988). Foi diretor da Escola de Engenharia da UFG, secretário de Estado de Viação e Obras Públicas de Goiás e primeiro presidente da empresa pública Saneamento de Goiás (Saneago). Recebeu do Ministério da Guerra a medalha de Pacificador, em 1966, e agraciado com o título honorífico de Cidadão Goiano, em 1982. 

Mauro de Freitas Corrêa (Resolução Consuni n.03/1998). Desempenhou atividades como professor da UFG por um período de aproximadamente 25 anos, tendo atuado como diretor da Faculdade de Direito nos anos de 1990 a 1994. Foi Promotor e Procurador de Justiça, além de ter ocupado o cargo de secretário de segurança pública do estado de Goiás, no período entre 1970 e 1971. cerimônia de entrega foi realizada em 28/08/2008 – Salão Nobre da Faculdade de Direito da UFG.

Mauro Inácio Carneiro (Resolução Consuni n.18/2016): Concluiu em 1966 o curso de Medicina Veterinária da Escola de Agronomia e Veterinária da UFG. Em 1974, defendeu sua dissertação de Mestrado na Escola de Veterinária da UFMG. Foi pioneiro como professor de Cirurgia dos Animais Domésticos no Estado de Goiás, sendo seu trabalho reconhecido nos diversos setores da produção pecuária. Foi autor de uma técnica cirúrgica destinada a obtenção de rufiões bovinos, que é até hoje adotada em várias Escolas de Veterinária do país e por inúmeros profissionais que trabalham no campo, além de ser considerado o mais importante cirurgião de bovinos, nos anos, 60, 70 e 80 no Estado de Goiás. Participou como um dos fundadores da Sociedade Goiana de Veterinária (SOGOVE), como um dos profissionais defensores da Medicina Veterinária.

Milca Severino Pereira (Resolução Consuni n.028/2009). Formada em enfermagem, ficou à frente da Reitoria da UFG por dois mandatos seguidos durante os anos de 1998 a 2005. A cerimônia de entrega foi realizada em 05/05/2009 - 9 horas - Teatro Asklepiós da Faculdade de Medicina da UFG. 

Mirian da Costa Manso Moreira de Mendonça (Resolução Consuni n. 15/2016): Uma das responsáveis pela abertura do Bacharelado em Design de Moda da Faculdade de Artes Visuais em 1996. Além disso, a professora teve também uma atuação destaque como Diretora (1991 a 1995), como Vice-Diretora (2005 a 2009), como Coordenadora do Curso de Graduação nos períodos de (1998 a 2000), de (2000 a 2002) e de (2006 a 2008) e como Vice Coordenadora do Curso de Pós- Graduação em Arte e Cultura Visual nos períodos de (2009 a 2011) e de (2011 a 2013). Miriam também publicou sua dissertação de mestrado sob o título “O reflexo no espelho: o vestuário e a moda como a linguagem artística e simbólica” pela Editora da UFG em 2006, adotado em curso de graduação e pós-graduação em Design de Moda.

Moema de Castro e Silva Olival (Resolução Consuni n.06/1997). Docente da Faculdade de Letras foi uma das criadoras do mestrado em Letras e Linguística da instituição, do qual foi coordenadora por duas vezes, de 1974 a 1978 e de 1982 a 1986. Foi fundadora do Centro de Estudos Portugueses, em 1986, dirigiu a Revista Signótica de 1988 a 1992, atuou como conselheira da ANPOLL no período de 1984 a 1986, e publicou diversos livros e artigos. Em 1990, recebeu a Ordem do Mérito em Grau de Comendador, conferido pelo presidente de Portugal, Mário Soares, pela sua contribuição à divulgação da Língua Portuguesa no Brasil. 

Nicodemos Alves Pereira (Resolução Consuni n.04/1988).

Nilzio Antônio da Silva (Resolução Consuni n.17/2013). O professor foi chefe do Departamento de Clínica Médica do HC/FM-UFG, coordenador da Comissão de Pesquisa e Pós-Graduação da FM/UFG; coordenador do Núcleo de Pesquisa do HC/UFG; membro da Comissão de Ética do HC/UFG; e recentemente  diretor Executivo da Fundação de Apoio ao hospital das Clínicas, a Fundahc. Foi ainda presidente da Sociedade Goiana de Reumatologia e da Sociedade Brasileira de Reumatologia (Gestão 1990-1992). É Membro Honorário da Sociedade Brasileira de Reumatologia, Fellow Internacional do American College of Rheumatology e membro da Academia Goiana de Medicina. cerimônia de entrega foi realizada em 29/08/2013 –  20 horas – Teatro Asklepiós da Faculdade de Medicina da UFG.

Norma Leão Gonçalves (Resolução Consuni n.23/2005). Ex-diretora da Faculdade de Enfermagem e Nutrição, foi responsável pelo planejamento da construção do prédio das duas unidades acadêmicas. Notabilizou-se por viabilizar, por meio de convênio com o programa de mestrado em Enfermagem da Universidade Federal do Rio de Janeiro, a capacitação de 12 docentes da UFG. Essa iniciativa elevou significativamente a produção científica da unidade, que culminou com a criação do seu próprio programa de mestrado. 

Odin Indiano do Brasil Americano (Resolução Consuni n.04/1985). Ex-diretor da Faculdade de Direito, foi promotor de Justiça, membro da Associação Internacional de Direito Penal e do Instituto Brasileiro de Ciências Penais. Publicou livros e artigos que o credenciaram como penalista renomado no país.

Orlando Ferreira de Castro (Resolução Consuni n.02/1988). Ainda como estudante, participou ativamente do resolução de criação da UFG, integrando a Frente Universitária Pró-Ensino Federal em Goiás. Foi fundador da Faculdade de Engenharia e do Instituto de Belas Artes de Goiás, hoje Faculdade de Artes Visuais (FAV). É membro da Associação Brasileira de Ensino de Engenharia. 

Osvaldo Vilela Garcia (Resolução Consuni n.21/2006). Fundador da Faculdade de Medicina e ex-diretor do Instituto de Ciências Biológicas da UFG. Idealizou a criação da Biblioteca Central, do Restaurante Universitário, Bosque Auguste de Saint-Hilaire, localizado no Câmpus Samambaia, e a construção do Biotério Central da instituição. Foi membro fundador da Associação de Combate ao Câncer em Goiás, em 1956, da Seção Estadual de Goiás da Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia, em 1980, e da Academia Goiana de Medicina, em 1988. cerimônia de entrega foi realizada em 25/05/2007 – 9 horas - Auditório do ICB 1.

Paulo Tormin Borges (Resolução Consuni 02/1985). Conhecedor de direito agrário, foi um dos fundadores e diretor da Faculdade de Direito da UFG, atuando ainda como vice- reitor da instituição.

Peter Ernst Sonnenberg (Resolução Consuni n.03/2007). Prestou grandes contribuições para o desenvolvimento das Ciências Agrárias no Brasil, tendo desempenhado atividade docente na UFG de 1965 a 2003. Em 1966, elaborou e iniciou a publicação de uma apostila de Horticultura Geral, com o objetivo de oferecer suporte ao resolução de ensino-prendizagem. Ao longo de 23 anos essas apostilas foram reproduzidas e atualizadas, totalizando 7.776 volumes, que foram adotados como material didático em diversos cursos de Agronomia de várias universidades do país, nos níveis de graduação e pós-graduação. A cerimônia de entrega foi realizada em 15/11/13 - 17 horas - Auditório da Escola de Agronomia da UFG. 

Peter Fischer (Resolução Consuni n. 019/2016): Em 1964, concluiu o curso de Veterinária da Faculdade de Agronomia e Veterinária da UFRGS logo após mudou-se para Goiânia para trabalhar como Veterinário na Secretaria da Agricultura do Estado de Goiás. Em 1968, foi aprovado em 1º lugar em concurso público tornando-se o primeiro Professor Titular do antigo Departamento de Patologia da EAV/UFG. Em 1974 defendeu sua dissertação de Mestrado em Anatomia Patológica na Escola de Veterinária da Universidade Federal de Minas Gerais. Foi membro e presidente da CPPD da UFG.

Rolando Bueno (Resolução Consuni n.09/1988). Notabilizou-se por não contar registrada nas certidões da Escola de Engenharia da UFG sequer uma falta em todo o período em que foi docente da instituição, de 1964 a 1980. Foi chefe do Departamento de Estruturas da Escola de Engenharia e calculista de várias pontes que ajudaram a criar a infraestrutura necessária para o desenvolvimento de Goiás. 

Salvador Jorge da Cunha Netto (Resolução Consuni n. 020/2016): Em 1962, formou-se em Medicina Veterinária pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. 1972 - 1974 matriculou-se no Curso de Mestrado na área de Medicina Veterinária Preventiva da Escola de Veterinária da UFG. Em 1975 foi aprovado em concurso público para professor titular da disciplina de Tecnologia e Inspeção de Carnes da Escola de Agronomia e Veterinária da UFG. Em 1981 diploma de Mestre em Medicina Veterinária pela Escola de Veterinária da Universidade Federal de Minas Gerais. Em 1982, foi eleito Conselheiro Efetivo do Conselho Federal de Medicina Veterinária. A partir de 1986 tornou-se membro da Academia Brasileira de Medicina Veterinária, cadeira nº21. Prestou relevantes serviços durante anos de sua vida, a Escola de Veterinária da UFG e ao Estado de Goiás recebendo vários prêmios e homenagens.

Willian Barbosa (Resolução Consuni n.03/1995). Um dos fundadores do Instituto de Patologia Tropical e Saúde Pública, onde foi diretor por 8 anos. Atuou também no Departamento de Clínica Médica na Faculdade de Medicina da UFG e criou na FM o Departamento de Medicina Tropical

Zaíra da Cunha Melo Varizo (Resolução Consuni n.20/2011). Ex-professora e pesquisadora do Instituto de Matemática e Estatística e da Faculdade de Educação (FE/UFG). A Cerimônia de entrega foi realizada em 24/11/2011 – 10 horas – Auditório do Instituto de Matemática e Estatística da UFG.

Listar Todas Voltar