qs world

UFG se destaca em ranking internacional

Em 10/06/22 16:12. Atualizada em 13/06/22 11:08.

Instituição está em 24ª posição entre as brasileiras listadas

A Universidade Federal de Goiás (UFG) é a 24ª colocada no ranking internacional QS World University Rankings 2023, entre as 35 instituições nacionais que constam entre as melhores do mundo. Pelo segundo ano consecutivo, a UFG foi classificada no ranking. No ano passado, a Universidade ocupou a 26ª posição e, neste ano, a 24ª posição entre as 35 universidades brasileiras listadas. A instituição ficou classificada na faixa de posição 1201ª - 1400ª, no ano passado. A UFG e a Universidade de Brasília (UnB) foram as únicas Instituições de Ensino da região Centro-Oeste classificadas no ranking.

O QS World University Rankings avaliou mais de 2.462 universidades no mundo todo e, dentre os principais indicadores, considerou-se a reputação acadêmica, a reputação entre empregadores, a proporção de estudantes por docente, as citações científicas, a proporção de estudantes internacionais e a proporção do corpo docente internacional.

A reitora da UFG, Angelita Pereira de Lima comentou o resultado. “A Universidade Federal de Goiás estar hoje sendo noticiada pelos jornais locais entre as universidades melhor ranqueadas do mundo e entre as melhores da América Latina e do País não é algo simples e não é por acaso. É resultado do trabalho de mais de 15 anos, talvez 20, realizado por todos que estão aqui: diretores, diretoras, técnicos, docentes, estudantes, egressos e egressas".

A Secretaria de Planejamento, Avaliação e Informações Institucionais (Secplan) foi consultada e um maior detalhamento foi oferecido. De acordo com o titular da Secplan, Vicente da Rocha Soares, Ferreira, o reconhecimento da UFG no contexto internacional é resultado de uma soma de ações exitosas, tanto de aprimoramento do ensino e da pesquisa quanto dos serviços prestados pela Instituição à sociedade. Além disso, ele destacou que o desempenho da UFG superou os desafios impostos às instituições federais de ensino, especialmente àqueles ligados ao orçamento. Ainda, a Secplan disponibilizou uma análise resumida da avaliação recebida pela UFG, no QS World University Rankings 2023.

De acordo com os dados informados, o ranking utilizou cerca de 35 mil informações de discentes e 2 mil informações docentes. Desse total, considerou-se as informações de 214 discentes e 58 docentes estrangeiros que se encontram na Universidade. Ainda, o ranking considerou o total de publicações da instituição na plataforma Scopus e, segundo os dados apurados, o conjunto de artigos científicos atingiu um total de 7.621 e evoluiu 11,5% em relação ao ano anterior.

Além das publicações, considerou-se o número de citações docentes da UFG e se verificou um avanço 35% em relação à 2022. Apenas na plataforma Scopus, identificaram-se cerca de 57 mil citações de docentes da instituição, sendo 75% delas sem citações endógenas. Esse conjunto de indicadores insere a Universidade Federal de Goiás na faixa de 501 a 600 instituições com as melhores reputações acadêmicas do ranking.

Em termos evolutivos, os principais indicadores que contribuíram pela manutenção da UFG no ranking foram o número de publicações internacionais, o número de citações na base Scopus e o percentual de pesquisadores estrangeiros. Segundo o relatório, um dos principais fatores que coloca a UFG entre as principais instituições do País é a sua habilidade em estabelecer parcerias e colaborações com outros organismos e instituições estrangeiras.

Além do ranking da QS World University Rankings, a UFG está posicionada em outros levantamentos internacionais considerados de grande impacto no meio acadêmico: no THE – World University Rankings (posição 1201+, em 2022), The Latin America University Rankings (posição 42, em 2022), no QS Latin America University Rankings (posição 123, em 2022) e no Shangai Academic Ranking of World Universities (posição 801-900, em 2022).

 

red and purple

 

Saiba mais

UFG integra classificação mundial da Quacquarelli Symonds 2022

Categorias: Notícias SECPLAN Orgulho de ser UFG