CAPA-prof-emerito-Nivaldo-FEFD

FEFD celebra novo Professor Emérito da UFG

Em 13/12/21 16:39. Atualizada em 16/12/21 11:30.

Nivaldo Antônio Nogueira David recebeu o título em cerimônia regada à música e emoção

Por Luciana Santal

Fotos: Carlos Siqueira

 

prof.emeritoFEFD-EDWARD
Reitor discursa em entrega do título de Professor Emérito a Nivaldo David

 

Na manhã do último sábado (11/12), o Centro de Cultura e Eventos Professor Ricardo Freua Bufáiçal foi o endereço da solenidade de entrega do título de Professor Emérito da Universidade Federal de Goiás (UFG) a Nivaldo Antônio Nogueira David, docente aposentado da Faculdade de Educação Física e Dança (FEFD). A apresentação cultural dos artistas David Coutinho e Leandro Mourão, egressos da Faculdade de Música, foi anunciada após a composição da mesa diretiva, formada pelo reitor Edward Madureira Brasil; pela vice-reitora Sandramara Matias Chaves; pelo diretor da FEFD, Mário Hebling Campos; e pelos professores da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Lino Castellani Filho, e da FEFD, Wilson Luiz Lino de Sousa, que acompanharam o homenageado.

 

prof.emeritoFEFD-artistas
Apresentação cultural dos artistas David Coutinho e Leandro Mourão

 

Durante uma das canções, os familiares do homenageado entraram juntos no auditório e deixaram Nivaldo bastante emocionado. Após a apresentação cultural, o reitor da UFG conduziu a sessão solene da Assembleia Universitária que concedeu esse título honorífico ao professor Nivaldo por sua destacada atuação como docente da instituição, por exercer com excelência atividades de ensino, pesquisa, extensão e administração e por sua contribuição para a afirmação histórica da Educação Física goiana e brasileira. O reitor Edward relatou que Nivaldo fez parte dos três segmentos dessa universidade: “foi estudante, técnico-administrativo e professor. Então conhece a UFG como ninguém. Em toda a história da Faculdade de Educação Física e agora FEFD, nenhum docente recebeu o título que nós entregamos hoje ao Nivaldo. Você fez a diferença não só na sua faculdade, mas também na Universidade Federal de Goiás”.

Em seu discurso, o agora Professor Emérito da UFG confessou que era muito difícil falar aos presentes naquele momento pois estava sob forte emoção e, como o título já havia sido concedido, brincou com a situação pedindo ao reitor que o autorizasse a ir embora. Começou a discursar com agradecimentos a todos que colaboraram para que a cerimônia acontecesse e revelou que essa homenagem resgatou sonhos, até os não concretizados e os já esquecidos em alguma esquina de sua história de professor, pesquisador, intelectual, cidadão, ator social. “Sou apenas a simples expressão de um trabalhador que compreendeu seu papel histórico e que reconhece a universidade como uma instituição a ser respeitada, fortalecida, ampliada a todos indistintamente. Trata-se de um patrimônio social da mais alta relevância para a realização da ciência, do pensamento crítico, da educação e da cultura. Recebo com orgulho esse título, mas, desde já, compartilho esse mérito com outros personagens do contexto educacional e do coletivo social que participei. Jamais poderemos excluir os outros da nossa vida, da nossa história. Nesse sentido, posso apenas dizer que fiz o melhor possível, me dediquei ao trabalho com ética e procurei ser uma pessoa do bem”. Agradeceu aos estudantes, às instituições por onde passou e, com as poucas palavras que conseguiu dizer na tentativa de segurar as lágrimas, falou de sua família.

 

prof.emeritoFEFD-titulo
Nivaldo Antônio Nogueira David recebe o título de Professor Emérito da UFG

 

Homenagens

O amigo e professor da Unicamp, Lino Castellani Filho, contou que Nivaldo dedicou 39 anos de sua vida à docência na UFG e que seu trabalho representa não só a universidade, mas também toda a educação pública brasileira. “Ele fez parte de um grupo, depois denominado de Movimento Renovador da Educação Física brasileira, que defendeu a possibilidade histórica de se ter uma educação física estudada, analisada, refletida e vivida a partir dos referenciais das Ciências Humanas, Sociais, Filosofia e Artes. Olhe para esse título, Nivaldo, e veja o dedo da Unicamp, o dedo de cada universidade desse país, de cada escola que você influenciou, de alguma forma, com seus estudos, com suas pesquisas e com sua militância política. Obrigado por existir!”

 

prof.emeritoFEFD-LINO.CASTELLANI
Professor da Unicamp, Lino Castellani Filho, homenageia o amigo Nivaldo

 

Seu colega docente da FEFD, Wilson Luiz Lino de Sousa, também prestou sua homenagem carregada de bastante emoção. “Nós falamos de um professor, cuja militância acadêmica é princípio caro à concepção de trabalho acadêmico, compreendido como a produção científica de qualidade e socialmente referenciada. Essa foi, e tem sido ao longo da experiência acadêmica do professor Nivaldo, a sua luta. E nós estamos aqui hoje reconhecendo e valorizando isso. Agora é o momento de comemorar”. Wilson relatou que, ao pautar essa homenagem na FEFD, a reação dos docentes foi de aclamação pois Nivaldo é respeitado e querido. “Eu me lembro de uma das expressões que me marcou muito, dita pela vice-diretora da FEFD Sissília Vilarinho Neto, 'nem tudo está no lattes'. É isso, Nivaldo, que você representa para todos nós”, contou, com a voz embargada.

 

prof.emerito.FEFD-PROF.WILSON
Wilson Luiz Lino de Sousa relata com emoção o processo de concessão do título

 

O diretor da FEFD, Mário Hebling Campos, afirmou que os cursos de graduação e o mestrado oferecidos pela faculdade, além dos serviços ofertados pelos projetos de extensão, que alcançam milhares de pessoas, têm a contribuição do professor Nivaldo. Mas o diretor queria, em seu relato, falar também sobre o que não está “no lattes”.  “O professor Nivaldo atuou na formação de mestres, doutores e de pós-doutores, e eu sou um desses casos. Na teoria, os doutores aprendem que quanto mais se conhece, mais se precisa aprender. Mas na prática, muitos doutores ‘se acham’ e vinham para cá com esse pensamento. Eram recepcionados pelo professor Nivaldo, que uma vez, fez uma brincadeira - novos doutores são como vírus! Eu fui uma dessas pessoas que chegava e ele falava, sempre gentil: vocês estão preparados? Vocês são capazes, coloquem a mão na massa. Vocês vão contribuir muito com a nossa região, mas vocês têm muito a aprender aqui dentro também.” Ele se disse honrado em ocupar o cargo de diretor da FEFD, função já desempenhada pelo homenageado. “Que dia espetacular! Professor Nivaldo, agradeço em nome de toda comunidade da FEFD por tudo o que você fez!”

Clique aqui para acessar o álbum de fotos da solenidade de entrega do título de Professor Emérito a Nivaldo Antônio Nogueira David.

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: Secom UFG

Categorias: Notícias FEFD