concurso público _ Jeso Carneiro _ Flickr P

Centro de Seleção passa por consultoria e vai ter área comercial

Em 10/11/21 13:51. Atualizada em 10/11/21 16:35.

Trabalho teve objetivo de desenvolver planejamento estratégico e organizacional

A crise decorrente da pandemia da covid-19 trouxe impactos negativos para todo setor de seleção e avaliação. O Centro de Seleção da Universidade Federal de Goiás (CS UFG) também sentiu o baque e aproveitou a redução de demandas para repensar e aprimorar a administração do órgão. A Secretaria de Planejamento, Avaliação e Informações Institucionais (Secplan) foi chamada pela diretora do CS, Geovana Reis, a participar e desta parceria surgiu o Projeto Otimiza CS.

O trabalho de consultoria proposto no Otimiza CS durou sete meses e teve por objetivo desenvolver o planejamento estratégico, atualizar a estrutura organizacional, desenhar a cadeia de valor, mapear os processos de trabalho e elaborar os procedimentos operacionais padrão do Centro de Seleção da UFG para melhorar a eficiência e eficácia dos processos seletivos, concursos e formações.    

Além da sistematização das normas e rotinas para otimizar os resultados e entregas do órgão, o projeto propôs a idealização de uma estrutura organizacional que contemplasse uma área comercial com vistas ao aumento da competitividade do Centro Seleção da UFG no mercado de seleções e avaliações.

Prospecção de contratos

Segundo o vice-diretor e coordenador de TI do CS UFG, Adriano César Santana, a princípio, o projeto previa apenas uma revisão da estrutura organizacional e a otimização dos processos de trabalho, com vistas ao aumento da competitividade do Centro Seleção. "Com o avanço das discussões e o aprimoramento das análises em reuniões, indicou-se a necessidade de criar um setor específico (coordenação) para lidar com a prospecção de contratos, fluxos de caixa, orçamentos e a gestão dos recursos com vista à redução de custos", comenta. Com relação aos outros setores do órgão, houve uma reorganização do organograma sem a necessidade de aumento da estrutura.

Perguntado sobre as conclusões da consultoria, o vice-diretor do CS afirma que esse trabalho torna o órgão mais competitivo, podendo alcançar destaque no segmento ao concorrer com grandes empresas que atuam no mercado de seleção e avaliação. "E isso só pode ser possível devido ao aprimoramento das atividades internas, a otimização dos processos de trabalhos por meio de um planejamento bem estruturado e organizado e o mapeamento e redesenho de processos administrativos", observa.

No projeto foram desenvolvidos o planejamento estratégico do CS, o organograma reestruturado, a cadeia de valor, 11 macroprocessos, 23 processos e 132 procedimentos operacionais padrão. Dentro os vários produtos do projeto, alguns são de natureza pública: estrutura organizacional e cadeia de valor. Ambos os produtos podem ser acessados no site do Centro de Seleção da UFG

Sobre a implementação das melhorias, Adriano Santana, afirma que uma boa parte do projeto já está em andamento, e que a adoção, no dia a dia da maioria dos produtos gerados, aconteceu naturalmente. Outra parte, que necessitará de contratação ou remanejamento de pessoal, está sendo planejada juntamente com a Reitoria. "A equipe que comporá a nova área comercial está sendo definida e as demais ações a Reitoria sinalizou positivamente para que assim que possível todas as ações necessárias sejam realizadas", conclui.

Fonte: Secom UFG

Categorias: Notícias CS UFG SECPLAN