Ciar no YouTube

Canal do Ciar no YouTube acumula mais de um milhão de visualizações

Em 15/06/21 12:45. Atualizada em 15/06/21 12:45.

Videoaulas, animações e tutoriais de todas as áreas do conhecimento estão disponíveis gratuitamente

Texto na imagem: CIAR no YouTubeAcesse em youtube.com/CiarUFG_EAD

Imagem: Guilherme Mendes - Ciar/UFG
Texto: Raniê Solarevisky - Ciar/UFG

O canal do Ciar no YouTube registrou, em maio deste ano, um acumulado de mais de 1 milhão e 160 mil visualizações em seus vídeos desde a sua criação.

O canal completa dez anos de atividade oferecendo conteúdo sobre todas as áreas do conhecimento gratuitamente, em múltiplos formatos. Para além de videoaulas com composição mais tradicional, diversos modelos de animação, lives de formação, vídeos promocionais, cobertura de eventos, tutoriais e produções autorais de parceiros também estão disponíveis.

Gráfico mostra variação de número de visualizações dos vídeos do canal do CIAR no Youtube
Captura de tela mostra aumento da atividade no canal do CIAR no Youtube nos últimos 4 anos


O público dos vídeos é bastante diverso, mas acompanha a predominância de mulheres nos cursos a distância da UFG: mais de 70% dos usuários que visualizaram o conteúdo do canal são do sexo feminino. Os grupos de faixa etária com maior número de visualizações são de 18 a 24 anos (33,6%), 25 a 34 anos (30,1%) e 35 a 44 anos (28,4%). 

Para mais detalhes sobre esse trabalho, realizado pela equipe de Publicação do Ciar, conversamos com o coordenador de audiovisual do órgão, Flávio Gomes. Confira logo abaixo.

 Fotografia do prof. Flávio Gomes é acompanhada do seguinte texto: CIAR ENTREVISTA - Flávio Gomes - Coordenador Audiovisual - Equipe de Publicação CIAR

Que tipo de conteúdo o usuário pode encontrar no canal do Ciar no YouTube?

O canal do YouTube do Ciar, é um canal de conteúdo misto voltado, principalmente, para o ensino a distância, disponibilizando videoaulas diversas sobre todo tipo de conteúdo tratado nos cursos de graduação e pós-graduação da Universidade Federal de Goiás. A maioria do conteúdo do canal é formada por videoaulas dos cursos ofertados na modalidade EAD, porém o canal conta com muito conteúdo que pode ser aplicado no ensino presencial.

Além de aulas de apresentação onde o professor se apresenta, apresenta o conteúdo ou a disciplina, o canal conta com aulas que propõem um resumo de um conteúdo específico para facilitar a inserção do estudante no conteúdo presente na plataforma Moodle, outras aulas com demonstração de processos práticos ou solução de problemas, e por fim, aulas especiais, produzidas por meio de animação ou computação gráfica onde são apresentados conteúdos genéricos, que podem ser trabalhados em várias disciplinas ou em conteúdos diferentes, são aulas ou vídeos multidisciplinares.

Todo o conteúdo possui projeto gráfico específico e identidade visual própria para evidenciar o curso de origem e os professores ou profissionais que participaram do processo de produção.

 

Quais são os vídeos mais vistos no canal?

O canal possui cerca de 1.200 horas de visualização mensal com mais de 6.500 inscritos e cerca de 1.278 visualizações por dia, os vídeos mais visualizados do canal são os seguintes:

1º – Estatuto da Criança e do Adolescente (mais de 300 mil visualizações)

2º – SUS – Sistema Único de Saúde (cerca de 239 mil visualizações)

3º – Cultura um conceito antropológico – Diversidade e Cultura (cerca de 136 mil visualizações)

4º – Exame parasitológico de fezes (cerca de 70 mil visualizações)

5º – Educação Integral e Integrada – Como elaborar resumo expandido (cerca de 49 mil visualizações)

Como pode ser visto, o conteúdo é extremamente variado e abrange quase todos os cursos da Universidade.

 

De que forma funciona o fluxo de produção de vídeos pelo Ciar?

Em geral, quando um professor ou curso precisa produzir um conteúdo audiovisual, o responsável pelo conteúdo entra em contato com a coordenação de produção do Ciar, que irá organizar o fluxo de produção. A coordenação geral de produção encaminha o material para a subcoordenação de produção audiovisual, que vai analisar o material do professor e, se necessário, apontar a necessidade de modificações do conteúdo para se adequar a uma videoaula, ou verificar a melhor forma de apresentar o conteúdo por meio de vídeo. Em seguida o material é enviado para a lista de produção e a equipe começa a trabalhar com a captura de vídeos, montagem de identidade visual, vinhetas e demais elementos. Por fim, o material passa pela aprovação do propositor e é publicado no canal.

Vale lembrar que todos os conteúdos publicados no canal do Ciar possuem licença de uso Creative Commons, podendo ser utilizados e reutilizados por outras instituições sem autorização prévia do Ciar ou do proprietário do conteúdo, o que reforça a função da Universidade Federal de Goiás como instituição geradora de conteúdo.

 

Acesse o canal do Ciar no YouTube, inscreva-se e ative as notificações para não perder nenhuma novidade publicada pela equipe.

 

Fonte: Ciar UFG

Categorias: Notícias Ciar SeTI