Campanha vacina, arte e solidariedade

1ª live "Vacina, Arte e Solidariedade" arrecada cestas básicas

Em 26/04/21 13:02. Atualizada em 26/04/21 13:02.

Iniciativa faz parte de campanha em prol de grupos sociais vulneráveis durante a pandemia

No domingo (25/4) foi realizada a primeira live da campanha "Vacina, Arte e Solidariedade" na TV UFG, na Rádio Universitária 870 AM e no canal oficial da Universidade Federal de Goiás (UFG) no YouTube. A finalidade do evento foi arrecadar doações de cestas básicas para famílias e grupos sociais afetados pela pandemia do novo coronavírus. 

"Todos os grupos apresentados estão em grande sofrimento pela falta de condições dignas de sobrevivência e buscamos estender as mãos", afirmou a Pró-Reitora de Extensão e Cultura da UFG, Lucilene Maria de Sousa. Entre as carências dos grupos, estão a insegurança alimentar e nutricional, perda de emprego, renda e falta de acesso aos serviços de saúde.

Na transmissão, os cantores e compositores Diego Mascate, Kleuber Garcez, Nina Soldera e Xexéu, acompanhados por outros instrumentistas, fizeram apresentações com músicas clássicas do samba, MPB e chorinho. Vale destacar a presença de um intérprete de Libras, garantindo assim uma maior acessibilidade para o evento.

Diego Mascate e Léo Vassoura
Diego Mascate e Léo Vassoura (Imagens: captura de tela)

 

"Cultura, arte, música, todas as linguagens artísticas também são essenciais nesse momento de distanciamento, de cuidado e de isolamento", afirmou Nina Soldera. "É um prazer estar nessa casa de volta, em um momento de junção de esforços, corações e afetos. É um momento muito lindo para a gente. Nos recarrega de esperança", completou a cantora, que se apresentou junto ao cantor e violonista Kleuber Garcez. 

Nina Soldera e Kleuber Garcez
Nina Soldera e Kleuber Garcez 

 

A Universidade Federal de Goiás (UFG) é uma das realizadoras da campanha "Vacina, Arte e Solidariedade" em parceria com a Câmara Municipal de Goiânia, Frente Parlamentar Vacina para Todos e Combate a Covid-19 e Federação do Comércio do Estado de Goiás (Fecomércio-GO), Fundação Rádio e Televisão Educativa e Cultural (RTVE). A campanha conta ainda com a parceria das organizações da sociedade civil, sindicatos, instituições e vereadores que compõem a Frente Parlamentar e segue aberta à adesão de pessoas físicas e jurídicas que desejarem contribuir.

Gêneros alimentícios 

A campanha atua em três frentes: a arrecadação de gêneros alimentícios não perecíveis e produtos de higiene, e a doação de recursos financeiros; a promoção da vacina, de informações científicas e criação de estratégias públicas para que a vacina alcance a todos; e as lives como ferramenta de divulgação artística. O objetivo da ação é atender o maior número possível de pessoas. 

A pró-reitora afirma também que artistas goianos estão entrando em contato e se oferecendo para participar, de forma solidária. "Sabemos como estes grupos também têm sofrido nesta pandemia", observa Lucilene. 

Pontos de coleta 

Câmara Municipal de Goiânia: Av. Goiás, nº 2.001, Setor Central - Goiânia, CEP: 74.063-900 

Sindicato dos Trabalhadores do Sistema Único de Saúde no Estado de Goiás (Sindsaúde): R. 26, nº 521, Jardim Santo Antônio - Goiânia - GO, CEP: 74.853-070 Centro de Cultura e Eventos Professor Ricardo Freua Bufáiçal – Câmpus Samambaia UFG:  Av. Esperança, s/n - Vila Itatiaia, Goiânia - GO, CEP: 74.690-612 

Conta bancária 

Outra opção é a doação de recursos financeiros para conta bancária que foi aberta na Ação UFG Solidária que é apoiadora desta Frente. 

Banco do Brasil 

Agência: 1242-4 

Conta corrente: 47.789-3 

CNPJ: 01.517.750/0001-06 

Nome: Fundação Rádio e Televisão Educativa e Cultural – Fundação RTVE 

Chave PIX: frentesolidaria@rtve.ufg.br

Saiba mais

Live cultural campanha "Vacina, arte e solidariedade"(YouTube UFG Oficial)

Esquenta da live "Vacina, arte e solidariedade" recebe doações

UFG participa da 1ª live da campanha "Vacina, Arte e Solidariedade"

Campanha “Vacina, Arte e Solidariedade” é lançada em Goiânia

“Volta à normalidade passa por vacina e conduta”, diz reitor 

Fonte: Secom UFG

Categorias: NOTÍCIAS Proec Reitoria