Pedro Henrique Peixoto de Almeida, IME/UFG (Foto: arquivo pessoal)

Estudante da UFG participa de evento com ganhadores do Nobel

Em 06/04/21 13:17. Atualizada em 06/04/21 13:20.

Pedro Henrique Peixoto cursa Matemática no Instituto de Matemática e Estatística

capa-do-evento-nobel-2021

 

Versanna Carvalho

O discente do curso de Matemática do Instituto de Matemática e Estatística (IME) da Universidade Federal de Goiás (UFG), Pedro Henrique Peixoto de Almeida, é um dos 40 estudantes selecionados entre mais de 170 indicações de 90 universidades públicas e privadas de 23 estados brasileiros e do Distrito Federal (DF) para participar do evento "O valor da ciência - diálogo Nobel Brasil", que terá mesas-redondas com ganhadores do Prêmio Nobel.

Pedro Henrique, 23 anos, é estudante do segundo período de Matemática. Ele soube do evento por meio da professora do IME, Maria Bethânia Santos, que havia indicado dois estudantes de graduação para a seleção junto à Pró-Reitoria de Graduação (Prograd) da UFG. "Fiquei honrado com a indicação e resolvi participar prontamente do evento uma vez que acreditava ser uma oportunidade única estar em uma mesa-redonda com dois laureados e poder interagir com um deles".

Junto à indicação dos dois estudantes da UFG, por meio de um ofício assinado pela vice-reitora, Sandramara Matias Chaves, foram enviados histórico escolar, formulário, currículo Lattes e carta de recomendação da Instituição. "Estar entre os 40 estudantes que participarão do encontro não foi tarefa fácil, dada à elevada qualidade dos candidatos. Percebi ali que não apenas representava minha própria Universidade, mas também os estudantes universitários do meu Estado e região", destaca Pedro Henrique, que afirma ter sentido um misto de felicidade, ansiedade e responsabilidade ao receber o aceite dos organizadores do encontro.

"Ter a oportunidade de participar de um evento com nobelistas e poder interagir com eles é, de longe, algo único, e que deve ser muito bem ensaiado para um proveito extraordinário. Encurtar a distância entre laureados e estudantes-pesquisadores é aumentar o espaço da Ciência no nosso país, a promoção de pesquisas conjuntas e, por fim, oportunizar a todos aqueles que desejam fazer ciência e obter os frutos desta nobre atividade", acredita o representante da UFG. 

Pedro Henrique Peixoto de Almeida, IME/UFG (Foto: arquivo pessoal)
Pedro Henrique: "participar de evento com nobelistas é extraordinário" (Foto: arquivo pessoal)

 

Mesas-redondas

Os 40 estudantes brasileiros selecionados serão divididos em dois grupos e cada turma terá a oportunidade conversar com um ganhador do Prêmio Nobel, cada. Uma das convidados é a vencedora do Prêmio Nobel de Medicina em 2014, a psicóloga e neurocientista norueguesa, May-Britt Moser.

O estudante do IME UFG, Pedro Henrique Peixoto de Almeida, compõe a mesa-redonda que vai conversar com o laureado com o Prêmio Nobel de Física em 2012, o físico francês Serge Haroche. O discente confirma que foi selecionado para a mesa-redonda de Haroche e que terá direito de fazer uma pergunta, mas disse que a pergunta só será revelada durante o painel, que será iniciado às 12h30. "Posso dizer que perguntarei sobre os caminhos e escolhas de um jovem pesquisador e como ampliar o acesso à ciência", antecipa.

Academia Brasileira de Ciência

O encontro on-line "O valor da ciência - diálogo Nobel Brasil" está marcado para esta quinta-feira (8/4), pelo canal do YouTube Nobel Prize, às 10h. A Academia Brasileira de Ciências (ABC) e a Nobel Prize Outreach (braço de comunicação da Fundação Nobel), em colaboração com o Instituto Serrapilheira, são os realizadores do evento. 

De acordo com os organizadores, o evento tem a finalidade de promover uma discussão sobre a importância da ciência para a sociedade e de políticas públicas baseadas no conhecimento científico e inspirar os estudantes a perseguirem carreiras científicas. 

Em carta enviada aos reitores das universidades participantes, o presidente da ABC, Luiz Davidovich, afirma que "em um cenário difícil como o que o mundo e, especialmente, o Brasil, atravessa, me enche de esperança a riqueza e o potencial de futuro que vi representado nos estudantes de todo o país que participaram deste processo".

O pesquisador afirma ainda que em breve serão organizados eventos similares, com lideranças científicas nacionais e os estudantes que não foram selecionados para o evento inicial. "Avalio ser este um dever nosso para com esta juventude que representa o futuro da ciência brasileira", ressalta Luiz Davidovich.

Serviço

"O valor da ciência - diálogo Nobel Brasil"

Data: 8 de abril de 2021 (quinta-feira)

Horário: 10h

Plataforma: canal do YouTube Nobel Prize

Informações sobre o evento: http://www.abc.org.br/evento/nobel-brasil-2021/ 

Fonte: Secom UFG com informações da ABC

Categorias: notícias IME PROGRAD Orgulho de ser UFG