Stories_InscriçõesAbertas_Olimpíada_CEI_30.png

Olimpíada de Empreendedorismo da UFG premia vencedores

Em 24/10/20 18:48. Atualizada em 24/10/20 18:48.

Desafio virtual reuniu alunos das cinco regiões brasileiras

Soluções para problemas em educação, saúde, meio ambiente, emprego, renda, cidadania e outras áreas do conhecimento desafiaram os competidores da 7a. OEU - Sétima Olimpíada de Empreendedorismo Universitário da UFG, que reuniu alunos de 10 estados e Distrito Federal, representando as 5 regiões brasileiras, de forma totalmente remota. Entre treinamentos, criação de modelos de negócio, mentorias, aperfeiçoamento de ideias e etapa final, foram cerca de 2 meses de atividades. Competidores precisaram de muito esforço e motivação, diante das novidades e imprevistos do modelo não presencial.

A maratona foi disputada em 3 categorias:
Negócio Inovador - ideias de negócios com potencial de crescimento e geração de ganhos econômicos, preferencialmente com perfil de alta tecnologia.
Negócio de Impacto - ideias de negócios com potencial de geração de impacto socioambiental e geração sustentada de resultado financeiro.
Ação Social - ideias de ações sociais, sem fins lucrativos, pensadas para resolver problemas de moradia, meio ambiente, saúde, educação, segurança, dentre outros.

A premiação de R$ 21 mil reais em dinheiro foi dividida entre os 3 primeiros colocados de cada categoria:

1° Lugar - R$ 3 mil e 500 reais e certificado de equipe vencedora
2° Lugar - R$ 2 mil reais e certificado com classificação
3° Lugar - R$ 1 mil e 500 reais e certificado com classificação

Final
A banca final, composta por especialistas e representantes de instituições voltadas para o empreendedorismo e a inovação, foi transmitida pela plataforma google meet.
Era grande a expectativa entre as 15 equipes finalistas, 5 de cada categoria. Os projetos foram avaliados por critérios de originalidade, viabilidade técnica, financeira, comercial, efetividade e impacto. Os alunos estavam ansiosos. Até que o resultado foi divulgado:

Categoria Ação Social
1º lugar - Equipe Recomeço
Bruna Guedes Oliveira - UFG
Izadora Araújo Barbosa /UFG
Projeto: Capacitar refugiados no Brasil para o mercado de trabalho, despertar para direitos trabalhistas, e conectar a empresas, por meio de uma feira de profissões.

2º lugar - Equipe Construir o Futuro
Andrielly Cristine Carrijo/ UFG
Jorge Luiz Monteiro Rodrigues /UFG
Sara Daniel Matias Damascena /UFG
Projeto: Melhorar as condições de habitação e educação das aldeias indígenas Boe Bororo, com projeto arquitetônico, executivo e a construção de um centro educacional.

3º. lugar - Equipe Acessibilizei
Ana Carolina de Souza Aranha/ UFJ
Luiza Habib Vieira Garcia/UNB
Projeto: O projeto tem como objetivo principal a inserção de corrimãos dentro do ambiente acadêmico, a iniciativa é voltada para a inclusão de pessoas


Categoria Negócio de Impacto
1º lugar ­- Equipe Som das Cores
Maíra Costa Ribeiro/ ESUP
Mariângela Costa Ribeiro /UFG
Ação: Gamificação do método Nobre de alfabetização para que a criança aprenda a ler de forma lúdica, conhecendo o som, por meio das cores

2º lugar- Equipe E - CO - TECH
Arthur Alves Coelho/ UFG
Eduarda Pereira Soares Dias /UFG
Paula Correa Neddermeyer /UFG
Projeto: Biossensor de análise de água para detecção de bactérias de forma mais rápida e mais barata que as análises tradicionais do mercado

3º lugar- Equipe DUKI
Alexander Hugo Rigor dos Santos /CEFET/RJ
Daniel Carvalho Moreira Morgado Vieira/CEFET/RJ
Lucas Carvalho Moreira MorgadoVieira//CEFET/RJ
Phelipe Martins da Silva/CEFET/RJ
Thainá Simões Pires /CEFET/RJ
Projeto:Solução para diminuir o impacto das defasagens no sistemas de ensino do país, por meio de tecnologias


Categoria Negócio Inovador
1º lugar - Equipe Sutive
Artur Azeredo Santos Servian/ UFU
Lucas Lima do Nascimento/ UFU
Otávio Almeida Leite/ UFU
Nicole Del Grossi Vieira de Souza/UFU)
Vinícius Corrêa Ramos (UFU)
Projeto: Dispenser(recipiente) automático de luvas estéreis, tecnologia que deverá trazer segurança e praticidade ao trabalho dos profissionais da saúde

2º lugar - Equipe Iontocare
Douglas Vieira Thomaz/ UFG
Laura Junqueira Melo/ Universidade Araguaia
Projeto: Tecnologia para substituir agulhas e injeções em procedimentos odontológicos e estéticos, como anestesias e botox em harmonizações faciais

3º lugar - Atlas de Medicina
Igor Gabriel Silva Oliveira/ UFJ
Ana Clara Santos /Mundim/ UFJ
Leandra de Jesus Sonego/ UFJ
Luciana Ruivo Dantas /UFJ
Marcela Costa de Almeida Silva /UFJ)
Projeto: Câmera universal que se acopla a microscópios de baixo custo para democratizar o acesso da população à saúde

Comemorações e planos
A aluna Izadora Araújo Barbosa(Ação Social) afirmou: "Nem acredito que tudo isso saiu de nós; com certeza, eu e a Bruna temos grandes planos, a partir dessa Olimpíada, foi um marco nas nossas vidas", celebrou.

Entre a equipe Sutive (Negócio Inovador), o clima foi de festa também. Segundo o aluno Artur Azeredo Santos Servian/UFU, o empreendedorismo é uma novidade para o grupo, mas um passo importante."Agradecemos pela oportunidade, valeu UFG! Agora é continuar trabalhando para o nosso produto chegar ao mercado", resumiu o estudante.

Mariângela Ribeiro Costa (Negócio de Impacto) observou o grande esforço para transformar o que tinham na mente em projeto, e planejou o futuro." Vamos usar os recursos para alcançar o maior número de alfabetizandos possível", concluiu.

Trabalho remoto

A pró-reitora adjunta de Pesquisa e Inovação e diretora de Transferência e Inovação Tecnológica da UFG, Helena Carasek, parabenizou os competidores, e lembrou que não só os três primeiros colocados de cada categoria foram vitoriosos. "Todos são vencedores por terem encarado esse desafio, que já é tradição na UFG e, em 2020, foi totalmente virtual", ressaltou.

cenário permitiu que mais estudantes fossem alcançados, em Goiás e outros estados. Foram 245 alunos; sendo 207 de graduação e 38 de pós-graduação (especialização, mestrado e doutorado). Esses estudantes foram distribuídos em 77 equipes; sendo 26 equipes da Categoria Negócio Inovador, 26 equipes da Categoria Ação Social e 25 equipes da Categoria Negócio de Impacto, instituída em 2020.

olimpíada de empreendedorismo resultado
Reitor Edward Madureira elogiou a capacidade gerir recursos em tempos de contingenciamento


Expandindo fronteiras
O reitor da UFG, Edward Madureira Brasil, comemorou a expansão geográfica e institucional da Olimpíada de Empreendedorismo e conclamou: "Precisamos continuar rompendo fronteiras e reafirmando nosso compromisso com a sociedade".

Ainda sobre a 7ª OEU, Madureira exaltou a capacidade da PRPI de gerir recursos. "Podemos dizer que vocês fizeram a multiplicação dos pães. Com um recurso de 2018, conseguiram realizar vários eventos; isso mostra como, mesmo com a subtração das verbas para as universidades, estamos realizando muito", finalizou.
Participaram da 7ª OEU estudantes de 12 unidades da Federação, representado os estados de Goiás, Bahia, Espírito Santo, Mato Grosso, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro e São Paulo, e o Distrito Federal.
- Goiás: ESUP-GO, Faculdade Araguaia, Faculdade da Indústria, IFG, IFGoiano, PUC-GO, Senai Fatesg, UEG, UFJ, Uniceug, Universidade Estácio de Sá e UFJ.
- Bahia: UNEB, UFBA e UFOB.
- Espírito Santo: IFES.
- Mato Grosso: IFMT.
- Minas Gerais: FDSM, UFU, UNA, Unifei e UFSJ.
- Pará: UFPA.
- Paraíba: UFCG.
- Paraná: UFPR.
- Pernambuco: IFPE e UFRPE.
- Rio de Janeiro: CEFET-RJ e UFF.
- São Paulo: USP e UFSCar.
- Distrito Federal: UniCEUB e UnB.

Agradecimentos
A Olimpíada de Empreendedorismo Universitário da UFG é uma iniciativa Pró-Reitoria de Pesquisa e Inovação (PRPI-UFG), por meio da Diretoria de Transferência e Inovação Tecnológica, realizada pelo Centro de Empreendedorismo e Incubação (CEI-UFG), com apoios do Sebrae, Fundação de Desenvolvimento de Tecnópolis (Funtec), Instituto de Cidadania Empresarial (ICE) e Rede Goiana de Inovação (RGI).

O pró-reitor de Pesquisa e Inovação da UFG, Jesiel Carvalho, agradeceu o envolvimento de todos na realização da Olimpíada de Empreendedorismo, citando equipe do CEI-UFG, equipe da PRPI, instrutores, mentores, avaliadores e parceiros. "Que esse esforço continue para o desenvolvimento do empreendedorismo e da inovação ", observou o pró-reitor.

Para Jesiel Carvalho, a Olimpíada é sinônimo do protagonismo da UFG na sociedade, especialmente agora na pandemia em que os protocolos sanitários tiveram que ser revistos. "Nesse sentido, a OEU também se reinventou e se agigantou", comemorou Jesiel.

Instrutores, mentores e avaliadores

Palestrantes e instrutores Bootcamp: Marcos Hashimoto (University of Indianapolis),Samir Hamra (ICE), Luciana Padovez (Sempreende), Bianca Porto (ONG Oásis dos Sonhos)

Mentores: Igor Feitoza (Game Designer),Ivana Xavier (CEI-UFG), Emília Rosângela Franco (CEI-UFG), Fernanda Bombardi (ICE), Vivian Rubia Ferreira (ICE), Ketlen Komorek (ODISSEIA), Ivana Xavier (CEI-UFG), Giovanna Sodré (SEDETEC),Bianca Porto (ONG Oásis dos Sonhos),Leonardo Antonio Alves (INF-UFG), Ewerton da Costa (PROIN-UEG), João Vitor Barboza dos Santos (Angular – Projetos e Consultoria), Daniel Pagotto (Pesquisador de Soluções para a saúde)

Avaliadores: Bianca Porto (ONG Oásis de Sonhos), Wilda Lemos (CEI-UFG), Athos Vinicius Ribeiro (SEBRAE-GO), Ivana Xavier (CEI-UFG), Luciana Padovez Cualheta (Sempreende),Altair Camargo (Sempreende), Emília Rosângela Franco (CEI-UFG), Rodson Marden Witovicz (SEBRAE-GO)
Banca Final: Celma Grace de Oliveira (Cooperativa Bordana), Karla Emmanuela Hora (EEC/UFG),Bianca Porto (ONG Oásis de Sonhos),Luciana Padovez Cualheta (Sempreende),Fernanda Bombardi (ICE), Daiana Leripio (Sumá),Celso Camilo (INF/UFG), Sheila Pires (Enimpacto),Candido Borges (FACE/UFG), Paula de Paula (SEBRAE-GO), Pedro Luiz Oliveira (FUNTEC), Márcio Cesar Pereira (SEDI)

 

 

Fonte: Secom UFG

Categorias: notícias CEI PRPI