mapagoiano.jpg

UFG lança parceria com Secult Goiás para mapear artistas no estado

Em 01/10/20 13:11. Atualizada em 01/10/20 13:11.

Plataforma busca identificar e auxiliar artistas e trabalhadores de cultura em momento crítico da pandemia

Texto: Augusto Araújo

 

A Universidade Federal de Goiás (UFG) lançou nesta segunda-feira, 28/9, em parceria com a Secretaria de Estado de Cultura (Secult Goiás), a plataforma Mapa Goiano. O site, que já está no ar, tem como objetivo identificar eventos e artistas locais e servir como um guia cultural para a sociedade goiana. A plataforma também fornecerá auxílio financeiro aos artistas que se inscreverem no Mapa Goiano.

A iniciativa tem como origem a Lei Aldir Blanc, proposta do Governo Federal que garante um auxílio de R$ 600 para profissionais informais do setor cultural, por um período de três meses. Os interessados que seguirem as especificações do programa devem se cadastrar no site mapagoiano.cultura.go.gov.br.

A UFG entrou no projeto com a disponibilização de programadores para auxiliar no desenvolvimento e manutenção do site, a pedido do Secretário de Cultura de Goiás. Seguindo uma demanda do Ministério do Turismo, todas as secretarias de cultura tiveram de criar ou atualizar seus Mapas Culturais que estavam desatualizados, reorganizando assim seus mapeamentos.

Segundo Flavia Cruvinel, Pró-Reitora Adjunta de Extensão e Cultura da UFG, a expectativa é alcançar todos os artistas e trabalhadores da cultura em Goiás. “É um processo difícil, pois não sabemos ainda a dimensão desse quantitativo. Então a partir do Mapa Goiano, vamos começar a mapear tais pessoas.” explicou a professora.

Inicialmente, serão 10 dias para inscrições, até o dia 07 de outubro. Porém, se ainda sobrar recursos para além destes 10 dias, um novo período de inscrição será aberto. Até o momento, mais de 500 agentes, dentre artistas e empresas de cultura, já se cadastraram.

Flavia Cruvinel aponta que a manutenção e constante atualização do mapa, feita pela Secult Goiás será fundamental para se manter um panorama geral sobre a cultura local. “A rede de cultura das Instituições Públicas de Ensino Superior de Goiás (formada pela UFG, UEG, UFCat, UFJ, IFG e IFGoiano) está aberta para prestar auxílio com pesquisadores e análises para apontar os caminhos a serem seguidos.

 mapagoiano.jpg

 

 mapagoiano02.jpg

Fonte: Secom/UFG

Categorias: NOTÍCIAS Proec