Weby shortcut
Reino Unido
 Licenciatura Intercultural_2018__capa2.png

Professores indígenas recebem diploma em cerimônia intercultural

Por Caroline Pires. Criada em 14/09/18 09:51. Atualizada em 14/09/18 11:17.

Colação de grau tem protocolo diferenciado, com juramento e músicas que contemplam os diferentes povos

Catorze integrantes de diferentes povos indígenas receberam seus diplomas do curso de Educação Intercultural, nas habilitações Ciências da Natureza, Ciências da Cultura e Ciências da Linguagem, pela Universidade Federal de Goiás (UFG). A cerimônia de colação de grau foi realizada ontem, 13/9, realizada no Núcleo de Formação Superior Indígena Takinahaky, no Câmpus Samambaia. 

A formatura dos professores indígenas segue um protocolo especial. Um representante de cada povo presente faz o juramento em sua língua. As músicas utilizadas no evento são indígenas e o mestre de cerimônias recebe o auxílio de uma intérprete para a chamada dos formandos, o que garante a correta pronúncia dos nomes. Por fim, é feita uma apresentação cultural envolvendo todos os novos licenciados. A cerimônia diferenciada segue a lógica do próprio curso de Educação Intercultural, voltado para a relação entre as diferentes culturas e interação entre várias áreas do saber.

Oferecido pela UFG desde 2007, o curso já formou 162 professores indígenas. São dois anos de formação básica e três de formação específica, a partir de um currículo fundamentado em uma política de valorização cultural e na articulação entre teoria e prática. Os professores indígenas são habilitados para o ensino monolíngue ou bilíngue e também são capazes de assessorar suas comunidades e lidar com os conhecimentos de forma plural.

A carga horária do curso é dividida em estudos presenciais, ensino a distância, pesquisa e seminário de pesquisa, estágio supervisionado e prática. A parte mais específica dos temas contextuais geralmente acontece nas próprias terras indígenas com o propósito de possibilitar o diálogo com os especialistas e com os projetos desses povos. O objetivo é a transformação das escolas indígenas, historicamente destinadas à “civilização” dos índios, em lugar para o exercício indígenada autonomia.

 

Licenciatura Intercultural_2018__.png

 

 Licenciatura Intercultural_2018__04.png

 

Licenciatura Intercultural_2018__05.png

 

 Licenciatura Intercultural_2018__06.png

 

Fonte: Secom/UFG

Categorias: Institucional