Weby shortcut
Reino Unido
Robótica

Etapa estadual da olimpíada de robótica premia vencedores

Criada em 04/09/17 11:49. Atualizada em 05/09/17 08:59.

Das 68 equipes que competiram, 24 foram premiadas, e três selecionadas para a etapa nacional

Ao longo de todo o dia de sábado (2/9), em clima de confraternização e cooperação coletiva, estudantes do ensino fundamental, médio e técnico participaram da etapa prática da seletiva estadual da Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR), realizada na UFG. Das 68 equipes que competiram, 24 foram premiadas, e três selecionadas para a etapa nacional. O evento estadual compõe o projeto de extensão do Instituto de Informática da Universidade.

A etapa prática simulou o resgate de vítimas em uma área de risco. Foi exigida das equipes a criação de robôs capazes de saírem bem sucedidos nos três níveis de dificuldade do percurso até às vítimas. O estudante Magno Levi Souza, 14 anos, fez parte da equipe que venceu o nível disputado pelo ensino fundamental. Para ele, foi inspirador participar da construção do robô vencedor e colher os resultados durante a olimpíada. “Demoramos um mês e meio para finalizar o projeto. Eu fiquei eufórico e ansioso em todas as etapas. O resultado de todo o nosso trabalho foi colhido hoje”, comemorou.

Olimpíada de Robótica

Árbitros foram os acadêmicos da Escola de Engenharia e do Instituto de Informática

Olimpíada de Robótica

Trabalho em equipe, inovação e programação foram avaliados pelos árbitros

Já a equipe Cyber Gama, do Sesi Senai Celso Charuri de Aparecida de Goiânia, recebeu a premiação de equipe estreante da disputa entre os alunos do ensino médio e técnico. Segundo Gabriel Campos Rodrigues, 17 anos, apesar de o robô não ter conseguido resgatar as vítimas, a experiência foi de muito aprendizado. “Aqui aprendi como fazer uma tarefa difícil com uma programação fácil. Foi sensacional participar da competição”, disse.

A OBR é dividida em duas modalidades: teórica e prática. A estrutura contempla tanto alunos que não tiveram contato com a robótica, quanto aqueles que têm acesso a temática no conteúdo educacional das escolas. As modalidades compõem avaliações que incluem a resolução de provas teóricas elaboradas por uma comissão de professores até a construção de robôs para atender tarefas predeterminadas. Podem participar alunos do ensino fundamental das escolas públicas e privadas, a partir de 12 anos até o ensino médio e técnico.

Olimpíada de Robótica

Magno Levi, ao centro, com sua equipe vencedora do Nível 1

Olimpíada de Robótica

A equipe Cyber Gama recebeu premiação de Estreante do Nível 2

Projeto de extensão

A UFG sedia a seletiva estadual desde 2012. A responsável pela organização do evento, a professora do Instituto de Informática (INF) da UFG, Telma Woerle, destacou a oportunidade oferecida aos participantes da competição de, inclusive, conhecerem o espaço acadêmico, o ambiente universitário e o Núcleo de Robótica Pequi Mecânico. “A universidade oferece a imparcialidade na competição e permite aos alunos conhecerem o espaço acadêmico. Muitos estudando na UFG”, observou.

Olimpíada de Robótica

Olimpíada de Robótica

Segundo a avaliação do professor do INF, Anderson Soares, o projeto de extensão vinculado à OBR é uma oportunidade de integração com o ensino básico. “Entendemos que a atividade contribui para a formação dos alunos antes de entrarem na universidade. Por outro lado, também captamos talentos que acabam ingressando a UFG”, afirmou.

Considerada o maior evento de robótica da América Latina, a OBR é realizada desde 2006 e recebe o apoio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). A etapa nacional da modalidade prática ocorrerá em Curitiba do dia 7 a 11 de novembro. Goiás terá dois representantes no nível do ensino fundamental e um do ensino médio e técnico.

Confira todas as fotos no link.

Veja a seguir a lista dos premiados:

Nível 1 - Ensino fundamental

Classificados para a etapa nacional: Sesi Canaã R1 - Escola Sesi Canaã de Goiânia / Techknights  - Colégio Princípios de Goiânia 

1º lugar: Sesi Canaã R1

2º lugar: Sesi Canaã R5

3º lugar: Sesi Canaã R2

Estreante: CSC Best Friends - Colégio Santa Clara de Caldas Novas

Robustez: Tech team - Centro educacional Omni de Goiânia

Design de robô: Crescer Robots 2 - Fundação Crescer de Anápolis

Inovação: Ipêtronic Colégio Lassale de Goiânia

Dedicação: CSC Kings - Colégio Santa Clara de Caldas Novas

Programação: Lego da Justiça Planalto - Sesi Planalto de Goiânia

Maker: Apolo 15 - Colégio Olimpo


Nível 2 - Ensino médio

Classificado para a etapa nacional: Sesi Canaã Robots - Escola Sesi Canaã de Goiânia

1º lugar: Canaã Robots

2º lugar: Cyber Eletrons

3º lugar: Roborstorm 1

Melhor equipe de escola pública: Trash Team - Instituto Federal de Senador Canedo

Melhor equipe privada: Robotech - Escola Senai de Catalão

Robustez: Robostorm 2 - Sesi senai de Aparecida de Goiânia

Maker: Yotta - Instituto Federal de Goiânia

Design: Titan Bolts - Sesi Senai de Aparecida de Goiânia

Inovação: PidGeot - Colégio Visão

Dedicação: Eletrolegos - Escola Senai de Catalão

Programação: Eletro Girls - Escola Senais de Catalão

Estreante: Cyber Gama - Sesi Senai Celso Charuri de Aparecidade de Goiânia

Fonte: Ascom UFG

Categorias: Última Hora