Weby shortcut
Bandeira Reino Unido
Youtube da UFG
Instagram da UFG
Picasa da UFG
Radio universitária
TV UFG
SIASS

Inaugurado novo prédio do Siass, no Setor Universitário

Por Luiz Felipe Fernandes Neves. Criada em 31/10/17 11:19. Atualizada em 31/10/17 14:36.

Novas instalações permitem melhor atendimento na área de atenção à saúde do servidor da UFG

SIASS

Texto: Luiz Felipe Fernandes

Fotos: Carlos Siqueira

Foi inaugurado nesta terça-feira (31/10) o novo prédio do Subsistema Integrado de Atenção à Saúde do Servidor (Siass), no Setor Universitário, que passou por uma grande reforma para melhor atender às necessidades do órgão. O Siass coordena e integra ações e programas nas áreas de assistência à saúde, promoção, prevenção e acompanhamento da saúde dos servidores da Universidade Federal de Goiás (UFG).

Na cerimônia de inauguração, a gestora do Siass, Edinamar Aparecida Santos da Silva, afirmou que a conclusão da obra tem um significado simbólico, já que antes a denominada Junta Médica não possuía uma identidade própria. Com o novo espaço físico e com a atuação em consonância à Política de Atenção à Saúde do Servidor, a compreensão em relação ao órgão é outra. "Hoje podemos dizer que temos uma identidade própria", comemorou Edinamar.

SIASS

O diretor do Centro de Gestão do Espaço Físico (Cegef), Marco Antônio de Oliveira, agradeceu a compreensão dos servidores do Siass, que tiveram de lidar com a rotina de trabalho ao mesmo tempo em que a reforma era feita. O pró-reitor de Desenvolvimento Institucional e Recursos Humanos, Geci José Pereira da Silva, lembrou que o prédio foi um dos primeiros a serem visitados assim que a atual gestão assumiu a UFG, tendo sido observadas as deficiências e necessidades do local. A reforma, portanto, foi uma prioridade desde então. "O melhor patrimônio da Universidade são as pessoas, então temos que estruturar bem o Siass para cuidar bem do servidor", reiterou.

SIASS

Valorização do servidor
No mesmo sentido, o reitor da UFG, Orlando Amaral, afirmou que o novo prédio do Siass tem condições de atender tanto os servidores que nele trabalham quanto a comunidade universitária. "A grandeza dessa instituição é em função das pessoas que trabalham aqui e o nosso dever é cuidar, atender, ouvir e ser acessível a essas pessoas", ressaltou.

O reitor lembrou ainda de outras importantes obras da UFG na área da saúde, como a ampliação da Faculdade de Medicina, já inaugurada, e o prédio de internações do Hospital das Clínicas – a maior obra de toda a história da Universidade e que está prevista para ser concluída no fim de 2018. "Apesar das dificuldades, estamos colhendo os frutos do trabalho de servidores que não desistiram do projeto dessa Universidade, que não desistiram do sonho de crescer e avançar", concluiu.

Fonte : Ascom/UFG

Categorias : Última Hora

Listar Todas Voltar