Weby shortcut
Reino Unido
  • Ver todas
    Jornal UFG
  • Ver Todas
  • Divulgação Campanha de Incentivo à Leitura IME

    IME realiza campanha de incentivo à leitura

    15 Abr a 26 Abr

    O Instituto de Matemática e Estatística (IME) da UFG está realizando uma campanha de incentivo à leitura, pois entende que a universidade é um espaço que muito pode contribuir com a formação de leitores não apenas de textos acadêmicos, mas também de literatura. 

    Nessa campanha, serão doados livros literários diversos. Basta o estudante, professor ou técnico-administrativo escolher o livro de sua preferência. Depois de ler, é recomendado que a obra seja doada para outra pessoa, criando um ciclo virtuoso.

    A atividade ocorre entre os dias 15 e 26 de abril de 2019, das 08:00 às 19:00 horas, no Hall do Auditório do IME.

    Divulgação Campanha de Incentivo à Leitura IME
  • Biblioteca Central recebe exposição "Experiências Acadêmicas e Vivências Interculturais"

    Biblioteca Central recebe exposição "Experiências Acadêmicas e Vivências Interculturais"

    17 Abr a 17 Mai

    Em busca de cumprir o seu papel acadêmico e social de promoção cultural, o Sistema de Bibliotecas da UFG se coloca aberto para parcerias em projetos desenvolvidos em todas as Unidades Acadêmicas da Instituição. O Curso de Educação Intercultural Indígena, representado pelo Núcleo Takinahaky, em parceria com a Biblioteca Central, traz a mostra " Experiências Acadêmicas e Vivências Interculturais", dando início às comemorações da semana dos povos indígenas.

    A mostra faz parte de um projeto de extensão do Núcleo Takinahaky e conta com peças artesanais advindas das comunidades dos estudantes indígenas, do acervo pessoal de alguns professores e outras do acervo desenvolvido no Núcleo Takinahaky. A abertura será no dia 17 de abril, às 11 horas da manhã, no hall térreo da Biblioteca Central, e a exposição se estenderá até o dia 17 de maio. Na ocasião, algumas peças estarão disponíveis para comercialização, sendo que toda verba arrecadada com a venda será revertida aos alunos do curso de Educação Intercultural Indígena. 

    Biblioteca Central recebe exposição "Experiências Acadêmicas e Vivências Interculturais"

  • Espetáculo “Estou sem Silêncio”

    Quasar Cia de Dança se apresenta no Centro Cultural da UFG

    18 Abr

    Goiânia, 12 de março de 2019. A movimentação segue intensa e fisicamente forte. A temática se mantém na dimensão humana do mundo contemporâneo. O que muda é o jeito de fazer. E esse jeito novo de tocar a dança é sempre algo instigante, confessa o coreógrafo Henrique Rodovalho. A temática feminina, interpretada por 4 mulheres, segundo ele, nasce desse novo contexto da Companhia. “Estou Sem Silêncio” é o novo espetáculo da Quasar Cia de Dança, que tem estreia marcada para 18 de abril, quinta-feira, às 20h, em apresentação única, no Centro Cultural da UFG. O projeto não conta com recursos diretos, mas tem o apoio da Universidade Federal de Goiás, por meio do CCUFG, e do MVSIKA! Centro de Estudos. Os ingressos custam R$ 60 (inteira) e R$ 30 (meia-entrada). As vendas online terão início em 01 de abril.

    Espetáculo “Estou sem Silêncio”
    Foto: Marcus Camargo

     

    Ao completar 31 anos de trabalhos contínuos, estruturantes de uma história reconhecida mundialmente, que influenciou gerações de artistas e espectadores, a Quasar Cia de Dança se projeta em novos desafios e possibilidades, que nascem de um enredo que por si só já seria arte. A ausência de possibilidade de um elenco fixo e perene fez nascer um coletivo feminino desejoso de experimentar mais dos movimentos criados por Rodovalho. Reflexões sobre novas formas de se produzir gerou o impulso de Vera Bicalho, diretora-geral da Companhia, de alinhavar estes talentos em consonância com uma agenda previamente desenhada. A impossibilidade de uma sede própria fez reverdecer parcerias importantíssimas no álbum de histórias da Quasar. Como resultado, todos os envolvidos se preparam para uma obra vigorosa e encantadora.

    O espetáculo - O hiperlink de um céu de boca

    Não, não será um Déjà Vu, tampouco uma releitura atualizada de uma cena de um dos espetáculos da mesma Companhia. De fato, tudo começará a partir daquele ponto em que quatro mulheres se alinharam em cena, no ano de 2009, sob luz difusa e esverdeada de um dos refletores do espetáculo Céu na Boca e ao som de Ray Conniff se transformaram em estereótipos do que seriam comportamentos femininos. A partir daí cria-se um parênteses.

    Segundo Henrique Rodovalho, a ideia é abrir uma fresta no espaço-tempo, descerrando uma janela que permite espiar um pouco mais aquele instante, desta vez ampliando as diversas camadas que compõem uma cena aparentemente cômica e banal.

    A partir dessa configuração, de 4 mulheres em cena e das 4 bailarinas que se propuseram a este projeto, me ocorreu a possibilidade de fazer um espetáculo de fato sobre mulheres. Principalmente por causa desse momento que está acontecendo no Brasil e em todo o mundo, em que as questões de gênero, de empoderamento feminino, do combate à violência contra a mulher estão cada vez mais em evidência. Não desejo fazer um espetáculo panfletário, mas quero sim colocar em cena essa força, essa luta, esse enredo que envolve toda a sociedade, mas quero fazer isso de uma maneira diferente.” Confirma Rodovalho.

    Mudanças na forma da dança?

    Henrique Rodovalho e Vera Bicalho se reuniram ainda jovens, no ano de 1988, com o propósito de criar um grupo de dança que pudesse transpor para cena os anseios de uma geração de artistas goianos que assistiam transformações caudalosas nas formas de se fazer teatro, dança, artes visuais, música, cinema, literatura em todo o mundo. O novo corpo de bailarinos-criadores, multifacetado, heterogeneamente dinâmico, causou estranheza, mas também gerou lastro para que coisas inéditas viessem à tona. Pouco mais de uma década depois de sua fundação, a Quasar se tornou reconhecida por uma linguagem única, impregnada de sentidos, representativos de um lugar, de um tempo, de afetos e substâncias muito humanas.

    De acordo com seus criadores, a Quasar segue sendo a Quasar. Henrique cria a dança e Vera cria as oportunidades para que ela aconteça. O par continua em cena, estimulado, como estava há 31 anos, pela necessidade de produzir arte. E a linguagem, nesse processo de arrumação, de rearranjo, se expande. Henrique comenta que o contexto o instiga. O faz querer descobrir novas formas, para que seja entregue ao público uma obra com ainda mais qualidade que antes. Vera Bicalho faz coro com Henrique, buscando os caminhos que permitam essa continuidade, mas com a garantia de que seja posto em cena todos os atributos que fizeram da Quasar esse corpo celeste capaz de fulgurar nos mais conturbados universos. Assim, elenco, equipe de produção, equipe técnica, criadores, se tornam uma só massa em ebulição, girando a toda velocidade, com o único propósito de emitir ainda mais energia.

    Ficha técnica:

    Elenco: Gabriela Leite, Marcella Landeiro, Thais Kuwae e Valeska Gonçalves

    Elenco de apoio: Loretta Pelosi.

    Coreografia e desenho de luz: Henrique Rodovalho

    Produção: Vera Bicalho e Giselle Carvalho

    Operador de luz: Sérgio Galvão

  • Evento ICB

    Mesa redonda discute impacto das mudanças ambientais

    22 Abr

    A Liga Acadêmica de Ecologia e Evolução promove, no dia 22/4, uma mesa redonda sobre as evidências das mudanças climáticas e o impacto causado pelas mudanças ambientais na biodiversidade.

    O evento será realizado às 12h, no auditório do Instituto de Ciências Biológicas (ICB 1), no Câmpus Samambaia. As debatedoras serão as professoras Luísa Carvalheiro (ICB/UFG) e Gislaine Cristina Luiz (Iesa/UFG).

    As inscrições devem ser feitas no perfil da Laeev no Instagram (@laeev_ufg).

    Evento ICB

  • 2° Encontro da Liga Acadêmica de Genética - Onde está a Genética?

    2° Encontro da Liga Acadêmica de Genética

    24 Abr a 26 Abr
    Estão abertas as inscrições para o 2° Encontro da Liga Acadêmica de Genética! O evento ocorrerá entre os dias  24, 25 e 26 de Abril e contará com palestras, mesas redondas, exposição de trabalhos e minicursos que abrangem a área da genética. As inscrições podem ser feitas pelo site. 
    *Os 10 primeiros inscritos que utilizarem o cupom NATAL5 vão ter 5 reais de desconto em sua inscrição
    *este evento servirá como pré-requisito para participar do processo seletivo de novos integrantes da liga. (ver edital)
  • Bruno Rejan Quarteto

    Música na Escola de Música apresenta “Bruno Rejan Quarteto”

    24 Abr

    Texto: Fabrícia Vilarinho (EMAC/UFG)

    O projeto “Música na Escola de Música” apresenta “Bruno Rejan Quarteto” nesta quarta, dia 24 de abril, às 9h50, no Teatro da EMAC. A entrada é gratuita. Em 2017, o contrabaixista, arranjador e compositor goiano Bruno Rejan lançou seu primeiro álbum, intitulado 'Bruno Rejan', com composições autorais e dois arranjos para as músicas 'Di Menor' de Guinga e 'O Farol que nos Guia' de Hermeto Pascoal. O contrabaixista tem apresentado este álbum em importantes espaços e festivais artísticos como Fundinho Jazz Festival (MG), FICA (Festival Internacional de Cinema Ambiental) e Goyaz Festival. Sua música pode ser chamada de Jazz Brasileiro, Brazilian Jazz, mas não se prende a estar dentro de um segmento específico.

    Bruno Rejan cursou Educação Musical pela Universidade Federal de Goiás e obteve título de Mestre em Música (com foco no contrabaixo acústico) pela mesma instituição sob orientação da professora Dra. Sonia Ray. Estudou também com grandes nomes da música no Brasil como o multi-instrumentista Arismar do Espírito Santo, o contrabaixista Arthur Maia, o pianista Cláudio Daulsberg, o educador e pianista Ian Guest, o contrabaixista Thiago do Espírito Santo e o guitarrista Sandro Haick, através de oficinas e workshops. Atualmente desenvolve parcerias com os grupos ‘Face Musical Quarteto ‘(formado por Márcio Marinho, Larissa Umaytá e Victor Angeleas - grandes músicos da cena do choro de Brasília) e com a ‘Banda Pequi’, onde assume a cadeira de contrabaixista e colabora com alguns arranjos também.

    Bruno Rejan Quarteto
    Foto: Rafaella Pessoa

     

    Agenda:

    Local: Teatro Belkiss S. Carneiro de Mendonça – prédio da EMAC/UFG, Campus Samambaia.

    Data: 24 de abril de 2019, quarta-feira.

    Horário: 9h50

    Entrada gratuita.

     

  • WhatsApp Image 2019-04-05 at 10.58.25.jpeg

    Juntos contra o Melanoma

    30 Abr a 01 Mai

    Você já imaginou que os profissionais de beleza, além de dar aquele “up” em nosso visual também podem salvar vidas? Isso mesmo! Eles são aliados importantes na detecção precoce do câncer melanoma, o tumor de pele mais letal, que causa mais de 1500 mortes por ano no Brasil segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA).

    Embora o melanoma não seja o tipo de câncer de pele mais comum, é o mais perigoso pela sua capacidade de rapidamente se espalhar para outros órgãos. Pode surgir em qualquer parte do corpo, inclusive no couro cabeludo, unhas, palmas das mãos e plantas dos pés. A boa notícia é que em geral o tumor está visível na pele e tem mais de 90% de chance de cura quando diagnosticado no início. Qualquer pessoa pode auxiliar na detecção precoce e identificar um sinal suspeito da doença, se estiver conscientizada a respeito. E ninguém melhor para contribuir com isso do que os profissionais de estética, que diariamente observam a pele de seus clientes e podem sugerir avaliação médica quando encontrarem um sinal suspeito.

    Para disseminar esse conhecimento e contribuir com a detecção precoce e, consequentemente, a maior chance de cura, o Grupo Brasileiro de Melanoma (GBM), grupo multidisciplinar voltado ao estudo e acompanhamento da neoplasia, criou o Juntos Contra o Melanoma, programa que treina gratuitamente profissionais que podem desempenhar papel importantíssimo na detecção precoce, como cabeleireiros, podólogos e tatuadores.

    Lançado em agosto em 2017, o programa desde então realiza periodicamente, na capital paulista, workshops gratuitos voltados a esses três nichos profissionais, tendo inclusive participado de eventos importantes, como a Beauty Fair, maior evento de beleza profissional da América Latina. As aulas são ministradas por médicos dermatologistas do GBM e trazem informações gerais sobre a doença, seus sinais, sintomas e dicas de como os profissionais podem sugerir adequadamente uma avaliação médica ao identificar uma pinta ou mancha suspeita, sem assustar os clientes.

    No ano passado, pela primeira vez, o Juntos contra o Melanoma saiu da capital paulista e promoveu um evento em Salvador. E agora será a vez de Goiânia. Em abril e maio a cidade receberá workshops customizados para podólogos e tatuadores. Os eventos são gratuitos e exclusivos para esses profissionais, e realizados com o apoio da Sociedade Brasileira de Dermatologia – Regional Goiás, da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica (SBCD), que realizará no mesmo período o 31º Congresso Brasileiro de Cirurgia Dermatológica, e da Universidade Federal de Goiânia (UFG).

    Aos poucos, estamos estabelecendo uma nova referência nas campanhas de conscientização, para além das ações concentradas em proteção solar, já realizadas com frequência”, afirma o dermatologista Elimar Gomes, idealizador e coordenador do Juntos contra o Melanoma. “Pouco se educa a população sobre o câncer melanoma. Uma pesquisa do Datafolha mostrou que 78% dos brasileiros desconhecem a doença. Com o programa, demos um passo adiante na conscientização. Começamos em São Paulo e agora queremos disseminar o conhecimento pelo país. Estamos muito felizes em conscientizar os profissionais de Goiânia!”, comemora o médico.

    Eventos em Goiânia

    Os eventos em Goiânia serão divididos em duas datas e locais. No dia 30 de abril, a partir das 18h30, no Mercure Goiânia Hotel, ocorrerá o workshop Nunca esconda um melanoma com uma tatuagem. Exclusivo para tatuadores, trará orientações sobre como proceder com clientes que já tenham tido melanoma ou tenham risco elevado de desenvolver a doença. Inscrições no link http://bit.ly/wstatuadoresgoiania.

    No dia seguinte, 1º de maio, no Auditório do Instituto de Patologia Tropical e Saúde Pública da Universidade Federal de Goiás (IPTSP/UFG), será a vez do workshop Um alerta sobre o perigo do melanoma palmo-plantar e ungueal. Voltado para podólgos, mostrará que o câncer de pele mais perigoso pode se manifestar nas unhas e plantas dos pés. Como são locais de difícil observação, com frequência as lesões são despercebidas ou confundidas com traumas e machucados. Inscrições em http://bit.ly/wspodologosgoiania.

    Quem ministrará as aulas será o Dr. Elimar Gomes. Na oportunidade, o Dr. Flávio Cavarsan, cirurgião oncológico em Goiânia e presidente do GBM, fará abertura e mostrará dados sobre a incidência da doença. A coordenação local será da Dra. Ana Maria Quinteiro Ribeiro Professora Adjunta de Dermatologia IPTSP/UFG. Os eventos são gratuitos e podem participar todos os tatuadores e podólogos interessados, lembrando que os lugares são limitados e é necessário efeturar inscrição prévia pela internet.

     

    WhatsApp Image 2019-04-05 at 10.58.17.jpeg

     

    WhatsApp Image 2019-04-05 at 10.58.25.jpeg

     

  • Ver todos
  • Ciclo de estudos e reflexões

    Ciclo de encontros para desenvolvimento do ensino criativo, colaborativo e inovador

    04 Abr

    A Pró-reitoria de Graduação (Prograd), em parceria com a Diretoria de Acompanhamento e Desenvolvimento de Pessoas (DAD/Propessoas), informa que estão abertas as inscrições para o 1° Ciclo de Estudos e Reflexões para o Desenvolvimento do Ensino Criativo, Colaborativo e Inovador (DECCI 2019/01). 

    O Ciclo de Encontros é destinado a todos os servidores docentes, técnico-administrativos e membros da Comissão do DECCI. 

    As inscrições deverão ser feitas pelo SIGRH> Portal UFGNet> Menu Administrativo>Recursos Humanos SIGRH>Módulo Portal do Servidor>Menu Capacitação>Inscrições>Realizar Inscrição. 

     

    Confira no quadro abaixo o cronograma:

    • Ciclo de estudos e reflexões
  • Nova Unidade do CEI UFG

    Inscreva-se para o Prêmio TCC Empreendedorismo até o dia 17 de maio

    17 Mai

    O Centro de Empreendedorismo e Incubação da UFG Goiânia,  com o apoio das regionais Catalão e Jataí, abriu inscrições para a terceira edição do Prêmio TCC Empreendedorismo, que vai premiar os melhores trabalhos sobre as temáticas empreendedorismo, pequenas e micro empresas. Haverá premiação  dinheiro, sendo 1 mil reais para o primeiro colocado em monografia, plano de negócio e produto, na categoria Negócio. Na modalidade Social, a premiação também será de 1 mil reais para o primeiro colocado em monografia e produto. O total em prêmios será de 5 mil reais.                                                                               

    Inscrições                                                                                                                                               

    Os interessados podem se inscrever até o próximo dia 17 de maio pelo endereço eletrônico: https://bit.ly/2MWq3q4 ou acessar o link pelo portal: www.cei.ufg.br. Também é possível obter mais informações pelo telefone 62 3521-2047.  Para  participar, é necessário ser aluno de uma das regionais da UFG, em qualquer curso de graduação, e ter TCC aprovado em 2018 ou 2019, mas dentro do calendário do ano anterior. 

    Os critérios de avaliação serão adequação, relevância, originalidade e contribuição para a temática empreendedorismo.O resultado final será divulgado no dia 14 de junho e a entrega dos prêmios será no dia 25 do mesmo mês. Todas as datas e etapas constam no edital.                                         

    CEI                                                                                                           

    O Prêmio TCC Empreendedorismo visa valorizar e dar visibilidade à produção acadêmico-científica dos alunos com a temática empreendedorismo, e impulsionar o surgimento de ideias, projetos e negócios. É uma das atividades desenvolvidas pelo CEI,  a primeira incubadora do Centro-Oeste certificada como centro de referência em apoio a novos empreendimentos pelo Sebrae e pela Anprotec, Associação Nacional de Entidades de Apoio a Empreendimentos Inovadores.O CEI é coordenado pela Diretoria de Transferência e Inovação Tecnológica da Pró-Reitoria de Pesquisa e Inovação da UFG. 

  • TV UFG

    Vinheta institucional parte da campanha "Nosso encontro é na TV UFG".

    Rádio UFG

    Rádio UFG

    YOUTUBE UFG

    Sobre o portal UFGNet

    Serviços

    Sistemas UFG

    Portal UFGNet

    Sistema Eletrônico de Informações

    SEI - Sistema Eletrônico de Informações

    Minha UFG

    Ic app

    Ordem de Serviço de TI

    OS - Ordem de Serviço

    Hospital Veterinário

    Ic veterinary

    Centro de Línguas

    Ic cl

    Hospital das Clínicas

    Ic hc

    Sistema de Bibliotecas

    Sibi - Sistema de Bibliotecas

    Portal de Periódicos

    Portal de Periódicos

    E-mail UFG

    E-mail UFG

    Inscrições Abertas

    Editais

    Centro de Seleção

    Centro de Seleção

    A UFG

    A Universidade Federal de Goiás foi fundada em 1960 com a fusão de cinco faculdades já existentes. Com 156 cursos de graduação, mais de 6 mil vagas disponíveis por ano na graduação e mais de 28 mil alunos, está presente nas cidades de Goiânia, Aparecida de Goiânia, Catalão, Goiás e Jataí. Além da graduação, a UFG oferece 78 cursos de pós-graduação entre mestrados, doutorados e mestrados profissionais, com mais de 4.200 alunos.

    Reitoria UFG
    Localização
    Regional Goiânia
    Regional Jataí
    Regional Catalão
    Regional Goiás
    Clique para carregar o mapa

    Campus Samambaia

    Avenida Esperança s/n

    Campus Colemar Natal e Silva

    5ª Avenida - Setor Leste Universitário

    Campus Aparecida de Goiânia

    R. Mucuri, s/n - St. Conde dos Arcos, Aparecida de Goiânia - GO, 74968-755

    Clique para carregar o mapa

    Campus Jatobá - Cidade Universitária

    BR 364, km 195, nº 3800

    CEP 75801-615

    Campus Riachuelo

    Rua Riachuelo, CP 03

    CEP 75804-020

    Clique para carregar o mapa

    Campus I

    Av. Dr. Lamartine Pinto de Avelar, 1120

    Setor Universitário - CEP 75704-020

    Campus II

    Avenida Castelo Branco, s/n

    Setor Universitário - CEP 75704-020

    Clique para carregar o mapa

    Avenida Bom Pastor, S/n - Setor Areião, Goiás