Weby shortcut
Youtube da UFG
Instagram da UFG
Picasa da UFG
Radio universitária
TV UFG
  • Ver todas
  • cervejamos

    UFG recebe curso de produção de cerveja artesanal

    29 Abril às 09:00

    O Projeto de Extensão Cervejamos: Estudos sobre a produção, degustação e mercado de cerveja artesanal apresenta o I Curso de Produção de Cerveja Artesanal que será realizado no dia 29 de abril de 2017, das 9h às 17h, no Laboratório de Processamento de Vegetais, no Setor de Engenharia de Alimentos da Escola de Agronomia da Universidade Federal de Goiás (UFG).

    O curso, com duração aproximada de 8 horas, será ministrado pelo docente do curso de Engenharia de Alimentos e coordenador do projeto, Francielo Vendruscolo, que possui experiência na área de Ciência e Tecnologia de Bebidas, principalmente voltada à área cervejeira. O curso será inteiramente prático.

     cerveja artesanal

    Leia mais...

  • Sem clima

    Cine UFG exibe documentário "Sem Clima"

    03 Maio às 08:00

    O Cine UFG exibe, no dia 3 de maio, o documentário "Sem Clima". Após a exibição a professora da Faculdade de Informação e Comunicação da UFG, Luciene Dias, o professor do Instituto Estudos Socioambientais da UFG, Adriano Oliveira e um representante da Comissão Pastoral da Terra (nome a confirmar) debaterão o assunto.

    Sem clima


    Sinopse:
    De Olho Nos Ruralistas lançou seu primeiro documentário: “Sem Clima – uma República controlada pelo agronegócio”. Qual a relação entre a bancada ruralista e as mudanças climáticas? Ou, pensando no Acordo de Paris: com o Congresso que temos o Brasil será capaz de cumprir o acordo?

    Para tentar responder a essas perguntas o observatório entrevistou, durante sete meses, parlamentares e especialistas no tema. A equipe foi até Brasília conversar com os próprios ruralistas, mas acabou expulsa da sede da Frente Parlamentar da Agropecuária, uma mansão no Lago Sul. Por quê?

    Desde o impeachment de Dilma Rousseff, em 2016, os ruralistas - que já tinham grande espaço no governo - se fortalecem ao ponto de indicar representantes em diversos postos chave do Executivo. Do Ministério da Agricultura ao Ministério da Justiça, passando pela Casa Civil. O poder político do agronegócio se multiplica.

    Como eles têm agido no Congresso e no Executivo? Que leis estão aprovando, que projetos (relativos a desmatamento e terras indígenas, por exemplo) podem ameaçar os compromissos assumidos pelo Brasil? E o que pensam os parlamentares e lideranças críticos desse modelo ruralista?

    Leia mais...

  • Ver todos
  • Ver todos