Weby shortcut
  • Ver todas
    Jornal UFG
  • Ver Todas
  • Divulgação  Congresso FACE 10 anos

    Congresso FACE 10 Anos

    25 Jun a 27 Jun

    Ocorre entre os dias 25 e 27 de junho, o Congresso FACE, em alusão aos 10 Anos da Faculdade de Administração, Ciências Contábeis e Economia (FACE/UFG). O evento tratará de temas como Financiamento da Educação no Brasil, Intercâmbio Estudantil, Pesquisa, Segurança no Campus Samambaia, Crise Econômica, Reformas Tributária e Previdenciária, Ensino a Distância, Estágio, Saúde no Ambiente Acadêmico, Política de Egressos, e muitos outros. 

    O Congresso promoverá Palestras, Debates, Minicursos e outros momentos de discussão da realidade da Educação e da FACE, com foco na construção da memória da Unidade Acadêmica, sua experiência, seus desafios nessa primeira década de existência. Acesse o site para conferir a programação completa do Congresso FACE 10 anos: memória e Aprendizagem.

    Entre as atividades, haverá uma mesa cujo objetivo é discutir a questão da segurança na UFG. O debate será coordenado pelo Prof. Ricardo Barbosa de Lima, da Secretaria de Promoção da Segurança e Direitos Humanos (SDH/UFG). Como preparação para a discussão, os organizadores elaboraram um questionário que tem como objetivo traçar o perfil da comunidade acadêmica, suas experiências no que concerne a violência no Câmpus e buscar conjuntamente alternativas para superar tais problemas, de forma a permitir que a Universidade tenha segurança para realizar sua principal função: incentivar o conhecimento cientifico em nossa sociedade! Clique aqui para participar da pesquisa. 

    Divulgação  Congresso FACE 10 anos

  • XVI SEMINÁRIO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO DA FACULDADE DE EDUCAÇÃO DA UFG PESQUISA E EDUCAÇÃO NA UNIVERSIDADE PÚBLICA, GRATUITA E LAICA EM TEMPOS SOMBRIOS

    XVI Seminário do PPGE: Pesquisa e e educação na universidade pública, gratuita e laica em tempos sombrios

    25 Jun a 28 Jun

    O Programa de Pós-Graduação em Educação da Faculdade de Educação da Universidade Federal de Goiás (PPGE/FE/UFG), ao longo de sua história tem se constituído como um espaço de debate e de questões cruciais relativas à pesquisa em Educação, quanto à suas especificidades, aos desafios, aos avanços e limites. Em sua XVI edição, o Seminário de Pesquisa do PPGE/FE/UFG, centrado na construção, partilha, difusão e circulação dos saberes acadêmicos produzidos, propõe refletir sobre a tensão estabelecida entre a adaptação e a resistência face a um contexto social sombrio que impacta diretamente sobre a pesquisa e o campo da educação em uma universidade pública, gratuita e laica. Nos últimos anos o Brasil vem passando por um período de retrocesso para as perspectivas conservadoras, neoliberais, religiosas e, inclusive, levando à presidência um candidato de extrema direita. Todo este movimento tem apresentado riscos reais para a manutenção de uma universidade pública, gratuita, laica e com qualidade socialmente referenciada. Em um dos focos de seu tripé de sustentação, a pesquisa, tem havido várias medidas de redução de recursos, além de uma negação dos conhecimentos produzidos pela ciência. No campo da educação, estes ataques conservadores têm impactado sobre o livre pensar e a sustentação de pautas progressistas, o que gera por um lado, a necessidade de resistência e, por outro, o risco da adaptação ao novo contexto destes tempos sombrios para se garantir os princípios da pesquisa e da educação em uma universidade pública, gratuita e laica. Confira a programação completa no site do evento

    XVI SEMINÁRIO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO DA FACULDADE DE EDUCAÇÃO DA UFG PESQUISA E EDUCAÇÃO NA UNIVERSIDADE PÚBLICA, GRATUITA E LAICA EM TEMPOS SOMBRIOS

  • Café com Ciência - Novo

    Ganhador de prêmio de melhor tese de doutorado da SBF ministra palestra no IF

    26 Jun

    O ex-discente de doutorado do Instituto de Física (IF/UFG), ganhador do prêmio de melhor tese de doutorado da SBF na área de Física da Matéria Condensada, Dr. Vanuildo Carvalho (currículo Lattes), irá discutir Supercondutividade no Café com Ciência, em particular, a teoria de criticalidade quântica e estados de líquidos de spin.

    Palestra: Pontos Críticos Quânticos e Férmions de Majorana em Novos Materiais Supercondutores Não-Convencionais

    Palestrante: Prof. Dr. Vanuildo S. Carvalho

    Afiliação: IFGW-Unicamp/ University of Minnesota

    Resumo:

    A ideia por trás da teoria de criticalidade quântica postula que flutuações de um parâmetro de ordem na vizinhança de um ponto crítico a temperatura zero são suficientemente fortes para a descrição de sistemas fortemente correlacionados não apenas do regime de baixas temperaturas, mas também para o que é observado para altas temperaturas. Nesse contexto, os chamados supercondutores não-covencionais podem ser vistos como plataformas ideais para a comprovação dessa ideia, uma vez que o seu diagrama de fase inclui diversos tipos de ordem de longo alcance que desaparecem ao se variar no regime de baixíssimas temperaturas algum parâmetro do sistema como, por exemplo, dopagem, pressão ou campo magnético. Através da discussão de alguns resultados teóricos e experimentais, iremos mostrar como esses materiais se enquadram nessa teoria padrão da física de matéria condensada. Ao mesmo tempo, discutiremos também uma outra ideia para a descrição desses materiais, que está relacionada com os chamados estados de líquidos de spin. Em linhas gerais, tais estados representam sistemas interagentes completamente desordenados em que não há ocorrência do fenômeno de quebra espontânea de simetria, mesmo no regime de temperatura nula. Uma das propriedades mais interessante desses sistemas é que eles podem exibir fases eletrônicas topologicamente não-triviais com a emergência de excitações fracionalizadas conhecidas como férmions de Majorana. Nessa apresentação, iremos mostrar que os férmions de Majorana em um líquido de spin podem ser indiretamente detectados pela indução em grafeno de um tipo exótico de estado supercondutor cujo parâmetro de ordem torna-se uma função ímpar da variável temporal.

  • Duo Corvisire: Piano a quatro mãos

    Duo Corvisier: Piano a quatro mãos

    26 Jun
    O Duo Corvisier  é constituído pelos pianistas Fátima e Fernando Corvisier. O repertório é abrangente, incluindo desde os clássicos até a produção musical brasileira contemporânea. Durante o período de residência nos Estados Unidos (1992-2000), o Duo Corvisier se apresentou em inúmeros recitais. Destacam-se sua participação na série de concertos da Fundação Rosa Ponselle em Meriden, Connecticut, e em diversos concertos como integrante do Greenbriar Consortium - grupo camerístico formado pelos músicos da Orquestra Sinfônica de Houston, Texas.
    Duo Corvisire: Piano a quatro mãos
    Entre suas apresentações internacionais, destaca-se a palestra-recital realizada em 2007 no Primeiro Encontro de Investigação em Performance promovido pela Universidade de Aveiro, Portugal, oportunidade em que o Duo Corvisier apresentou em primeira audição naquele país as obras para piano a quatro mãos de Ronaldo Miranda; apresentação em recital na Universidade de Houston no ano de 2011; apresentação em congressos internacionais, realizando palestras e recitais, nas universidades de Londres e de Viena (nesta última por ocasião do International Symposium on Performance Science), em 2013, na Universidade Internacional de Andaluzia, em Baeza, Espanha, em 2016, e mais recentemente, em maio de 2019, nas Universidades de Aveiro e Évora, em Portugal.

    Fernando Corvisier

    Aperfeiçoou-se no exterior na Ecole Normale de Musique Alfred Cortot em Paris, no New England Conservatory em Boston, na Hartt School of Music e obteve o título de doutor pela Universidade de Houston. Vencedor do IV Prêmio Eldorado de Música, gravou com o pianista João Carlos Martins a transcrição de Almeida Prado para dois pianos das Quatro Estações de Vivaldi. Gravou para o selo Eldorado obras de Brahms e Ginastera. Recentemente, gravou a integral dos Noturnos para Piano do compositor Almeida Prado. Participou de diversos festivais de música no Brasil e exterior como docente e recitalista. Desde 2002, é docente de piano do Departamento de Música da FFCLRP-USP.

    Fátima Monteiro Corvisier

    Doutora em Música pela Universidade de São Paulo, graduou- se com Medalha de Ouro na Escola de Música da UFRJ. Como recitalista já se apresentou em diversas salas de concertos no Brasil, Estados Unidos e Alemanha. Vencedora do II Concurso Dirk Bovendorp e terceiro lugar no III Prêmio Eldorado de Música, foi solista da OSESP, sob a regência de Eleazar de Carvalho, e das orquestras Sinfônica de Campinas, Ribeirão Preto e USP-Filarmônica. Desde 2004, é docente de piano do Departamento de Música da FFCLRP-USP. Confira o programa no site do evento: https://www.concertosemgoiania.com/cpcufg192606

  • Café com leitura 2019

    Café com Leitura 2019

    27 Jun a 28 Jun

    Café com leitura 2019

    O Café com Leitura 2019 tem como tema as leituras de mundo. Interessados em apresentar trabalhos podem submeter suas propostas entre os dias 05 e 31 de março. O evento ocorre nos dias 27 e 28 de junho, no campus Samambaia da Universidade Federal de Goiás. Para mais informações, acesse o site do Café com Leitura. Confira os eixos temáticos:

    EIXO TEMÁTICO 1: ESPAÇO E LEITURA

    A leitura como processo de aprendizado e transformação para a construção da cidadania. Os diferentes espaços de produção da leitura. O sujeito e a leitura do mundo. A vida nas cidades e o processo de leitura. Desenvolvimento socioespacial e acesso à leitura. Projetos de leitura e intervenção. Os grupos e as diferentes formas de construção do saber escrito. O mundo rural e o mundo da leitura.

    EIXO TEMÁTICO 2: LETRAMENTO E COMPORTAMENTO INFORMACIONAL

    A leitura como componente essencial para o letramento informacional. A competência informacional enquanto processo de busca, uso, transformação e geração de novos conhecimentos. Uso competente de informação em diferentes instâncias da sociedade.

    EIXO TEMÁTICO 3: LEITURA(S) FRAGMENTADAS E PRECONCEITOS EM LEITURA

     Leituras fragmentadas e preconceitos relativos aos novos modos de ler na sociedade atual. Sociedades "ágrafas". Leitores compulsivos. Projetos de acesso à leitura para grupos marginalizados. Espaços virtuais como novas formas de construção de identidades e novos modos de leitura. As redes sociais como espaços de compartilhamento e difusão da informação. Leituras, sujeitos e redes. O papel da mídia e a ideologia.

    EIXO TEMÁTICO 4: LEITURAS DE MUNDO PELO VIÉS LITERÁRIO

    A literatura como fonte de compreensão do mundo. A geografia e a literatura na construção de identidades sociais. A leitura do mundo por meio da simbiose arte e realidade. A poesia, a crônica, o romance, a novela e as diferentes leituras na formação dos sentidos.

    EIXO TEMÁTICO 5 – HISTÓRIA DAS PRÁTICAS DE LEITURA E DOS REGISTROS DO CONHECIMENTO

    História das instituições de leitura: bibliotecas, livrarias, academias de letras etc. História da imprensa. História das práticas de leitura nas diferentes instâncias (família, escola, universidade).

    EIXO TEMÁTICO 6 – INTERFACES DA LEITURA

    Pesquisas, experiências sobre as diversas interfaces das práticas de leitura.

    EIXO TEMÁTICO 7 – LEITURA: IMAGEM E IMAGINÁRIO

    Leitura de imagem, mídia e imaginário. Possibilidades e metodologias de leituras de imagens. Diferentes tipos de imagens e suas diversas leituras: fotografia, vídeo, cinema e imagem digital. Relações entre imagem e imaginário: imagens mentais, representações mentais, símbolos e mitos.

    EIXO TEMÁTICO 8 – BIBLIOTECAS ESCOLARES

    A biblioteca escolar como instrumento de ensino-aprendizagem. Biblioteca e bibliotecário na formação de leitores. Professores e bibliotecários na implementação do letramento informacional na escola. Biblioteca na formação dos professores. Parceria bibliotecário e professor.

     

  • Colóquio Machado de Assis_Divulgação

    Colóquio Machado de Assis - 180 anos: Abordagens históricas da literatura

    27 Jun a 28 Jun
    No próximo dia 21 de junho, completam-se 180 anos do nascimento de Machado de Assis. Para comemorar a data, reuniremos na  Faculdade de História da UFG, seis palestrantes, que discutirão com o público diferentes facetas da obra do maior escritor brasileiro. Propondo abordagens históricas da literatura machadiana, o "Colóquio Machado de Assis - 180 anos" pretende trazer novos olhares tanto sobre a obra do Bruxo do Cosme Velho, quanto sobre as relações entre história e literatura.
     
    As três mesas-redondas ocorrerão no Auditório Lauro Vasconcelos, localizado no prédio de Humanidades I - FH da Universidade Federal de Goiás, câmpus Samambaia. Haverá emissão de certificado para os participantes que comprovarem 75% de presença. Acesse o site da Faculdade de História para mais informações. 
    Programação

    27/06 14:00 Mesa 1:
    Hélio de Seixas Guimarães (USP): "Tradução, crítica e recepção de Dom Casmurro: o caso de Helen Caldwell"
    João Alberto da Costa Pinto (UFG): "Machado de Assis lido pelos comunistas brasileiros (1920-1960)"

    28/06 09:30 Mesa 2:
    Jaison Crestani (IFPR): "O jornal O Cruzeiro e a reinvenção de Machado de Assis"
    Raquel Campos (UFG): "O problema do nome próprio e a refundação do projeto literário machadiano"

    28/06 14:00 Mesa 3:
    Lúcia Granja (UNESP): "Machado de Assis (editor?) e seus editores"
    Lainister Esteves (UFU): "A ficção dissimulada nos contos de terror de Machado de Assis"

    Colóquio Machado de Assis_Divulgação

  • Bovine Corneal Opacity and Permeability Test

    Treinamento: Bovine Corneal Opacity and Permeability Test

    28 Jun a 29 Jun

    O Laboratório de Ensino e Pesquisa em Toxicologia In Vitro, da Faculdade de Farmácia da UFG, vai realizar, nos dias 28 e 29 de junho de 2019, um treinamento prático sobre a técnica Bovine Corneal Opacity and Permeability Test (OECD no. 437).

    Está técnica é destinada à avaliação do potencial de irritação ocular de produtos (cosméticos, medicamentos, agrotóxicos etc) e  está contemplada na Norma Regulatória n. 18 do Conselho Nacional de Controle de Experimentação Animal (CONCEA), que entrará em substituição obrigatória do método original em setembro de 2019.

    Aproveite a oportunidade para se atualizar!

    Para mais informações, envie e-mail para: toxicologiaufg@gmail.com

    Bovine Corneal Opacity and Permeability Test

  • Ver todos
  • CONVITE PARA EXPOSIÇÃO ÁGUA (1)_capa.jpg

    Exposição "Até a última gota: a falsa abundância da água"

    06 Jun

     CONVITE PARA EXPOSIÇÃO ÁGUA.jpg

    Confira horários de visita.

    Até a última gota: a falsa abundância da água

    Autores
    Ana Lívia – Torres Trigêmeas
    Amanda Luíza – Claridade
    Bárbara Ferreira – Partículas Suspensas
    Cecília Fernandes – Gambiarra; Regador
    Divanilde Carvalho – Cultivo de hortaliças em estufa
    Eduardo Borges – Bonitas, mas virtualmente caras
    Gisele Siqueira – Córrego Tamanduá; Canalização do Córrego Tamanduá
    Guilherme de Andrade – Quando a água vem; Magnólia d’água
    Heloisa Sousa – Natureza resiste
    Ildeu Iussef – A seca no Cerrado
    Isabela Cintra – Fruta nossa de cada dia; Vazamento de cano
    Izabela Tavares – Aguar
    Jarliane Guajajara – Água e agricultura familiar
    Jéssica Stheffany – Carne Bovina; Lavagem de moto com água corrente
    Jéssica Valério - A cada lavagem
    Júlia Alves – Nosso Lar
    Júlia Barbosa – Reflexo
    Júlia Sarmento - 40 mil litros = 1 cabeça de gado
    Lara Rodrigues - Água e frutas
    Larissa Souza – O mau uso da água
    Laura Magro – Queda

    Leôncio Silva – Negócio d’água
    Ligia Saba – Plástico contamina água
    Maria Eugênia - Pedalinhos; Limpeza
    Mariana Rodrigues - Estufa agrícola
    Marina Veiga – Válvula
    Nathalia Alves - Riqueza
    Pedro Peralta – Aguadeira
    Priscila de Fátima – Uso excessivo de agrotóxicos nas plantações
    Rafaela de Lima – Anatídeos
    Thayná Guimarães - Galinhas no bebedouro

    Curadores
    Lisbeth Oliveira
    Rodolfo Barbosa da Silva

    Os resíduos que complementam a exposição foram recolhidos inteiramente do Pátio das Humanidades,
    incluindo o Redário e o espaço de convivência.

     

     

  • EXPOSIÇÃO "NOTAS VISUAIS"

    Galeria da FAV recebe exposição "Notas Visuais"

    19 Jun
    Notas visuais é uma série de trabalhos que flertam com o campo da arte em um tom jocoso, por vezes ácido, compreendida por desenhos e uma escultura. Esta exposição foi pensada para o Edital da Galeria da FAV/UFG e é composta por: trinta desenhos feitos a partir das três exposições que antecederam a esta, igualmente contempladas pelo edital. Desenhos de repertorio resultantes da prática cotidiana do artista, realizados entre 2018 e 2019, tratando dos mais diversos temas. Uma escultura-instalação denominada Construção, composta por uma cachopa de vespas abandonada em franco processo de deterioração, aplicada em uma pequena tela de pintura e suportada por andaimes precários feitos de palitos de fósforo usados. A simplicidade das linhas e a precariedade do objeto furtam do espectador qualquer certeza do comprometimento com os temas abordados ou, talvez, escondam significâncias mais profundas. Assim como este pequeno texto de apresentação, pretende-se sério ao mesmo tempo que não passa de galhofas.
    Augusto Benetti tem seu trabalho focado no desenho e seus desdobramentos com vídeos, objetos e instalações. Seu processo de trabalho inclui extensas séries de desenhos em cadernos, tendo como eixo norteador a própria multiplicidade de referências (artísticas, visuais, narrativas) e comentários sobre o contexto cultural acerca do artista. Este aspecto de crônica expressa a singularidade do autor enfatizando uma dimensão narrativa e irônica das imagens e textos. A exposição “NOTAS VISUAIS” foi selecionada pelo edital do Programa de Exposições da Galeria da FAV 2017-2018.

    Flyer Notas Visuais
    Informações:
    Abertura: 19 de junho, quarta-feira, às 11h.
    Visitação: de 19 de junho à 18 de Julho 2019.
    Segunda a quinta das 08h as 12h / 13h as 17h.
    Sexta 13h as 17h.
  • Divulgação  Congresso FACE 10 anos

    Congresso FACE 10 Anos

    25 Jun

    Ocorre entre os dias 25 e 27 de junho, o Congresso FACE, em alusão aos 10 Anos da Faculdade de Administração, Ciências Contábeis e Economia (FACE/UFG). O evento tratará de temas como Financiamento da Educação no Brasil, Intercâmbio Estudantil, Pesquisa, Segurança no Campus Samambaia, Crise Econômica, Reformas Tributária e Previdenciária, Ensino a Distância, Estágio, Saúde no Ambiente Acadêmico, Política de Egressos, e muitos outros. 

    O Congresso promoverá Palestras, Debates, Minicursos e outros momentos de discussão da realidade da Educação e da FACE, com foco na construção da memória da Unidade Acadêmica, sua experiência, seus desafios nessa primeira década de existência. Acesse o site para conferir a programação completa do Congresso FACE 10 anos: memória e Aprendizagem.

    Entre as atividades, haverá uma mesa cujo objetivo é discutir a questão da segurança na UFG. O debate será coordenado pelo Prof. Ricardo Barbosa de Lima, da Secretaria de Promoção da Segurança e Direitos Humanos (SDH/UFG). Como preparação para a discussão, os organizadores elaboraram um questionário que tem como objetivo traçar o perfil da comunidade acadêmica, suas experiências no que concerne a violência no Câmpus e buscar conjuntamente alternativas para superar tais problemas, de forma a permitir que a Universidade tenha segurança para realizar sua principal função: incentivar o conhecimento cientifico em nossa sociedade! Clique aqui para participar da pesquisa. 

    Divulgação  Congresso FACE 10 anos

  • titulo_hackathon_1.png

    Participe do 1º Hackathon - Inovação para a UFG

    28 Jun

    Participe do 1º Hackathon - Inovações para UFG, que é uma maratona de programação multidisciplinar, colaborativa e inovadora em que equipes competem entre si, desenvolvendo soluções que atendam às necessidade da UFG.

    Convidamos estudantes de graduação e pós-graduação da UFG com os perfis de programadores, designers e líderes de diferentes áreas do conhecimento a se unirem em um fim de semana para desenvolverem soluções inovadoras para o ensino e gestão em educação na UFG. Ao final, as melhores soluções ganharão prêmios de até R$ 5.000,00. Qualquer aluno pode se inscrever, desde que tenha habilidades que se encaixem nos perfis acima.

    As inscrições são gratuitas e deverão ser realizadas individualmente e exclusivamente por meio do formulário eletrônico disponibilizado aqui, até o dia 10 de junho.

    No ato da inscrição você deverá: preencher todos os campos do formulário; anexar link de um vídeo de até um minuto justificando por que deve ser selecionando; anexar o comprovante de matrícula atualizado e um mini currículo.  

    Antes de inscrever-se leia o regulamento.

    Confira também o espelho do formulário de inscrição em arquivo editável para facilitar a sua inscrição. 


    Documentos, Modelos e Anexos:

  • TV UFG

    O coordenador do UFG Sustentável, Emiliano Godoi, fala sobre as iniciativas de sustentabilidade da universidade.

    Rádio UFG

    Rádio UFG

    YOUTUBE UFG

    Pesquisa da Andifes revela aumento da diversidade e da inclusão nas universidades públicas brasileiras

    Serviços

    Sistemas UFG

    Portal UFGNet

    Sistema Eletrônico de Informações

    SEI - Sistema Eletrônico de Informações

    Minha UFG

    Ic app

    Ordem de Serviço de TI

    OS - Ordem de Serviço

    Hospital Veterinário

    Ic veterinary

    Centro de Línguas

    Ic cl

    Hospital das Clínicas

    Ic hc

    Sistema de Bibliotecas

    Sibi - Sistema de Bibliotecas

    Portal de Periódicos

    Portal de Periódicos

    E-mail UFG

    E-mail UFG

    Inscrições Abertas

    Editais

    Centro de Seleção

    Centro de Seleção

    A UFG

    A Universidade Federal de Goiás foi fundada em 1960 com a fusão de cinco faculdades já existentes. Com 156 cursos de graduação, mais de 6 mil vagas disponíveis por ano na graduação e mais de 28 mil alunos, está presente nas cidades de Goiânia, Aparecida de Goiânia, Catalão, Goiás e Jataí. Além da graduação, a UFG oferece 78 cursos de pós-graduação entre mestrados, doutorados e mestrados profissionais, com mais de 4.200 alunos.

    Reitoria UFG
    Localização
    Regional Goiânia
    Regional Jataí
    Regional Catalão
    Regional Goiás
    Clique para carregar o mapa

    Campus Samambaia

    Avenida Esperança s/n

    Campus Colemar Natal e Silva

    5ª Avenida - Setor Leste Universitário

    Campus Aparecida de Goiânia

    R. Mucuri, s/n - St. Conde dos Arcos, Aparecida de Goiânia - GO, 74968-755

    Clique para carregar o mapa

    Campus Jatobá - Cidade Universitária

    BR 364, km 195, nº 3800

    CEP 75801-615

    Campus Riachuelo

    Rua Riachuelo, CP 03

    CEP 75804-020

    Clique para carregar o mapa

    Campus I

    Av. Dr. Lamartine Pinto de Avelar, 1120

    Setor Universitário - CEP 75704-020

    Campus II

    Avenida Castelo Branco, s/n

    Setor Universitário - CEP 75704-020

    Clique para carregar o mapa

    Avenida Bom Pastor, S/n - Setor Areião, Goiás