Filme Fica capa

Alunos da UFG vencem principal mostra competitiva do Fica 2017

Sur 26/06/17 17:43. Mise à jour 27/06/17 10:27.

Com temas sobre desocupação do bairro do Real Conquista e Césio 137, diretores Benedito Ferreira e Fabiana Assis conquistaram prêmios no festival

Rumo aos seus 20 anos, o Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental (Fica) 2017 exibiu na última semana mais de 100 filmes de 40 nacionalidades. Mestrandos em Arte e Cultura Visual pela Faculdade de Artes Visuais da Universidade Federal de Goiás (FAV/UFG), Fabiana Assis e Benedito Ferreira, este último também professor da Escola de Música e Artes Cênicas (Emac), foram os dois cineastas goianos premiados na Mostra Competitiva Oficial do Fica, que levou para as telas do Cineteatro São Joaquim produções de todo o mundo que falavam sobre meio ambiente.

Com o filme Algo do que Fica, Benedito Ferreira, com 28 anos, leva a discussão sobre o Césio 137 no ano em que se completam três décadas do acidente radiológico em Goiânia. Algo do que Fica levou o prêmio de Melhor Filme Goiano, na Mostra Competitiva. "Numa cidade que tem pouco mais de 80 anos, sendo 30 marcados pelo acidente, é uma discussão que precisa ser falada, discutida", disse o diretor durante a cerimônia. O filme ainda levou os troféus de Melhor Filme de Ficção, Melhor Fotografia para o diretor de fotografia Larry Sullivan, e Melhor Ator para Odon Bonfim, na Mostra ABD Cine Goiás.

Já Fabiana Assis, com o documentário Real Conquista, levou o prêmio de Segundo Melhor Filme Goiano na Mostra Competitiva e apresenta a história da desocupação do bairro Real Conquista por meio de um olhar afirmativo feminino. O filme também ganhou o troféu de Melhor Documentário na Mostra ABD.

Filme Algo do que Fica

Filme Real Conquista

Cenas dos filmes Algo do que Fica e Real Conquista, vencedores de Mostras Competitivas no Fica

Source: Ascom/UFG

Catégories: Última hora