Waléria Corcino

Primeira estudante surda do PPGLL defende mestrado

Em 02/08/22 12:26. Atualizada em 02/08/22 12:29.

Além da agora mestra Waléria Corcino, o programa conta com 7 pós-graduandos surdos

O Programa de Pós-Graduação em Letras e Linguística (PPGLL), da Faculdade de Letras (FL) da Universidade Federal de Goiás (UFG) celebrou na quinta-feira (28/7) a defesa de dissertação da primeira estudante surda do programa. A defesa do mestrado da estudante Waléria Corcino, intitulada Crenças de Professores Surdos sobre o Processo Ensino-Aprendizagem de Português Escrito para Surdos, foi realizada por videoconferência.

A banca foi composta pelos professores da FL, Juliana Guimarães Faria (orientadora), Layane Rodrigues de Lima (coorientadora), Leosmar Aparecido da Silva (membro interno ao PPGLL/FL/UFG) e Ana Regina e Souza Campello (membro externa do Programa de Pós-Graduação em Educação Bilíngue do Instituto Nacional de Educação de Surdo/RJ).

Em 2019, o Programa de Pós-Graduação em Letras e Linguística (PPGLL) lançou o Edital 03/2019, para o ano acadêmico que iniciou em 2020. Tendo como referência a Portaria Normativa nº 13 do Ministério da Educação de 11 de maio de 2016 e estendendo os princípios da Resolução Consuni nº 29/2008, que criou o Programa UFG Inclui, foi reservada uma vaga na área de Estudos Linguísticos destinada a candidato(a)s surdo(a)s e a estudante Waléria Corcino foi aprovada.

Desde então, a cada ano, o Programa de Pós-Graduação em Letras e Linguística da FL/UFG, tem recebido cada vez mais candidatos surdos em seu processo seletivo, tanto para nível de mestrado quanto para doutorado. Em 2022 já somam o total de 7 surdos no PPGLL.

Fonte: PPGLL/FL/UFG

Categorias: Notícias FL Orgulho de ser UFG