RU aumenta refeições capa

RU's e RE corrigem preço de refeições para comunidade em geral

Em 01/06/22 19:16. Atualizada em 02/06/22 16:45.

Valores continuam os mesmos para estudantes de graduação 

almoço RU sem alunos

A Pró-reitoria de Assuntos Estudantis informa que os valores das refeições oferecidas nos Restaurantes Universitários (RU) e no Restaurante Executivo (RE) da Universidade Federal de Goiás (RU/UFG) em Goiânia serão corrigidos, a partir de 3 de junho de 2022, com base no Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). O reajuste anual já estava previsto desde abril de 2021, mês em que a Vogue - Alimentação e Nutrição LTDA venceu a licitação para gerenciar os restaurantes. Até abril desse ano, o IPCA ficou em 11,2% e o índice já deveria incidir desde o dia 7 desse mês. No entanto, a correção dos valores só passa a valer a partir da próxima sexta-feira e afeta apenas as refeições servidas a comunidade em geral.

Para os alunos de graduação, os valores de R$4,00 para almoço e jantar e de R$2,50 para café-da-manhã permanecem iguais. A pró-reitora de Assuntos Estudantis, Maísa Miralva da Silva, explica que apenas as pessoas que se enquadram na categoria "comunidade em geral" (docentes, técnico-administrativos e comunidade externa) vão pagar o valor de R$12,24 no almoço ou jantar e R$6,81 no café da manhã. O preço atual é de R$11,00 pelo almoço e jantar e R$6,12 pelo café-da-manhã. O preço do quilo no Restaurante Executivo passa de R$45,34 para R$50,46. "Para os estudantes de graduação, não muda nada. O que vai aumentar é o valor que a UFG vai pagar. Para garantir a alimentação dos estudantes que têm isenção e subsídio, serão utilizados mais recursos do Programa Nacional de Assistência Estudantil (Pnaes). O valor da refeição muda apenas para a comunidade em geral, que não tem subsídio nem isenção", pontuou.

Em relação aos estudantes de pós-graduação, a isenção está garantida para aqueles beneficiados pelo Edital 88/2022. Demais estudantes de pós-graduação interessados em ter o subsídio devem preencher o formulário disponível no Sigaa até 9 de junho. Após o resultado desse cadastramento, será definida a nova política de atendimento a esse público. Para mais informações, acesse a página da Prae.

Fonte: Secom

Categorias: Notícias PRAE