Máscara IPE Lab 3

Uso de máscaras na UFG é recomendado

In 18/04/22 16:40 . Aggiornato alle 27/04/22 13:43 .

Apresentação do comprovante de vacinação permanece obrigatória

A Reitoria da Universidade Federal de Goiás (UFG) decidiu acatar as recomendações do Grupo de Trabalho em Saúde (GT Saúde) e do Comitê Operativo de Emergência (COE) que emitiram uma nota técnica com orientações sobre o uso de máscaras nas dependências da universidade. A reitora Angelita Pereira de Lima afirma que a instituição vai adotar as medidas recomendadas, mas destaca que é a máscara ainda deve ser considerada como equipamento de proteção. “A pandemia ainda não acabou, mas nós estamos nos preparando para um momento novo. É necessário e importante considerar a possibilidade de usar máscara. Quando o GT e o COE recomendam o uso facultativo de máscaras nos ambientes da UFG, essa recomendação está baseada nos dados epidemiológicos, na melhora do cenário e, também, no reforço de outras medidas de biossegurança”.

O documento sugere o uso facultativo e recomendado de máscaras de proteção facial em ambientes abertos ou fechados, e indica o uso do acessório principalmente para os seguintes grupos:

  • Pessoas com síndrome gripal, ou que tiveram contato com sintomáticos para Covid-19;

  • Pessoas pertencentes aos grupos de risco;

  • Pessoas não vacinadas ou com vacinação incompleta;

  • Locais que possuem maior risco de transmissão, como espaços com aglomerações.

O GT Saúde e o COE orientam ainda que a comunidade acadêmica priorize a ventilação natural nos ambientes e flexibilize o distanciamento físico entre pessoas, não sendo necessária a manutenção do distanciamento de 1 metro. O documento revoga a Nota Técnica 02/2022 de 02 de março de 2022.

As recomendações levam em consideração a revogação da obrigatoriedade do uso de máscaras pelas Prefeituras de Goiânia, Aparecida de Goiânia, Cidade de Goiás e Firminópolis, a redução significativa na procura pelo serviço de triagem, testagem e monitoramento de COVID-19 e do índice de servidores que testam positivo; além da obrigatoriedade da apresentação do comprovante de vacinação pela comunidade da UFG, estabelecida pela Portaria Normativa 659, de 25 de fevereiro de 2022.

Para o vice-reitor da UFG, Jesiel Carvalho, apesar do cenário de recuo da pandemia de COVID-19, a máscara ainda deve ser considerada como um importante equipamento de proteção contra doenças respiratórias. “A máscara foi, sem dúvida, um elemento fundamental pra restringir a propagação da pandemia e pra proteger as pessoas. Agora, a melhoria da situação pandêmica sugere a possibilidade de flexibilização do uso da máscara. Ela deixa de ser obrigatória, mas é muito importante que tenhamos todos em mente a relevância de mantermos o aprendizado desses dois últimos anos e utilizarmos a máscara como instrumento de proteção contra a transmissão de doenças respiratórias. Então, apesar de não ser mais obrigatória pela legislação, é fortemente recomendável que mantenhamos, especialmente em ambientes fechados, o uso da máscara”.

O pró-reitor de graduação da UFG, Israel Elias Trindade, lembrou que todas as decisões que a universidade tomou no período de pandemia foram subsidiadas por estudos técnicos. “Durante a pandemia, a UFG, essa instituição que é o berço da ciência, sempre tomou suas decisões com bastante cautela, ouvindo as recomendações de biossegurança, emanadas dos profissionais que compõe o nosso GT de saúde. Essa postura cuidadosa nos trouxe a convicção de estarmos avançando na luta contra o vírus, mas de forma gradativa, com sensatez e maturidade”, afirmou.

Medida tem efeito imediato

As aulas do segundo semestre letivo de 2021 para os cursos de graduação foram encerradas no dia 14 de abril, mas muitas disciplinas de pós-graduação estão com atividades em curso atualmente. Além disso, muitos servidores técnico-administrativos, docentes e pesquisadores estão frequentando ativamente os campus da UFG. Por isso, o pró-reitor de pós-graduação da UFG, Felipe Terra Martins, alerta sobre a importância de que todos continuem adotando medidas de proteção. “A Pró-reitoria de Pós-Graduação (PRPG), se dirige à comunidade da pós-graduação e recomenda a utilização de máscaras no âmbito da UFG, embora possa ser facultado o uso de tais protetores faciais, em consonância com a Nota Técnica do GT Saúde”.

Colações de Grau

Considerando as novas determinações, a Secretaria de Comunicação da UFG informa informa que, nas colações de grau e demais eventos promovidos pela UFG, o uso de máscara será recomendado e facultativo. Com a flexibilização do distanciamento físico entre indivíduos, não será necessária a limitação da quantidade de convidados dos formandos nas colações de grau. Essas medidas podem ser revistas e modificadas a qualquer momento de acordo com o cenário epidemiológico da COVID-19.

Confira a Nota Técnica Completa.

Fonte: Secom UFG

Categorie: Notícias Covid- 19