Weby shortcut
Reino Unido
Marcos Andre capa.jpg

Projeto capacita Sistema Prisional de Goiás diante da Covid-19

Criada em 25/03/20 23:29. Atualizada em 26/03/20 08:36.

Prof. Marcos André de Matos, da Faculdade de Enfermagem da UFG, desenvolve há vários anos ações de prevenção e promoção da saúde

Texto: Caroline Pires
Fotos: Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP)
Dando continuidade ao trabalho realizado junto ao Sistema Prisonal do Estado de Goiás, o professor Marcos André de Matos, da Faculdade de Enfermagem da UFG, realizou na última segunda-feira, 24/3, a primeira de várias ações com o objetivo de orientar e capacitar os agentes de segurança prisional no combate à pandemia da Covid-19. Durante os próximos meses serão realizados ciclos de capacitação abordando temas como o uso de Equipamentos de Proteção Individual, limpeza e desinfecção de superfícies, uso correto de máscaras, higienização correta das mãos, entre outros temas. 
Segundo o professor, essas ações são de suma importância dentro e fora do sistema prisional com o objetivo de retardar a propagação do vírus. "Sabemos que este ambiente é propício para a disseminação viral e, se caso ocorrer a transmissão, podemos inferir em inúmeros infectados com graves consequências, pois uma parcela significativa dos privados de liberdade fazem parte do grupo de risco para Covid-19", explica o professor.   
Marcos André, que integra o Comitê Estadual de Enfrentamento de Crise a Covid-19 no Sistema Penitenciário, reforça que a presença da Universidade Federal de Goiás nas mais diversas frentes de atuação durante a pandemia. Ele lembra ainda que este momento reforça a importância da extensão universitária e a maneira como ela se articula com à pesquisa e o ensino. "Essas atividades demonstram o impacto da UFG, uma vez que retorna o investimento da sociedade até mesmo para um público esquecido e estigmatizado, como a população privada de liberdade", concluiu.
  
Atuação junto ao Sistema Prisional
Há mais de três anos o professor Marcos André e sua equipe atua em um projeto de pesquisa para a avaliação da vulnerabilidade social e em saúde dos indivíduos privados de liberdade e trabalhadores do Sistema Prisional do estado de Goiás. Além disso, ele desenvolve um projeto de extensão com o objetivo de realizar ações de educação em saúde e prevenção de doenças entre este público. 
Em mais este projeto, realizado junto à Gerência de Saúde da Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP), o professor espera contribuir para as medidas protetivas de isolamento social que já estão sendo adotadas, em atendimento às orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS). 
Marcos Andre 01.jpg
Professor Marcos André de Matos (Fen) orienta Agentes de Segurança Prisional
Marcos Andre 02.jpg
Entre as ações, houve demonstração do uso correto de máscaras

 

Fonte: Secom/UFG

Categorias: Notícias Coronavírus