Weby shortcut
Posse EECA

Nova direção toma posse na EECA

Criada em 17/05/19 17:38. Atualizada em 17/05/19 17:43.

Professores Karla Emmanuela Horta e Maurício Martines Sales assumem a unidade pelos próximos quatro anos

Texto: Luiz Felipe Fernandes

Fotos: Pedro Gabriel

Terceira mulher a assumir a direção da Escola de Engenharia Civil e Ambiental da Universidade Federal de Goiás (EECA/UFG), a professora Karla Emmanuela Hora foi empossada nesta sexta-feira (17/5), tendo como vice o professor Maurício Martines Sales. Em uma cerimônia marcada por discursos em defesa da universidade pública, os novos diretores assumiram o compromisso de dar continuidade ao trabalho desenvolvido nos últimos quatro anos pelos professores Frederico Martins da Silva e Paulo Sérgio Scalize.

"As desigualdades de gênero ainda dificultam a permanência das mulheres em muitos espaços. Por isso, estar aqui hoje tem um simbolismo muito grande", disse a nova diretora, lamentando os atos de misoginia, machismo e lgbtfobia que ainda são comuns no país. Karla lembrou também de sua própria trajetória, como estudante de baixa renda, tendo que trabalhar para pagar o curso de Arquitetura em uma universidade particular.

Ao falar sobre a importância das instituições públicas de ensino superior, a professora mencionou a Assembleia Universitária realizada pela UFG no último dia 13/5 e das manifestações que tomaram as ruas dois dias depois. "Não há futuro certo, com desenvolvimento e justiça social, sem ciência e tecnologia. O país não pode prescindir das nossas universidades", defendeu. Karla falou ainda da importância da inclusão de grupos historicamente excluídos dos processos educacionais.

Posse EECA

Professora Karla Emmanuela recebe o termo de posse das mãos do reitor da UFG

Os números da EECA comprovam o discurso. A unidade tem hoje 800 alunos, dois programas de pós-graduação strictu sensu (dois mestrados e um doutorado) e cinco especializações. O quadro de servidores, em quase sua totalidade, é de professores doutores, além de técnicos administrativos comprometidos com o trabalho. A EECA também se destaca pela elaboração de documentos técnicos de grande relevância, como o Plano Estadual de Resíduos Sólidos, que demonstram a importância da unidade acadêmica para o desenvolvimento regional.

O compromisso para os próximos quatro anos foi reforçado pelo novo vice-diretor da EECA, que ressaltou a evolução da unidade desde que entrou como estudante, em 1981. "É gratificante ver profissionais já formados dizerem que têm orgulho de ser UFG, orgulho de ser Escola de Engenharia, e tenho certeza de que esse orgulho será passado adiante", afirmou Maurício Martines Sales.

Posse EECA

Professor Maurício Sales é o novo vice-diretor da Escola de Engenharia Civil e Ambiental

Apoio e comprometimento

Emocionado e bastante aplaudido, o professor Frederico Martins da Silva falou da "jornada democrática que chancela a administração da Universidade e de suas unidades acadêmicas". Para ele, o período na gestão foi de amadurecimento e entendimento acerca da instituição. "A história que esta escola carrega demanda muito de quem ocupa esse cargo. Desejo que não lhe falte ânimo, resiliência, perseverança, comprometimento e apoio", desejou aos colegas.

Os votos de uma boa gestão também foram dados pelo ex-vice-diretor da EECA. Paulo Sérgio Scalize observou que o auditório cheio sinalizava o apoio da comunidade acadêmica à gestão da unidade. "Tenho certeza de que as ações terão continuidade, serão melhoradas e aperfeiçoadas".

Posse EECA

Professor Frederico Martins esteve à frente da direção da EECA nos últimos quatro anos

Agradecimento

Para o reitor e a vice-reitoria da UFG, o momento é de agradecimento pela participação e pelo comprometimento da comunidade acadêmica com a Universidade. Edward Madureira Brasil se referiu à Assembleia Universitária do dia 13/5 como um dia histórico na luta em defesa das instituições públicas de ensino superior. "Foi a materialização do desejo de mudança e da valorização das universidades federais. Nesses tempos obscuros, isso nos dá a certeza de que esta instituição continua e que vamos sair mais fortalecidos", considerou.

O reitor destacou que professores da EECA compõem cargos na administração superior da UFG, o que demonstra a competência de seus profissionais. "Estamos de acordo em relação ao nosso papel, à relevância desta instituição. Neste momento, mais do que nunca, precisamos estar juntos. Cada um precisa estar consciente do seu papel. Estamos juntos na luta e venceremos, sem dúvida nenhuma, porque aqui tem gente motivada, competente e apaixonada pela Universidade".

A professora Sandramara Matias Chaves reforçou a necessidade de união. "Precisamos superar nossas diferenças e nos unir em prol deste patrimônio que é a Universidade Federal de Goiás. É um momento em que precisamos mostrar, para além da comunidade interna, o que a Universidade faz, as ações que ela desenvolve e os profissionais que forma", afirmou a vice-reitora.

Posse EECA

Reitor Edward Madureira e vice-reitora Sandramara Matias participaram da solenidade

Fonte: Secom/UFG

Categorias: notícias