Weby shortcut
Reino Unido
Evento CAI capa

Evento da CAI apresenta projeto de internacionalização da UFG

Criada em 10/05/18 11:49. Atualizada em 11/05/18 10:19.

InfoDay of internacionalization reúne palestrantes e as vivências de estudantes que fizeram intercâmbio

Texto: Caroline Brandão

Fotos: Adriano Justiniano

Começou nesta quinta-feira (10/5), no anfiteatro do Instituto de Física da Universidade Federal de Goiás (IF/UFG), o InfoDay of Internacionalization, evento organizado pela Coordenadoria de Assuntos Internacionais (CAI), para divulgar seus projetos e compartilhar experiências de pessoas que estudaram fora do Brasil pela Universidade. Entre as atividades apresentadas na programação, há mesas-redondas, palestras e apresentações culturais com a presença de pró-reitores, professores e discentes.

A ação é desenvolvida pela CAI, no âmbito do Projeto PONCHO: Internationalization of Latin American peripheral Universities through sustainable integration and inclusive implementation of International Relations Offices, financido pela Comissão Europeia.

O InfoDay iniciou-se com a apresentação musical de docentes da Escola de Música e Artes Cênicas (Emac/UFG), os professores Helvis Costa e Anderson Rocha, seguido pela palestra do pró-reitor de Pós-Graduação da UFG, professor Laerte Ferreira, sobre o o Projeto Institucional de Internacionalização UFG (PrInt), financiado pela Capes. A ideia, segundo Laerte, é "construir na universidade um ambiente mais internacional".

Evento CAI

Pró-reitor de Pós-Graduação da UFG, Laerte Ferreira falou sobre o projeto institucional de internacionalização

Entre as ações expostas pelo pró-reitor, algumas são estimular a internacionalização passiva (enviar discentes para fora do país) e ativa (receber com boa estrutura discentes estrangeiros), além de implantar disciplinas regulares em língua estrangeira no programa de doutorado para aumentar o nível de proficiência na universidade. Os destinos priorizados para a UFG são os países emergentes do Brics (Rússia, Índia, China e África do Sul), da América do Norte e do Sul. Ao longo do dia, diversos estudantes também vão contar o que viveram em outros países e tirar dúvidas sobre o intercâmbio.

Fonte: Secom UFG

Categorias: Última Hora