Weby shortcut
Bandeira Reino Unido
Youtube da UFG
Instagram da UFG
Picasa da UFG
Radio universitária
TV UFG
Reitor China

Reitor da UFG participa de missão de reitores brasileiros à China

Por Luiz Felipe Fernandes Neves. Criada em 02/05/17 14:21.

Participação do reitor Orlando Amaral na missão se insere no âmbito da negociação para a instalação do Instituto Confucius (IC) na UFG

O reitor da Universidade Federal de Goiás (UFG), Orlando Amaral, participa, entre os dias 2 e 13 de maio, da Missão dos Educadores Brasil-China 2017. A missão de reitores brasileiros à China é organizada pelo Instituto Confucius da PUC-Rio, com apoio do Grupo Coimbra de Universidades Brasileiras (GCUB), tendo como instituição anfitriã a Hebei University.

A delegação brasileira é chefiada pelo reitor da Universidade Federal do Piauí (UFPI), José Arimatéia Dantas Lopes, presidente do GCUB. Também participam da missão representantes da UnB, Uneb, UFPel, UFRR, UFV, UPM, PUC-RS, Ufsc, Unifap e Furg.

A participação do reitor Orlando Amaral na missão se insere no âmbito da negociação para a instalação do Instituto Confucius (IC) na UFG, após convite da diretora chinesa do IC da PUC-Rio, Qiao Jianzhen. O convite se baseia em parceria já existente entre o governo de Goiás e a província de Hebei, na China. Segundo a diretora, a criação de um IC em Goiás implicaria não apenas no ensino do idioma e cultura chinesas, mas também no desenvolvimento de ações de cooperação nas áreas de medicina tradicional chinesa e de agricultura.

Programação
A missão à China prevê visita às seguintes instituições acadêmicas: Hebei Agricultural University; Hebei Finance University; North China Electric Power University; Hebei Normal University; Hebei University of Chinese Medicine; Hebei GEO University; Hebei Medical University; Shijiazhuang Railway University e Beijing Normal University.

Está também incluída visita ao Hanban (sede do Instituto Confucio), à Secretaria de Educação de Hebei, ao China Scholarship Council, à Embaixada do Brasil na China e a alguns pontos culturais como Xibaipo, cidade onde os líderes do Partido Comunista Chinês e o Exército de Liberação Popular da China estabeleceram sua sede de 1948 a 1949.

Reitor China

Delegação de reitores brasileiros chegou à China nesta terça-feira (2/5) e ficará no país até o dia 13 de maio

Parcerias
Na UFG, há pesquisadores que já desenvolvem projetos conjuntos com instituições na China, como os professores Sérgio Sibov (Instituto de Ciências Biológicas) e Carlo Patti (Relações Internacionais). O professor Sérgio Sibov tem parcerias com o Research Institute of Subtropical Forestry, Chinese Academy of Forestry (RISF-CAF) e China Bamboo Research Center (CBRC), ambos localizados no distrito de Fuyang, cidade de Hangzhou, província de Zhejiang, no âmbito do projeto "Transfer of technology in bamboo cultivation and utilization from China to Brazil".

O professor Carlo Patti colabora com um professor associado do Departamento de História da Universidade de Pequim, no âmbito de uma rede internacional de estudos sobre a Guerra Fria baseada na Itália, no Machiavelli Center for Cold War Studies e nos Estados Unidos, no Woodrow Wilson Center for International Scholars.

Fonte : Ascom/UFG

Categorias : última hora

Listar Todas Voltar