Weby shortcut
Bandeira Reino Unido
Youtube da UFG
Instagram da UFG
Picasa da UFG
Radio universitária
TV UFG
fotografias da Coleção Santander Brasil

UFG recebe exposição fotográfica sobre as cidades brasileiras

Por Patricia Veiga. Criada em 17/03/17 15:53. Atualizada em 20/03/17 07:46.

Goiânia poderá ser vista de cima na mostra O olhar vertical, de Tuca Reinés, que fica em cartaz no Centro Cultural UFG até 20 de abril

Texto: Patrícia da Veiga

Fotos: Ana Fortunato e Tuca Reinés para a Coleção Santander Brasil

A partir desta sexta-feira (17/3), o público poderá sobrevoar com os olhos diversas cidades brasileiras, conhecendo detalhes do traçado urbano e da ocupação territorial de cada lugar. Está aberta, na Galeria do Centro Cultural UFG (CCUFG), a exposição O olhar vertical: Tuca Reinés – fotografias da Coleção Santander Brasil, que reúne imagens aéreas de Goiânia (GO), Fortaleza (CE), Rio de Janeiro (RJ), São Paulo (SP), Brasília (DF), Vitória (ES), João Pessoa (PB), Belém (PA), Recife (PE), Manaus (AM), Cuiabá (MT), Curitiba (PR), Florianópolis (SC), entre outras.

Trata-se do resultado de um trabalho feito desde 2013 pelo fotógrafo e arquiteto Tuca Reinés, que percorreu 94.205 quilômetros em voos domésticos e de helicóptero, além de 10.635 quilômetros em vias terrestres, visitando um total de 54 cidades. Presente na abertura solene da exposição, realizada na última quinta-feira (16/3) no CCUFG, Tuca disse que tamanha empreitada não teve como objetivo fazer uma representação idealizada dos espaços. Pelo contrário, ele quis despertar a emoção existente na arquitetura e, ao mesmo tempo, gerar questões sobre como tem sido dada a ocupação territorial no Brasil. “Gostaria que os estudantes de Arquitetura comparecessem a essa exposição e saíssem daqui com suas questões. Afinal, como resolver os problemas das cidades?”, provocou.

Cada ponto de vista captado pelo fotógrafo produz uma narrativa. Curvas, retas e formas geométricas sugerem a fusão da natureza com a produção humana. Em algumas imagens, os prédios parecem se movimentar continuamente para cima, ainda que já tenham sido construídos. Em outras, é possível ter a dimensão de como as construções avançam sobre montanhas, rios e faixas de areia, produzindo efeitos estéticos nem sempre aprazíveis. Quando vias expressas, pontes e estradas aparecem, a impressão é que até mesmo o horizonte pode ser guiado.

João Pessoa

João Pessoa, capital da Paraíba, sob o olhar do fotógrafo e arquiteto Tuca Reinés

O processo criativo do fotógrafo lhe rendeu pesquisas prévias e a definição de um modo de trabalhar. “Tive de buscar um fio condutor para a produção das imagens, então optei por fotografar sempre com a mesma lente e nas mesmas posições”, explicou. Nessa jornada, ele se reencontrou com algumas localidades e se surpreendeu com outras. “Sempre ouvi falar muito de um banhado que existia em São José dos Campos. Quando voei por ali, percebi que no lugar havia um condomínio com 100% de ocupação. Me assustei: é São José isso aqui?”, exemplificou Tuca.

“Lançando seu olhar através de pontos de vista surpreendentes, Tuca Reinés revelou aspectos cruciais, fascinantes e urgentes das nossas cidades, muito distintos do conhecimento que emerge do rés do chão e que está limitado por ele”, avalia o curador Agnaldo Farias em texto que apresenta a mostra. A seleção das imagens foi feita a partir de uma série de 528 fotografias digitais que integram o acervo do Banco Santander. Na verdade, Tuca chegou a produzir 43.845 cliques que renderam à instituição financeira o maior acervo de fotografias aéreas do país.

 Tuca Reinés no CCUFG

Para o fotógrafo que assina a exposição, fotografias podem servir para futuros estudos sobre as cidades

Serviço

A exposição fica em cartaz até 20/4 e é gratuita. Neste período, o livro Tuca Reinés: O Olhar em Suspensão, que complementa a experiência da mostra, será comercializado nas Livrarias UFG. A publicação reúne 120 fotografias e traz texto de Agnaldo Farias, Rafael Urano, além de entrevista com o artista. O Centro Cultural UFG está localizado no Câmpus Colemar Natal e Silva, praça Universitária. Na Galeria, o horário de atendimento ao público é de 8h às 12h e de 14h às 18h. Já as Livrarias UFG estão na Faculdade de Educação, também no Setor Universitário, e no Câmpus Samambaia, em frente à Faculdade de Informação e Comunicação (FIC). 

 Galeria do CCUFG

Galeria do CCUFG pronta para receber visitantes que queiram perceber as cidades sob outros ângulos

Biografia

Tuca Reinés é paulistano e fotografa desde a década de 1970, quando ainda assinava José Antônio Reinés e fazia fotografias para cartões postais vendidos em bancas de revista da cidade de Campinas (SP). Formado em Arquitetura e Urbanismo, Reinés produziu editoriais para revistas como Casa Vogue, Wallpaper e Wired. Entre os livros que publicou estão Tomie Ohtake: obras públicas (2013), 10 anos do Hotel Emiliano (2011), Casas de São Paulo (2009), Living Bahia (2008), Great Escapes South America (2004), Athos Bulcão (2002) e A arquitetura de Cláudio Bernardes (1999).

 Goiânia

Goiânia também está na exposição O olhar vertical: Tuca Reinés – fotografias da Coleção Santander Brasil

Fonte : Ascom/UFG

Categorias : última hora CCUFG Fotografia Cidades

Listar Todas Voltar