Weby shortcut
Bandeira Reino Unido
Youtube da UFG
Instagram da UFG
Picasa da UFG
Radio universitária
TV UFG
 Centro de Excelência Catalão

Regional Catalão discute criação de centro de pesquisa mineral

Por Caroline Pires. Criada em 04/10/16 10:05. Atualizada em 04/10/16 11:08.

Visita de representantes do Governo Estadual e Federal com equipe gestora propôs doação e instalação de equipamentos

Texto e fotos: Fábio Gaio

A Regional Catalão da Universidade Federal de Goiás (UFG) recebeu nesta segunda-feira (3/10) a visita de representantes dos governos estadual e federal, além de membros da Reitoria da universidade que discutiram com a equipe gestora e com professores da Faculdade de Engenharias a possibilidade de doação e instalação de uma planta com equipamentos utilizados na atividade mineradora e que poderá ser usada pelo curso de Engenharia de Minas. Os equipamentos pertencem a antiga estatal Metais de Goiás (Metago), que está em processo de liquidação pelo governo estadual. A proposta é que todo o maquinário, que se encontra em boas condições de uso, seja transportado de Goiânia para Catalão e instalado possivelmente no Câmpus II da Regional em um galpão de cerca de mil metros quadrados, que deverá ser construído para essa finalidade. A previsão é que a planta já esteja em funcionamento no segundo semestre de 2017.

O reitor da UFG, Orlando Afonso Valle do Amaral, afirmou que a parceria com o estado para a doação dos equipamentos é bem-vinda e que o desejo da instituição é que tudo se concretize de forma rápida. Orlando Amaral aproveitou para elogiar a estrutura física da Regional, que foi incrementada recentemente com a construção e entrega do Prédio das Engenharias, que abriga diversos laboratórios.

O vice-reitor e ex-diretor da Regional Catalão, Manoel Rodrigues Chaves, lembrou o histórico de criação do curso de Engenharia de Minas, que passou a ser ofertado durante sua gestão e considerou que o fato de Catalão possuir uma grande província mineral, aliada a presença da universidade e de empresas mineradoras, poderá fazer com que a cidade, a partir da doação da planta, passe a contar com um centro de excelência em pesquisa mineral. "Não existe nenhuma outra universidade com uma planta nesses termos, desse porte", afirmou.

Para o secretário de geologia e mineração do Ministério de Minas e Energia, Vicente Lôbo, o fato do estado de Goiás possuir uma grande diversidade mineral e oferecer o único curso de Engenharia de Minas do estado na Regional Catalão, são fortes atrativos para a atividade mineradora. Vicente, que ficou impressionado com a estrutura da instituição, afirmou que o custo seria para o transporte dos equipamentos e para adaptação da planta e que, para isso, é importante a participação da iniciativa privada.

O secretário executivo do Fundo Mineral, órgão vinculado a Secretaria Estadual de Indústria e Comércio, Tasso Mendonça, afirmou que para o estado não há nenhum empecilho para doação da planta da extinta Metago para a Regional Catalão. Para ele a proposta de se criar um centro de mineração em Goiás é ambiciosa e factível e o encaminhamento prático da visita à Catalão é a viabilização da destinação dos equipamentos para a universidade. "Devemos editar uma portaria estadual com representantes do segmento que viabilizem essa questão e que de início ao processo o mais rápido possível", afirmou.

O diretor da Regional Catalão, Thiago Jabur Bittar, disse que a Regional é amplamente favorável e fará o esforço necessário para viabilização do projeto . Segundo Thiago em breve será agendada uma visita à Goiânia para conhecer de perto a realidade da planta e possivelmente iniciar as discussões para o custo e transporte dos equipamentos para Catalão.

 

Centro de Excelência Catalão 02

Professor Henrique Diniz e professor Marco Paulo Guimarães mostram os novos laboratórios no Prédio das Engenharias

 

Centro de Excelência Catalão 03

Comitiva conversa com alunos de graduação e do doutorado em Ciências dos Materias

Fonte : Ascom/UFG - Regional Catalão

Categorias : Última hora Regional Catalão

Listar Todas Voltar