Weby shortcut
Bandeira Reino Unido
Youtube da UFG
Instagram da UFG
Picasa da UFG
Radio universitária
TV UFG
Palestra lança nova temporada do UFG Empreende

Palestra lança nova temporada do UFG Empreende

Por Camila Godoy. Criada em 31/08/16 16:35. Atualizada em 01/09/16 16:11.

Para Margareth Ribeiro, consultora do Sebrae Goiás, atitude empreendedora definirá sobrevivência profissional 

Texto: Silvânia Lima

Fotos: Fernanda Arantes

Pensar sobre o empreendedorismo na graduação. Essa foi a proposta da palestra Empreendedorismo em dois tempos, realizada no início desta semana, e que marcou a abertura das inscrições de mais uma edição do UFG Empreende. Trata-se de um curso de capacitação em empreendedorismo para acadêmicos interessados em treinar o desenvolvimento de boas ideias de negócios. A proposta visa fomentar a cultura do empreendedorismo no meio acadêmico sob a coordenação do Centro de Empreendedorismo e Incubação (Proine) da UFG.

Nas quatro oportunidades em que foi realizada a palestra, que ocorreu tanto no câmpus Samambaia como no Colemar Natal e Silva, os auditórios ficaram lotados. A presença no evento foi pré-requisito para a inscrição no curso, que oferece 160 vagas para e estudantes e docentes de qualquer área do conhecimento. Ao todo, serão oito encontros, num total de 32 horas, no período 14 de setembro a 3 de novembro. O UFG Empreende é um projeto de extensão dos professores da Faculdade de Administração, Ciências Contábeis e Econômicas (Face).

Consultores do Sebrae Goiás se revezaram nas palestras sobre o empreendedorismo e sua importância nos diversos campos da vida, em especial o campo profissional. "Você se sente adequadamente preparado para enfrentar o mercado de trabalho?" A indagação abriu portas para o tema que se apresenta como um imperativo para o sucesso no mundo atual. No entanto, os palestrantes destacaram que é preciso compreender sua complexidade, que envolve posturas, como por exemplo, estar aberto às novidades e à promoção de mudanças, e até características pessoais, como ser solidário, além das habilidades formais de um profissional.

Segundo os conferencistas, o empreendedor se destaca por crescer contribuindo para o melhor em sua volta. Aliando necessidade e oportunidade, ele promove um conjunto de atitudes transformadoras de largo espectro, não somente para benefício próprio. Em suma, ser um empreendedor requer desprendimento, flexibilidade, atitude positiva, foco, elevada capacidade de implementar soluções, trabalho em equipe.

Palestra UFG Empreende

Plateia foi convidada a refletir sobre seu futuro profissional e o futuro das profissões

 

Margareth Ribeiro, consultora de Recursos Humanos e Educação do Sebrae Goiás, informou que o empreendedorismo requer o uso simultâneo dos dois lados no cérebro humano: o esquerdo, responsável pela razão, e o direito, pela emoção. E fez um comentário sobre a cultura dos brasileiros: “Não gostamos muito de planejar, agimos mais pela emoção do que pela razão, falta o equilíbrio”.

A consultora do Sebrae Goiás falou sobre as características básicas do empreendedorismo social, corporativo e empresarial, formas crescentes de atuação profissional. Em todos os casos, ressaltou o papel protagonista do empreendedor, que para ela, deve “jogar no time das soluções sem perder seus referenciais”. No campo empresarial, ressaltou a importância do preparo profissional. “Há cada vez menos lugar no mercado para o empresário amador”, disse.

A consultora finalizou ressaltando o ritmo acelerado das mudanças, que pontuam gerações com suas novas tecnologias e novas linguagens. Para ressalta, com isso, que prevê-se inclusive o fim de algumas profissões e o surgimento de outras. "Para enfrentar os muitos desafios é preciso estar disposto a se reinventar”, concluiu Margareth Ribeiro.

Mais informações sobre as inscrições e o regulamento do UFG Empreende podem ser encontradas pela Fan Page www.incubadora.ufg.br ou o e-mail ufgempreende@gmail.com.

Fonte : Ascom UFG

Categorias : última hora Empreendedorismo Proine

Listar Todas Voltar