Weby shortcut
Reino Unido
OBMEP regional medálhas capa

UFG sedia premiação regional da Olimpíada de Matemática

Criada em 06/08/16 10:44. Atualizada em 08/08/16 16:15.

Além de homenagear os vencedores, evento trouxe à tona a importância da ciência para os jovens

Texto: Natália Moura

Fotos: Carlos Siqueira

 

Na última sexta feira (5/8), ocorreu no auditório da Biblioteca Central da UFG a premiação regional da 11° Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP). Ao todo 19 milhões de estudantes de todo o Brasil participaram da Olimpíada. Em Goiás 650 mil alunos fizeram as provas no ano passado. O estudante Gilberto Gonçalves Gomes Filho, do Colégio Estadual Jalles Machado, ganhou a medalha de ouro esse ano e já está na sua terceira premiação da OBMEP. Ele conta que sempre teve uma relação boa com Matemática e as Olimpíadas só intensificaram isso. “A OBMEP não é aquela Olimpíada que premia e acaba ali, ela oferece cursos, extensão e oportunidades” afirma o estudante de 15 anos que pretende seguir na área.

Segundo o professor e coordenador regional da OBMEP, Max Valério Lemes, em Goiás todos os municípios tiveram ao menos uma escola participante do programa e 99% das escolas públicas goianas participaram. Ele destacou o esforço do corpo acadêmico da UFG empenhado em incentiva as escolas a se inscreverem, fato lembrado também pelo Pró-Reitor de Recursos Humanos, Geci José Pereira da Silva.

Além deles, a mesa de premiação foi composta pelo vice-reitor, Manoel Rodrigues Chaves, representando a reitoria da universidade, o diretor do Instituto de Matemática e Estatística da UFG (IME), Maurício Donizetti Pieterzack, s Pró-Reitora de Pesquisa e Inovação Maria Clorinda Fioravanti e a pró-reitoria adjunta da Pró-reitoria de Graduação, Gisele Gusmão. Todos os presentes ressaltaram a importância do estudo científico para os jovens.

Premiação regional  OBMEP 2016

Em 2016, o evento registrou a participação de 99% das escolas goianas  

 

Homenageados
A Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas tem entre seus participantes alunos do sexto ano do ensino fundamental ao ensino médio. Na premiação, 12 professores foram homenageados pelo seu trabalho nas escolas e receberam um diploma de reconhecimento e um tablet. Também foram premiados 13 colégios do interior e da capital de Goiás com kits de aprendizado para a escola. Ao todo foram homenageados 68 alunos goianos com 51 medalhas de bronze, 13 de prata e 4 de ouro.

Esse ano a cerimônia foi um pouco diferente, em vista que a premiação nacional ainda não ocorreu, por isso os alunos medalha de ouro receberam certificados. A premiação nacional na qual os alunos receberão suas medalhas ocorrerá em novembro. Em seus discursos os membros da mesa também ressaltaram que o legado dessas Olimpíadas de Matemática é o aprendizado adquirido, a disciplina e a relação com os estudos que em qualquer área do conhecimento sempre serão válidos. A Olimpíada é apenas o primeiro passo de uma trajetória acadêmica os resultados da OBMEP vão muito além da premiação, é uma oportunidade que a ciência dá e que pode transformar uma vida. 

Com caráter democrático a OBMEP visa, desde 2005, a inclusão, motivação e o incentivo de novos talentos para ciência afim do desenvolvimento de novas tecnologias e do conhecimento científico no Brasil. Mas, como lembrado pela Pró-Reitora de Pesquisa e Inovação, Maria Clorinda Fioravanti, não é só o Brasil que ganha com projetos como esse, os participantes são os mais contemplados.

Para o coordenador Max Valério Lemos, a grande herança da OBMEP é “a importância (da OBMEP) é revelar um aluno com talento em Matemática e incentivar sua evolução”. O professor também conta que a perspectiva é que o projeto cresça porque a Olimpíada de Matemática já é um programa consolidado, que vem dando retornos positivos.

Confira aqui mais fotos.

Fonte: Ascom UFG

Categorias: Olimpíada de Matemática Obmep Premiação Última Hora