Weby shortcut
Bandeira Reino Unido
Youtube da UFG
Instagram da UFG
Picasa da UFG
Radio universitária
TV UFG
Encontro entre UFG e EBC

TV UFG recebe apoio na migração para sinal digital

Por Serena Veloso Gomes. Criada em 06/08/15 15:32. Atualizada em 06/08/15 17:11.

Encontro com equipe da Empresa Brasileira de Comunicação sinalizou possibilidades de recursos para implantar sistema de transmissão

Texto: Serena Veloso
Fotos: Carlos Siqueira

Colaboração da Empresa Brasileira de Comunicação (EBC) com a TV UFG para o processo de migração da transmissão analógica para a digital foi discutida durante reunião nesta quarta-feira (6/8) no prédio da Reitoria, Câmpus Samambaia. O reitor da UFG, Orlando Amaral, representantes da EBC e da TV UFG também conversaram sobre a participação da televisão da Universidade no projeto de interatividade Brasil 4D.

Goiânia está entre as primeiras capitais que, até agosto de 2016, passarão a realizar as transmissões de televisão somente por sinal digital, com o desligamento do sinal analógico, previsto pelo Ministério das Comunicações. Em função disso, o superintendente executivo de relacionamento da EBC, André Barbosa Filho, presente na reunião, destacou os esforços da instituição e do Grupo de Implantação do Processo de Redistribuição e Digitalização de Canais de TV e RTV (Gired), para que as emissoras públicas se adequem rapidamente à necessidade de digitalização.

Reunião com EBC

André Barbosa Filho acredita que TV UFG encontra-se avançada no trâmite de migração para o sinal digital

André Barbosa Filho sinalizou a possibilidade de a TV UFG ser beneficiada pelo projeto de expansão da Rede Nacional de Comunicação Pública/ Televisão (RNCP/TV), da qual faz parte, com solicitação de financiamento do Ministério das Comunicações para aquisição de um transmissor e antena, equipamentos que permitirão dar início à transmissão digital. “A rede pretende que canais públicos contemplados na rede recebam investimentos do governo federal para agilizar a autorização de transmissão digital”, comentou.

Brasil 4D

Durante a reunião, os representantes da EBC também demonstraram o interesse em incluir a TV UFG no projeto Brasil 4D. A iniciativa integra o processo de universalização da televisão digital e integração de novas tecnologias de informação à televisão pública, com exploração das potencialidades de interatividade e democracia do acesso entre os cidadãos de baixa renda, a partir da distribuição de conversores digitais para os beneficiários do Programa Bolsa Família.

Por meio da tecnologia Ginga, instalada nos conversores, é possível ampliar a interatividade com a disponibilização de aplicativos e conteúdos audiovisuais na televisão, com os quais a população poderá acessar, pelo controle, informações e serviços públicos, gratuitamente. “O projeto usa a transmissão em rádio frequência, ao invés do streaming de internet, para receber aplicativos”, explicou André Barbosa Filho.

 Reunião com EBC

Representantes da EBC apresentaram o funcionamento da TV interativa, pelo projeto Brasil 4D

Interatividade

De acordo com o gerente da TV UFG, Michael Valim, a emissora já tem avançado na questão da interatividade. Além de ter sido contemplada na ação Ginga.BrLabs, do Programa Ginga Brasil, pelo qual foi promovida a capacitação de profissionais e recebimento de equipamentos para desenvolvimento de conteúdos e aplicações interativas, a concessionária da Fundação RTVE está desenvolvendo, em parceria com o Laboratório MediaLab, um projeto piloto para formação de alunos de escolas municipais.

Segundo Michael Valim, a ideia é desenvolver e capacitar os estudantes em aplicações para televisão digital interativa “Nosso objetivo é poder disseminar esse conhecimento junto à comunidade.  Queremos atingir principalmente a juventude, tentar fazer aplicações para que ela se envolva nesse processo, explicou.

Fonte : Ascom UFG

Categorias : Última hora TV UFG Reunião TV digital EBC

Listar Todas Voltar