Weby shortcut
Bandeira Reino Unido
Youtube da UFG
Instagram da UFG
Picasa da UFG
Radio universitária
TV UFG
assinatura termo de cooperação

UFG e instituições parceiras assinam termo de cooperação do CRTI

Por Angélica Queiroz. Criada em 16/12/14 11:32. Atualizada em 16/12/14 12:01.

Documento oficializa o compartilhamento da gestão do Centro Regional para o Desenvolvimento Tecnológico e Inovação 

Texto: Angélica Queiroz

Fotos: Carlos Siqueira

Foi assinado na manhã desta terça-feira, 16/12, o termo de cooperação para a operacionalização do Centro Regional para o Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (CRTI). O documento oficializa a gestão compartilhada do CRTI - localizado no Câmpus Samambaia - pela Universidade Federal de Goiás (UFG) e outras instituições de ensino e órgãos parceiros, como o Instituto Federal de Goiás (IFG), o Instituto Federal Goiano (IF Goiano), a Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-GO), a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Goiás (Fapeg) e a Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Sectec).

Assinaram o termo: o reitor da UFG, Orlando Amaral; o reitor do IF Goiano, Vicente Pereira de Almeida; a pró-reitora de Pesquisa e Pós-Graduação da PUC-GO, Milca Severino Pereira; o secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação de Goiás, Mauro Faiad; a presidente da Fapeg, Maria Zaíra Turchi, e o coordenador-geral do CRTI, professor Jesiel Carvalho.

termo CRTI

Reitor da UFG e representantes de parceiros assinaram termo de cooperação

Também prestigiaram o evento, o vice-reitor da UFG, Manoel Chaves, e o ex-reitor da UFG, Edward Madureira Brasil, além de pró-reitores e diretores de órgãos da UFG e também de instituições parceiras. Após a assinatura, todos foram convidados a conhecer as instalações do CRTI, que abriga vários laboratórios para atendimento das demandas de pesquisa e do setor produtivo em áreas como agronegócio, fármaco, metal mecânica, mineração, cerâmica, combustível, bioenergia e resíduos.

visita  CRTI

Após a cerimônia de assinatura, instalações do CRTI foram visitadas

Universidade mais próxima da sociedade e do setor produtivo

O reitor da UFG, Orlando Amaral, fez um agradecimento especial ao professor Edward Madureira Brasil que, em sua gestão, foi um dos responsáveis pela consolidação do projeto do CRTI. “É esse trabalho coletivo e essa conjunção de vontades que vão concretizando esta grande obra que é a Universidade”, pontuou. Para Orlando Amaral, o CRTI, que é parte do Parque Tecnológico Samambaia, ainda em fase de implantação, é mais uma ferramenta para a aproximação entre a UFG, a sociedade e o setor produtivo.

Presidente da Fapeg, Maria Zaíra, lembrou o longo trajeto e os desafios enfrentados até que o CRTI pudesse chegar a esse momento que, para ela, é de comemoração. “O CRTI é motivo de orgulho a todos nós e já tem servido de maneira relevante à comunidade científica e ao setor empresarial”, afirmou. Segundo ela, o centro é um dos grandes responsáveis por colocar o Estado de Goiás em destaque no cenário de construção inovadora nacional.

O coordenador-geral do CRTI destacou a importância do momento para a estruturação do centro, pois, para ele, a assinatura do termo de cooperação consolida o que foi acordado desde a criação do CRTI, pensado para ser um órgão multiusuário e multi-institucional. “Que todos os parceiros sejam muito bem-vindos a desenvolver atividades aqui,” convidou.

 

Fonte : Ascom UFG

Categorias : CRTI última hora

Listar Todas Voltar