Weby shortcut
Reino Unido
Estudantes de países africanos

Abertura da Semana da África 2014 discute novos olhares sobre países africanos

Criada em 20/05/14 12:30. Atualizada em 21/08/14 11:47.

Evento, que acontece até 24 de maio, tem como tema Religião e Ciência em África

Texto: Serena Veloso

Fotos: Carlos Siqueira

“A África se distingue por sua grande riqueza humana, vista em sua diversidade cultural, étnica e religiosa”. Convidando a todos a refletirem sobre a imagem instituída do continente africano nos últimos anos, a estudante de Ciências Biológicas, Saturnina da Costa, estreou as falas durante a abertura da Semana da África 2014, que aconteceu na noite de ontem, 19 de maio, no auditório do Instituto de Estudos Socioambientais da UFG. “O objetivo é festejar a África, em um momento de reflexão, e desconstruir o que as mídias têm veiculado sobre o continente: um lugar de fome e de guerra”, ressaltou a estudante, também presidente da comissão organizadora do evento.

Geraldo Saranga - Embaixada de Moçambique no Brasil

Ministro conselheiro da Embaixada de Moçambique no Brasil, Geraldo Saranga, destaca apoio do Brasil no desenvolvimento tecnológico dos países africanos

Realizado pela Comissão de Estudantes Africanos de Goiás e o Laboratório de Estudos de Gênero, Étnico-raciais e Espacialidades (Lagente) do Iesa, o evento chega à 6ª edição, com o tema Religião e Ciência em África, e comemora o dia da África. A mesa de abertura teve a participação do reitor da UFG, Orlando Amaral, do pró-reitor de Graduação (Prograd), Luiz Mello, do pró-reitor de Assuntos da Comunidade Universitária (Procom), Elson Ferreira de Morais, o diretor do Iesa, João de Deus, e o Ministro Conselheiro da Embaixada de Moçambique no Brasil, Geraldo Saranga.

O pró-reitor da Prograd, Luiz Mello, ressaltou a importância da discussão de temas como a visão subordinada que ainda se reproduz sobre o continente africano. “Eventos como este sinalizam a necessidade de reconhecermos a existência das diferenças e que estas devem ser visibilizadas e valorizadas na universidade”, comentou.

Além da oportunidade de mostrar um pouco mais do que é a África, o reitor da UFG, Orlando Amaral, observou que o evento reforça os laços da universidade com os estudantes estrangeiros e seus países de origem, em um momento em que a instituição tem promovido sua internacionalização.

Reitor da UFG e presidente da comissão da Semana da África

Reitor da UFG e presidente da comissão organizadora da Semana da África visitam exposição organizada por estudantes do Lagente

Segundo o professor e coordenador do Lagente, Alex Ratts, entre os estudantes estrangeiros presentes na UFG, a comunidade africana representa a maioria. A respeito das particularidades dos povos africanos, a religião é apontada pelo professor como importante ponto a ser discutido, visto que a diversidade religiosa de tal continente é pouco considerada no Brasil.

Internacionalização

Na ocasião, a coordenadora de Assuntos Internacionais, Ofir Bergemann, também apresentou aos alunos alguns dos programas e projetos desenvolvidos por meio de parcerias da UFG para internacionalização da instituição, como o Programa Pró-Mobilidade e o curso de Licenciatura em Ensino de Biologia a distância para estudantes do Moçambique, coordenado pelo Centro Integrado de Aprendizagem em Rede (Ciar).

Estudantes de países africanos

Intercambistas de países africanos acompanham discussões na abertura da Semana da África 2014

Programação

A programação da Semana da África 2014 vai até o dia 24 de maio e inclui exposição, mesa de debate, roda de conversa e oficina, com a presença de professores e pesquisadores da UFG, UnB e Ufes. O evento tem o apoio das Pró-Reitorias de Graduação (Prograd) e de Extensão e Cultura (Proec) da UFG.

Fonte: Ascom UFG

Categorias: África última hora