Weby shortcut
Bandeira Reino Unido
Youtube da UFG
Instagram da UFG
Picasa da UFG
Radio universitária
TV UFG
noticia8757.jpg

Exposição resgata a memória de Goiânia

Por Kharen Stecca. Criada em 27/05/12 22:53. Atualizada em 21/08/14 11:48.
Para celebrar a 10ª Semana Nacional dos Museus, o Museu Antropológico concebeu uma nova exposição em conjunto com a sociedade

Foi aberta no dia 17 de maio, no Museu Antropológico(MA) da UFG, a exposição de curta duração Ocupe o Museu (com) Memórias de Goiânia. Um dos principais destaques dessa exposição foi a forma como foi concebida. "A exposição contou com o empenho de toda a equipe do museu, professores do curso de Museologia e, principalmente, dos moradores do entorno do Museu Antropológico. Nosso objetivo foi elaborar uma exposição na qual a população pudesse contribuir com ideias e objetos para criar um evento de curta duração", informou a diretora do Museu Antropológico, Nei Clara de Lima.

De acordo com um dos responsáveis pela expografia, Gustavo de Oliveira Araújo, a ideia foi derivada dos movimentos de ocupação que ocorreram recentemente nos Estados Unidos, como o Ocupe Wall Street. "Abordamos as pessoas nas proximidades do MA, muitas delas nunca tinham visitado um museu, e convidamos para participarem da elaboração de uma exposição", explicou ele. De acordo com Gustavo Araújo, logo nas primeiras reuniões com essas pessoas a imagem do córrego Botafogo surgiu como um evocador de memórias muito importante.

 

Após visitarem a exposição composta por fotos, poemas e crônicas que reforçam a lembrança do córrego e os primeiros momentos da fundação de Goiânia, todos participaram de uma roda de conversa. O senhor Nicola Limongi foi um dos pioneiros da cidade que participou com muito entusiasmo da concepção da exposição. "Tenho a imagem do córrego desde a mais tenra idade, mas como a evolução da cidade é permanente, o que fazia lembrar a infância foi substituído pelo progresso. Mas agora estou aqui com a minha família vivendo uma história no museu", declarou emocionado.

A exposição ficará aberta por tempo indeterminado, de segunda a sexta, das 9 às 17 horas, na sede do Museu Antropológico, situada na Praça Universitária.

 

Fonte : Ascom/UFG

Categorias : Museu

Listar Todas Voltar