Weby shortcut
Bandeira Reino Unido
Youtube da UFG
Instagram da UFG
Picasa da UFG
Radio universitária
TV UFG
noticia8063.jpg

Prograd realiza seminário sobre avaliação

Por Ana Paula. Criada em 17/10/11 03:50. Atualizada em 21/08/14 11:47.
Diretores de unidades e coordenadores de curso esclarecem suas dúvidas durante encontro com diretora do Inep

Foi realizado nesta segunda-feira, 17/10, o IV Seminário de Avaliação dos Cursos e suas Repercussões no Ensino de Graduação. Uma iniciativa da Pró-reitoria de Graduação (Prograd), o evento teve como finalidade orientar docentes que atuam como diretores de unidade e coordenadores de curso a respeito dos procedimentos de aprovação, reconhecimento e renovação de reconhecimento de bacharelados e licenciaturas.

Cláudia Maffini Griboski, diretora de Avaliação da Educação Superior do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), órgão vinculado ao Ministério da Educação, foi convidada para ministrar a palestra de abertura. Na ocasião, ela apresentou o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes) e falou sobre as determinações da Lei de Diretrizes e Bases (LDB) n° 9.394/96 em relação à certificação e emissão de diplomas, que dependem dos resultados das avaliações.

O Sinaes é composto por instrumentos que analisam as instituições, os cursos e os estudantes. Para cada mérito averiguado, uma série de critérios é estabelecida. As instituições, por exemplo, são reconhecidas por meio de itens como planejamento de ensino, sustentabilidade financeira, pesquisa, extensão, responsabilidade social, políticas de assistência estudantil, formas de comunicação com a sociedade. Já para qualificar os cursos, o Inep define indicadores correspondentes à organização didático-pedagógica, à infraestrutura e à capacitação docente. A averiguação da aprendizagem do corpo discente, por sua vez, fica a cargo dos testes específicos aplicados tanto para calouros como para formandos, por meio do Exame Nacional de Desempenho de Estudante (Enade).

 

Cláudia Griboski, do Inep, ministrou palestra sobre os procedimentos de avaliação adotados pelo Ministério da Educação

 

Conforme Cláudia Griboski, toda essa estrutura de avaliação, somada aos dados recolhidos anualmente pelo Censo da Educação Superior, é importante para apresentar ao país o desenvolvimento de suas instituições de ensino e pesquisa. Segundo ela, quanto mais indicadores de avaliação criados, mais qualidade pode ter o ensino superior brasileiro. “Devemos dar ênfase aos processos e nem tanto aos resultados, para que possamos acompanhar de perto o crescimento dos cursos e das instituições”, considerou.

Fonte : Ascom/UFG

Categorias : Graduação

Listar Todas Voltar