Reino Unido
google meet

SeTI esclarece sobre alterações nos recursos do Google Meet

Em 21/09/20 17:45. Atualizada em 22/09/20 16:23.

Alterações ocorrem a partir de 30 de setembro, conforme anunciado em 14 de março quando o pacote promocional foi habilitado devido a Pandemia do COVID-19.

Em fevereiro de 2018, a Secretaria de Tecnologia e Informação (SeTI), juntamente com o Centro de Recursos Computacionais (CERCOMP), disponibilizaram à comunidade universitária os serviços do G Suite for Education (incluindo o GMail, Drive, Grupos,Google Meet e Google Sala de Aula entre outros).

A disponibilização destes serviços da Google, à UFG, foi viabilizada pela Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP) às instituições associadas, por meio da Plataforma NasNuvens. Em maio de 2020, no âmbito das discussões do grupo de trabalho (GT) instituído pela Portaria UFG n.ª 1210/2020, a SeTI definiu o G Suite, incluindo o Google Meet, como uma das Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação (TDICs) da UFG para apoio ao ensino remoto emergencial (ERE) em meios digitais. Outros serviços e ferramentas também foram definidos para o uso institucional, conforme Instrução Normativa SETI n. 01/2020 .

A utilização dos serviços do G Suite foi intensificada com a necessidade de realização de atividades remotas durante o atual período de emergência em saúde pública decorrente da pandemia COVID-19. Também em função da pandemia (Março/2020), a Google, em uma oferta promocional e temporária, liberou recursos do Google Meet da versão G Suite Enterprise (comercial) para versão G Suite for Education (gratuita para instituições de ensino sem fins lucrativos), conforme pode ser observado abaixo:

 

Google Meet - G Suite for Education

(Recursos convencionais - Desde Fev/2019)

Google Meet - G Suite Enterprise

(Liberação para o G Suite for Education até 30/09/2020 - Covid-19)

Salas de webconferência para até 100 participantes 

Salas de webconferência para até 250 participantes 

Sem gravação das reuniões

Com gravação das reuniões no Drive

Sem transmissão ao vivo

Com transmissão ao vivo no domínio da instituição - ufg.br

 

Dessa forma, após 30/09/2020, os recursos do Google Meet retornarão à configuração convencional, conforme disponibilizado anteriormente, desde de fevereiro de 2018. O Secretário de TI, professor Leandro Oliveira, complementa que a possibilidade de gravação das reuniões será mantida até o final do ano, quando a Google planeja lançar um novo recurso de gravações temporárias para o Google Meet, versão G Suite for Education, que substituirá o recurso de gravação disponibilizado atualmente. Com esse novo recurso o organizador da reunião poderá gravar e compartilhar uma reunião temporariamente, por até 30 dias.

De acordo com o secretário de TI, “Os demais serviços (GMail, Drive, Grupos e Google Sala de Aula, entre outros) permanecem com seus recursos atuais inalterados como acordado no momento da implantação”. As aulas do Ensino Remoto Emergencial poderão acontecer normalmente dentro das salas do Google Meet, de forma síncrona, criadas pelo professor e disponibilizada aos alunos. Os alunos permanecerão com acesso as salas para desenvolvimento de atividades síncronas por meio de seu e-mail institucional. "Estas mudanças não impactarão nas atividades síncronas realizadas utilizando o Google Meet e Google Sala de Aula, reforça o Secretário de TI. 

Fonte: Secom UFG

Categorias: notícias SeTI Coronavírus