Reino Unido
Triagem Covid-19

UFG vai monitorar profissionais da saúde

Criada em 20/05/20 13:15. Atualizada em 20/05/20 13:33.

Iniciativa desenvolvida em parceria com a SMS é voltada ao atendimento de trabalhadores da saúde e segurança pública com suspeita de covid-19

Versanna Carvalho


A Universidade Federal de Goiás dá início ao projeto Tenda triagem covid-19 UFG, em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde de Goiânia (SMS Goiânia). O objetivo da iniciativa é fazer a triagem, diagnóstico e acompanhamento por telemonitoramento dos trabalhadores de saúde e da segurança pública que apresentarem sintomas que possam ser relacionados à covid-19.

 

Triagem Covid-19
Atendimento será feito por meio de agendamento (Fotos: Pablo Lisboa)


Participam ainda do projeto Faculdade de Medicina (FM), Faculdade de Farmácia (FF), Instituto de Patologia Tropical e Saúde Pública (IPTSP), Instituto de Ciências Biológicas (ICB), do Hospital das Clínicas (HC) e da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh).
A coordenadora do projeto e diretora da Faculdade de Enfermagem da UFG (FEN/UFG), Claci Fátima Weirich Rosso, afirma que o projeto foi elaborado já durante a pandemia. "É mais uma forma de a Universidade participar do combate e do controle à covid-19, cumprindo o seu papel social por meio da prestação de serviços para a comunidade e fortalecendo a parceria ensino-serviço com a SMS. "É extremamente importante ter um cuidado qualificado com os trabalhadores da saúde, que estão no enfrentamento da covid-19", reforça Claci.
O reitor da UFG, Edward Madureira, endossa a fala da professora e ressalta que o projeto Tenda triagem covid-19 UFG é resultado de um intenso trabalho de organização física e capacitação de pessoas. "É uma ação muito bem coordenada e necessária por acompanhar a saúde de quem cuida da gente".
O município de Goiânia possui cerca de 80 mil trabalhadores da saúde. "De certa forma, todos estes profissionais poderão ser beneficiados, além daqueles que já recebem o atendimento nas unidades de saúde do município de Goiânia. Os profissionais de segurança pública receberão a mesma assistência daqueles trabalhadores da saúde, pois continuam exercendo suas atividades junto à comunidade.", destaca o superintendente de Vigilância em Saúde da SMS Goiânia, Yves Mauro Fernandes Ternes.
Funcionamento
O Tenda triagem covid-19 UFG vai funcionar de segunda-feira à sexta-feira, das 9h às 14h, no Centro de Aulas D da UFG. O público-alvo do projeto deve passar por uma teletriagem SMS para participar e eventualmente por demanda espontânea.
No local do serviço será realizado por drive-thru com atendimento de enfermagem e médico e coleta de amostras para realização de testes moleculares (RT-PCR do inglês reverse-transcriptase polymerase chain reaction) para diagnóstico da covid-19.
"Independentemente de o resultado ser positivo ou negativo será feito o acompanhamento via telemonitoramento durante aproximadamente 14 dias, conforme evolução do quadro do trabalhador da saúde ou da segurança pública", explica Claci.
Yves Ternes observa que "esse trabalho com a UFG será mais um local que o trabalhador da saúde de Goiânia poderá receber o diagnóstico para covid-19. Com isso, esperamos que o profissional se sinta mais acolhido para que ele possa desenvolver seu trabalho com maior segurança junto à população de Goiânia".
Análise clínica
Na proposta da Tenda triagem está previsto que o material coletado vai ser encaminhado para a rede de laboratórios da UFG, estruturada para fazer exames moleculares para diagnosticar a covid-19. A equipe Tenda também recebeu a doação de 200 kits de coleta do Instituto de Ciências Biológicas da UFG (ICB/UFG) para início da testagem e que serão encaminhados para o Laboratório de Análises Clínicas e Ensino em Saúde (Laces/ICB).
O recurso utilizado no projeto é oriundo do Ministério da Educação (MEC) para o combate e controle da pandemia. O projeto de triagem tem com características de ensino, pesquisa e de extensão. A verba já foi repassada e está na Pró-Reitoria de Administração e Finanças da UFG (Proad/UFG), que faz a gestão financeira do projeto juntamente com a FEN.

Solenidade
Uma solenidade marcou o lançamento do projeto na quarta-feira (20/5), no Centro de Aulas D. O evento contou com a presença de representantes da secretária Municipal de Saúde, Fátima Mrué, da diretora da Superintendência de Vigilância em Saúde da Secretaria Estadual de Saúde (SES), Flúvia Pereira Amorim da Silva, do reitor da UFG, Edward Madureira, e da diretora da Faculdade de Enfermagem da UFG, Claci Rosso.

Triagem Covid-19
Da esquerda para a direita: Diretora da Superintendência de Vigilância em Saúde Secretaria Estadual de Saúde (SES), Flúvia Pereira Amorim da Silva, reitor da UFG, Edward Madureira, Secretária Municipal de Saúde, Fátima Mrué e a diretora da Faculdade de Enfermagem da UFG, Claci Fátima Weirich Rosso

 

Fonte: Secom UFG

Categorias: Notícias Coronavírus FEN ICB IPTSP