Weby shortcut
Bandeira Reino Unido
Youtube da UFG
Instagram da UFG
Picasa da UFG
Radio universitária
TV UFG
mariza capa

Pesquisadora do LaGENTE ganha prêmio internacional

Por Patricia Veiga. Criada em 29/01/18 16:30.

Estudo premiado aborda a trajetória do Movimento Negro na luta pela implantação de cotas na UFG

A estudante de doutorado em Geografia do Instituto de Estudos Socioambientais (IESA-UFG), Mariza Fernandes, é uma das vencedoras do Prêmio Pedro Krotsch de Estudos sobre a Universidade, edição 2017. O prêmio é oferecido pelo Conselho Latino-americano de Ciências Sociais (CLACSO) e pelo Instituto de Pesquisa Gino Germani, da Faculdade de Ciências Sociais da Universidade de Buenos Aires.

O trabalho premiado é resultado da pesquisa de mestrado da estudante, intitulado “Movimento Negro e Relações Raciais no Espaço Acadêmico: Trajetórias Socioespaciais de Estudantes Negros e Negras na Universidade Federal de Goiás”. O estudo analisa o histórico de luta pela implantação do sistema de cotas na UFG, o papel do Movimento Negro e os impactos da militância e das ações afirmativas nas trajetórias de alguns estudantes negros que participaram do processo.

A pesquisa de mestrado foi realizada no Laboratório de Estudos de Gênero, Étnico-raciais e Espacialidades da UFG (LaGENTE-UFG), e orientada pelo professor Alex Ratts. O trabalho foi avaliado por um comitê internacional e concorreu com outros 33 estudos. As quatro pesquisas vencedoras serão publicadas em um livro editado pelo CLACSO e o Instituto de Pesquisas Gino Germani.

Mais informações podem ser obtidas clicando aqui.

Mariza Fernandes

Mariza Fernandes é jornalista, doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Geografia e pesquisadora do LaGente-UFG 

Fonte : Ascom/UFG

Categorias : Última hora Prêmio Clacso

Listar Todas Voltar