Weby shortcut
Reino Unido
Planetário capa

Planetário passa a se chamar Juan Bernardino Marques Barrio

Por Luiz Felipe Fernandes Neves. Criada em 18/12/17 07:52. Atualizada em 18/12/17 07:52.

Evento de homenagem ao professor reuniu amigos, colegas de trabalho e familiares

Texto: Luiz Felipe Fernandes

Fotos: Carlos Siqueira

Con los pies en el suelo,
los ojos en el horizonte y
la mente en el Infinito,
Quiero
Viajar por el Edén del
Universo y, andando
descalzo entre las
estrellas, recoger flores
en cualquier constelación.

A mensagem que reflete a busca pela socialização do conhecimento e a "beleza de olhar para o céu" – marcas constantes na vida do professor Juan Bernardino Marques Barrio – agora está na placa que dá o seu nome ao Planetário da Universidade Federal de Goiás (UFG). A homenagem reuniu amigos, colegas de trabalho e familiares na última sexta-feira (15/12).

Atual diretor do Planetário, Manoel Alves Rodrigues Júnior falou da incansável dedicação de Juan, lembrando que o local de trabalho era quase um sobrenome para o professor: Juan do Planetário. "A partir de hoje, o Juan fica conhecido não só como Juan do Planetário, mas também como Juan, o Planetário".

Emocionada, a esposa de Juan, Helena Maria Bringel Martins, também lembrou dos anos dedicados pelo marido ao ensino e à pesquisa. "Que conviveu com o Juan sabe que ele trabalhou com amor, que fez o caminho do afeto e uma ciência com humanidade", afirmou.

Planetário

Descerramento da placa que atribui o nome Juan Bernardino Marques Barrio ao Planetário da UFG

A coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências e Matemática, Marilda Shuvartz, fez um histórico do processo de formação de professores de ciências em Goiás e na UFG. "O programa nasce como fruto de um processo de maturação interna na UFG, como resultado da ação conjunta de um grupo de docentes de diferentes áreas", destacou.

Marilda recordou a atenção, a paciência e o cuidado com que Juan, na coordenação do programa, acolhia os estudantes, destacando a importância de sua atuação para a formação profissional, cultural e humana. Da mesma forma, a coordenadora de Assuntos Institucionais da UFG, Sandramara Matias Chaves também lembrou da luta para conceber e construir o Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências e Matemática, sempre com a presença, participação e esforço de Juan.

Planetário

O reitor da UFG, Orlando Amaral, destacou a atuação de Juan na construção de uma Universidade melhor

"O Juan era uma pessoa intensa em tudo o que fazia e isso encantava", disse o ex-reitor da UFG, Edward Madureira Brasil. Ele contou que Juan era extremamente atuante, levando suas demandas à Reitoria e trabalhando incansavelmente para a popularização da ciência. Edward garantiu que, em sua próxima gestão, a partir de janeiro, continuará trabalhando para colocar em prática todos os planos, sonhos e projetos do professor.

Com trajetórias similares tanto na Física quanto na popularização da ciência, o reitor da UFG, Orlando Amaral, afirmou que a homenagem é uma lembrança "suave e bonita ao nosso querido Juan", que muito contribuiu para construir uma Universidade melhor. "A UFG é uma das grandes universidades do Brasil, construída com a coragem, a competência e a ousadia de pessoas como o Juan, por isso nada mais justo que essa homenagem", finalizou.

Planetário

Familiares de Juan vieram da Espanha para participar da homenagem ao professor, realizada no Planetário

Fonte: Ascom/UFG

Categorias: Última hora