Weby shortcut
Reino Unido
Adoecimento psiquico UFG.png

Saúde Mental e Vida Acadêmica é tema de evento na UFG

Por Caroline Pires. Criada em 08/12/17 10:19. Atualizada em 11/12/17 10:54.

Público interagiu com as pesquisadoras que apresentaram dados sobre a comunidade universitária

O Instituto de Matemática e Estatística (IME/UFG) realizou na quinta-feira (7/12), um evento para debater saúde mental na vida acadêmica. O objetivo foi discutir de que forma o sofrimento psíquico pode atingir os membros da comunidade universitária em algum momento de suas trajetórias.

A professora do curso de Psicologia/UFG, Mara Rúbia Orsini, que também é coordenadora do Laboratório de Avaliação e Pesquisa em Saúde Mental e Personalidade da UFG, apresentou resultados de pesquisas que indicam quais são os grupos de maior risco quando se trata de adoecimento psíquico. Segundo ela, os riscos são maiores principalmente entre mulheres e alunos dos cursos das áreas de saúde e ciências humanas. A professora abordou ainda os mecanismos de enfrentar esse adoecimento.

Viviane Ferro da Silva Sousa, coordenadora do programa Saudavelmente da Pró-reitoria de Assuntos da Comunidade Universitária (Procom/UFG), abordou a temática da saúde mental com foco na universidade, apresentando dados referentes à saúde do estudante desta universidade. Em sua fala, ela apontou o alto nível de adoecimento psíquico dos alunos da UFG, visto que, segundo os dados apresentados, 30% dos alunos que são atendidos pelo Saudavelmente já tiveram alguma ideia de morte ou pensamento suicida. Viviane informou que esses estudantes chegam em estado grave de adoecimento pois demoram a procurar ajuda especializada.

saúde mental 2

No evento, as palestrantes ressaltaram a relevância de se buscar formas de lidar com os problemas que acometem a vida acadêmica. Após as falas, o público presente, composto por alunos e servidores, apresentou questões que enriqueceram o debate.

saudemental3

Fonte: Ascom/UFG