Weby shortcut
Bandeira Reino Unido
Youtube da UFG
Instagram da UFG
Picasa da UFG
Radio universitária
TV UFG
Performances_capa.png

Evento discute Performances Culturais e suas experiências

Por Caroline Pires. Criada em 08/12/17 08:49. Atualizada em 08/12/17 13:32.

Evento promove o compartilhamento de experiências de pesquisas com o objetivo de ver, ouvir e sentir as minorias

Texto: Caroline Pires

Fotos: Alessandra Gama

Foi realizada ontem, 7/12, a abertura do Seminário Drama, Performances e suas Antropologias, promovido pelo Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar em Performances Culturais/UFG. O evento, que está em sua 15ª edição, reúne pesquisadores para o compartilhamento de pesquisas já concluídas e em andamento com o objetivo de ver, ouvir e sentir as minorias, compreendendo as mestiçagens como um campo de pesquisa. O seminário segue até sábado, 9/12, no Centro Cultural Oscar Niemeyer.

Performances_02.png

Professores Lisandro Nogueira, Roberto Abdalla e Robson Corrêa deram início das atividades da 15ª edição do Seminário em Dança, Performances e suas Antropologias

Durante a abertura o professor Robson Corrêa relembrou o processo de implementação do programa de pós-graduação na UFG, iniciado com o mestrado em 2011, e destacou a importância da apuração do olhar do pesquisador sobre os temas abordados. "Não somente estudamos, mas nos juntamos às manifestações populares", frisou. Já o diretor do Centro Cultural Oscar Niemeyer e professor do programa de pós-graduação, Lisandro Nogueira, apontou a forma como cotidianamente os indivíduos estão em contato com esses conceitos. "Não se compreende o mundo hoje sem o conceito de performance e é por ele que nós estamos batalhando", completou. 

Experiências de pesquisa em Performances

Com o objetivo de compartilhar sua percepção sobre as pesquisas realizadas por alunos do programa, José Mendes Peixoto apresentou a organização e funcionamento de um grupo de Congo da Cidade de Goiás. O grupo, formado por cerca de 30 pessoas, realiza o ritual de luta entre mouros e cristãos nas ruas da cidade.

  Performances_03.png

José Peixoto lembrou que participa desde os 5 anos de um grupo de Congo e ressaltou a satisfação em poder conviver com pesquisadores deste ritual

Em seguida o professor John Dawsey, pesquisador da Universidade de São Paulo e mundialmente conhecido pelos estudos em performances culturais, apresentou as experiências de suas pesquisas na área, que são realizadas há mais de 30 anos. De acordo com ele, a performance diz respeito ao campo de energia que se constrói entre atores, indivíduos, rituais e os próprios pesquisadores. A compreensão do mundo pela lente de pesquisas das performances culturais é a primazia do "é não" nos movimentos e na ação. Em sua fala, ele relembrou ainda as pesquisas antropológicas realizadas junto a boias frias, um artesão da cidade de Piracicaba e um grupo de fiéis em visita a imagem de Nossa Senhora Aparecida. 

 

Performances_01.png

John Dawsey desenvolve pesquisas em antropologia da performance, antropologia da experiência, e antropologia benjaminiana

Fonte : Ascom/UFG

Categorias : Última Hora

Listar Todas Voltar