Weby shortcut
Bandeira Reino Unido
Youtube da UFG
Instagram da UFG
Picasa da UFG
Radio universitária
TV UFG
Terapia com cães capa

Projeto estimula contato de crianças internadas no HC com cães

Por Luiz Felipe Fernandes Neves. Criada em 26/10/17 09:18.

Primeiro encontro das crianças com os animais foi realizado na última sexta-feira (20/10), no jardim de convivência do HC

Cães e gatos são, como já diz o dito popular, os melhores amigos do homem. Eles são fofos, adoram brincar e encantam crianças e adultos. Diante disso, crianças internadas na ala de Pediatria do Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Goiás (HC/UFG), vinculado à Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), tiveram na última sexta-feira (20/10), uma rica experiência de contato com cães no hospital. A ação faz parte do projeto de extensão Implantação de Terapia Assistida por Animais no HC, uma parceria entre a Escola de Veterinária (EV) e a Faculdade de Medicina (FM) da UFG.

As crianças foram levadas para o jardim de convivência do HC, onde puderam brincar com os cães Patrick, Duda e Fred. Sophia Sudário da Cruz, 5 anos, se encantou com Patrick, um cão da raça Pastor de Shetland. Ela adorou brincar com o animal e auscultar o coração dele. A mesma emoção teve o garoto Alexsandro Souza da Silva, 12 anos.

Terapia com cães

Duda, uma cadela da raça Golden Retriever, brincou e interagiu com as crianças no Hospital das Clínicas

Davi Neves da Silva, 7 anos, adorou a Duda, uma cachorra da raça Golden Retriever. "Os cachorros são tão bonitinhos. Eu tenho dois. Um chama-se Lobo e o outro Pitoco. O Lobo é bom para farejar e pegar galinhas", contou Davi. Já o Fred, um cachorro da raça Shih-Tzu, encantou as crianças, que pediam para segurá-lo no colo. Estudantes da Liga de Pediatria e do Pronto Sorriso também fizeram dinâmicas e brincadeiras com as crianças e os animais.

O projeto é coordenado pelas professoras Kellen de Sousa Oliveira, doutora em Medicina Veterinária, da Escola de Veterinária e Zootecnia (EVZ), e Alessandra Vitorino Naghettini, nefropediatra e doutora em Pediatria, da Faculdade de Medicina (FM) da UFG. Segundo Kellen Oliveira, estudos já realizados comprovaram que a terapia com animais proporciona inúmeros benefícios mentais, físicos e psicológicos aos pacientes, tais como melhora da ansiedade e dos
sintomas da depressão e o aumento do sentimento de auto-estima. "O contato com o animal desvia a criança do foco na doença, pois ela lembra dos animais que possui em casa, além de estimular a interação entre pacientes, familiares e funcionários", afirma a professora.

Terapia com cães

Animais que participam do projeto passam por exames clínicos e testes de comportamento

Para participarem do projeto, Duda, Patrick e Fred tiveram que passar por exames clínicos e testes comportamentais. "Os animais passam por exames clínicos de sangue, fezes e urina que avaliam se estão saudáveis. Já os testes de comportamento avaliam se os animais são receptivos ao toque e ao grito e se o animal obedece ao dono", explica Kellen.

Os cães estavam acompanhados por seus donos Mariana Papel, dona da Duda, e Matheus Castro Melo, dono do Fred, estudantes do curso de Veterinária da UFG. Patrick é treinado e adestrado por seu dono, Rafael Araújo Carvalho. Kellen explicou que a intenção do projeto é proporcionar às crianças, nos próximos encontros, o contato com outros bichos, como gatos e peixes em aquários. Segundo Alessandra Naghettini, a intenção das coordenadoras é levar os animais às enfermarias do hospital para que crianças e idosos que não tenham condições de sair do leito também tenham contato com os bichos.

Terapia com cães

Projeto de extensão Implantação de Terapia Assistida por Animais no HC: parceria entre EVZ e FM

Fonte : Ascom/UFG

Categorias : Última Hora

Listar Todas Voltar