Weby shortcut
Bandeira EUA
Youtube da UFG
Instagram da UFG
Picasa da UFG
Radio universitária
TV UFG
Robótica

Etapa estadual da olimpíada de robótica premia vencedores

Por Carolina Melo. Criada em 04/09/17 11:49. Atualizada em 05/09/17 08:59.

Das 68 equipes que competiram, 24 foram premiadas, e três selecionadas para a etapa nacional

Ao longo de todo o dia de sábado (2/9), em clima de confraternização e cooperação coletiva, estudantes do ensino fundamental, médio e técnico participaram da etapa prática da seletiva estadual da Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR), realizada na UFG. Das 68 equipes que competiram, 24 foram premiadas, e três selecionadas para a etapa nacional. O evento estadual compõe o projeto de extensão do Instituto de Informática da Universidade.

A etapa prática simulou o resgate de vítimas em uma área de risco. Foi exigida das equipes a criação de robôs capazes de saírem bem sucedidos nos três níveis de dificuldade do percurso até às vítimas. O estudante Magno Levi Souza, 14 anos, fez parte da equipe que venceu o nível disputado pelo ensino fundamental. Para ele, foi inspirador participar da construção do robô vencedor e colher os resultados durante a olimpíada. “Demoramos um mês e meio para finalizar o projeto. Eu fiquei eufórico e ansioso em todas as etapas. O resultado de todo o nosso trabalho foi colhido hoje”, comemorou.

Olimpíada de Robótica

Árbitros foram os acadêmicos da Escola de Engenharia e do Instituto de Informática

Olimpíada de Robótica

Trabalho em equipe, inovação e programação foram avaliados pelos árbitros

Já a equipe Cyber Gama, do Sesi Senai Celso Charuri de Aparecida de Goiânia, recebeu a premiação de equipe estreante da disputa entre os alunos do ensino médio e técnico. Segundo Gabriel Campos Rodrigues, 17 anos, apesar de o robô não ter conseguido resgatar as vítimas, a experiência foi de muito aprendizado. “Aqui aprendi como fazer uma tarefa difícil com uma programação fácil. Foi sensacional participar da competição”, disse.

A OBR é dividida em duas modalidades: teórica e prática. A estrutura contempla tanto alunos que não tiveram contato com a robótica, quanto aqueles que têm acesso a temática no conteúdo educacional das escolas. As modalidades compõem avaliações que incluem a resolução de provas teóricas elaboradas por uma comissão de professores até a construção de robôs para atender tarefas predeterminadas. Podem participar alunos do ensino fundamental das escolas públicas e privadas, a partir de 12 anos até o ensino médio e técnico.

Olimpíada de Robótica

Magno Levi, ao centro, com sua equipe vencedora do Nível 1

Olimpíada de Robótica

A equipe Cyber Gama recebeu premiação de Estreante do Nível 2

Projeto de extensão

A UFG sedia a seletiva estadual desde 2012. A responsável pela organização do evento, a professora do Instituto de Informática (INF) da UFG, Telma Woerle, destacou a oportunidade oferecida aos participantes da competição de, inclusive, conhecerem o espaço acadêmico, o ambiente universitário e o Núcleo de Robótica Pequi Mecânico. “A universidade oferece a imparcialidade na competição e permite aos alunos conhecerem o espaço acadêmico. Muitos estudando na UFG”, observou.

Olimpíada de Robótica

Olimpíada de Robótica

Segundo a avaliação do professor do INF, Anderson Soares, o projeto de extensão vinculado à OBR é uma oportunidade de integração com o ensino básico. “Entendemos que a atividade contribui para a formação dos alunos antes de entrarem na universidade. Por outro lado, também captamos talentos que acabam ingressando a UFG”, afirmou.

Considerada o maior evento de robótica da América Latina, a OBR é realizada desde 2006 e recebe o apoio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). A etapa nacional da modalidade prática ocorrerá em Curitiba do dia 7 a 11 de novembro. Goiás terá dois representantes no nível do ensino fundamental e um do ensino médio e técnico.

Confira todas as fotos no link.

Veja a seguir a lista dos premiados:

Nível 1 - Ensino fundamental

Classificados para a etapa nacional: Sesi Canaã R1 - Escola Sesi Canaã de Goiânia / Techknights  - Colégio Princípios de Goiânia 

1º lugar: Sesi Canaã R1

2º lugar: Sesi Canaã R5

3º lugar: Sesi Canaã R2

Estreante: CSC Best Friends - Colégio Santa Clara de Caldas Novas

Robustez: Tech team - Centro educacional Omni de Goiânia

Design de robô: Crescer Robots 2 - Fundação Crescer de Anápolis

Inovação: Ipêtronic Colégio Lassale de Goiânia

Dedicação: CSC Kings - Colégio Santa Clara de Caldas Novas

Programação: Lego da Justiça Planalto - Sesi Planalto de Goiânia

Maker: Apolo 15 - Colégio Olimpo


Nível 2 - Ensino médio

Classificado para a etapa nacional: Sesi Canaã Robots - Escola Sesi Canaã de Goiânia

1º lugar: Canaã Robots

2º lugar: Cyber Eletrons

3º lugar: Roborstorm 1

Melhor equipe de escola pública: Trash Team - Instituto Federal de Senador Canedo

Melhor equipe privada: Robotech - Escola Senai de Catalão

Robustez: Robostorm 2 - Sesi senai de Aparecida de Goiânia

Maker: Yotta - Instituto Federal de Goiânia

Design: Titan Bolts - Sesi Senai de Aparecida de Goiânia

Inovação: PidGeot - Colégio Visão

Dedicação: Eletrolegos - Escola Senai de Catalão

Programação: Eletro Girls - Escola Senais de Catalão

Estreante: Cyber Gama - Sesi Senai Celso Charuri de Aparecidade de Goiânia

Fonte : Ascom UFG

Categorias : Última Hora

Listar Todas Voltar